Ela foi até o fim [Resenha Literária]



Livro: Ela foi até o fim
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record


Eu estou mais do que acostumada com a Meg escrevendo livros para adolescente que fiquei com receio de ler “Ela foi até o fim”, pensando que fosse mais um livro “teen”, não que eu não goste, eu adoro, mas estava querendo navegar por outras águas. No final das contas eu amei o livro, que se tornou um dos meus preferidos da Meg Cabot.

“Ela foi até o fim” conta a história de Lou Calebrese, uma roteirista de sucesso que escreveu um dos seus filmes praticamente para seu namorado, Bruno di Blase. O filme ganhou um Oscar, mas Bruno se apaixonou por uma atriz e abandou Lou, que fica arrasada, já que estavam juntos há muitos anos. Porém, nem por isso a heroína da história deixou de tocar sua vida, fazendo mais uma continuação de um de seus filmes de sucesso! Entretanto, Lou acaba se envolvendo em muitos problemas, pois ao viajar para o Alaska junto com Jack, ator principal de seu novo filme, ambos acabam perdidos e quase congelados, depois que o piloto tenta matar Jack! E como se não bastasse, Jack é um galinha que Lou odeia profundamente! Um mulherengo bem sedutor que a princípio odeia Lou também.



Lou não foge das características de algumas protagonistas de Meg: extrovertida, sincera e irônica, mas bem explosiva também. Lou não se deixa levar pelos encantos de Jack, que obviamente acaba se apaixonando de verdade por Lou, já que ela é uma mulher bem diferente de todas as suas namoradas atrizes, a começar pelo fato de Lou comer com vontade e não recusar nunca uma sobremesa! Além disso, Lou tem um pai policial e por isso sabe atirar muito bem, o que acaba salvando a vida dela e de Jack. Assim, além do romance e ação, o livro também apresenta um certo mistério policial, já que a gente fica morrendo de vontade de saber quem quer matar Jack e o motivo para isso!

Destaque para os personagens secundários, o pai de Lou e a mãe de Jack roubam as cenas algumas vezes! Também destaco uma quase metalinguagem, vamos dizer assim, pois o livro conta um enredo que envolve cinema, mas o próprio livro parece ser um roteiro de Hollywood! A história parece uma comédia romântica Sessão da Tarde, se não fosse por algumas cenas bem “calientes”. Portanto, se você não gosta desse tipo de livro nem perca seu tempo lendo, mas se você gosta de um romance com ação não vai se arrepender de ler “Ela foi até o fim”!

Nota:



Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

8 comentários:

  1. Eu bem conheci um di Blase na faculdade. Bom bobagens a parte, eu fiquei com vontade de ler desde o podcast Mi. Não gostei da versão adulta da meg em Pode beijar a noiva, mas esse parece ser mais interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Alê, eu adorei o Pode Beijar a Noiva, mas esse tem mais ação, ent~]ao eu acho que vc vai gostar sim!

      Excluir
  2. Eu comprei este livro junto com "Pode Beijar a Noiva", mas só chegou um e dias depois avisaram que a Saraiva não tem mais em estoque, nem na editora tem, pode isso? Ainda não parei pra procurar, mas ainda vou! Adoro Meg.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Odeio quando isso acontece Mamis! Estou há quase um ano esperando para ler O castelo animado, mas não tem em lugar algum! Qdo me devolverem o livro eu te empresto Mamis, acho que vc vai gostar mais do Pode Beijar a Noiva, que eu adorei, mas como vc pode ver pelo comentário da Alê, não é todo mundo que gosta!

      Excluir
  3. Acreditas que nunca li nada da Meg Cabot! E dizem que é tão gostoso os romances dela! Esse deve ser bem gostoso de ler. Como vc mesmo disse, um filme de sessão da tarde! Se for para comprar um Meg Cabot que seja esse!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  4. Adriana! Vc vai gostar! É um excelente livro pra começar com a Meg!!

    Bjs e obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha Mi, deu para sentir que você amou o livro mesmoooo!!! E sim, eu gosto desse tipo de literatura!!! Especialmente para dizer xo ao estresse!!!

    ResponderExcluir