Lanterna Verde [Resenha do Filme]



O Neto, meu marido, adora comprar DVDs só pelo prazer de comprar porque ele quase nunca assiste e o filme do “Lanterna Verde” estava mofando em casa, já que eu tinha uma séria birra com ele! Isso porque eu sempre gostei do Lanterna John Stewart, que é negro e faz parte da Liga da Justiça, mas a Warner preferiu falar do primeiro Lanterna, Hal Jordan, um piloto da aeronáutica!

Recentemente a minha birra com a Warner diminuiu e a curiosidade venceu! Resolvi assistir ao começo da história do Lanterna Verde e até que gostei do filme, embora não seja o meu filme de super heróis preferido!

Hal Jordan (Ryan Reynolds) é um inconsequente piloto da aeronáutica que um dia recebe de Abin Sur o anel do Lanterna Verde. Abin Sur acaba morrendo logo no começo do filme ao ser atacado pelo vilão Paralax, que é justamente o oposto do que a Tropa dos Lanternas Verdes pregam. Um Lanterna nunca pode ter medo, sendo sua vontade a sua maior força, já o inimigo se alimenta justamente pelo medo das pessoas. É interessante ver que o ser humano é um dos seres mais fracos do Universo, mas que assim mesmo se acha o centro do Universo. No entanto, o homem sempre será que ele que não perde as esperanças e que tenta superar seus medos, sendo essa uma das principais características da humanidade.

O filme, como é de costume nas historias recentes da Marvel, mostra um herói mais humanizado e com defeitos, inclusive com medo, o que é algo bastante original. Entretanto, a Marvel e a Warner não conseguem fazer um par romântico decente para seus heróis! Incrível como todos os filmes pecam quando o assunto é romance! Eu sei que não é o foco principal da história, mas custa ter um romance mais profundo e menos superficial? Pelo menos, a mocinha reconhece a identidade do Lanterna Verde de cara, não tendo aquela enrolação para descobrir quem é o herói. Sou super traumatizada com isso por causa do Clark e da Lois!

De modo geral, o filme carece de detalhes da história dos Lanternas Verdes, mas isso geralmente acontece quando a Warner tenta contar uma história da Marvel. Por outro lado, gostei da trilha sonora e dos efeitos especial, ao menos nisso a Warner é sempre impecável. De qualquer forma, não deixa de ser agradável ver um filme de ação e principalmente Ryan Reynolds e seus músculos!

               


 Nota:




Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

9 comentários:

  1. Nunca me animo a ver esse filme por isso, um negão nunca pode ser substituído decentemente por um branquelo!!! [E sim, eu já fui apaixonada por um branquelo #NãoSouRacista :p] Enfim, mas confesso que tenho um fraco por filmes de heróis então corro o sério risco de cruzar com o lanterna e adicionar ele a minha lista de filmes.

    ResponderExcluir
  2. kkkk bom, eu não me empolguei com esse filme. Tipo, não é ruim mas tb não é uma brastemp. É mais pra assistir na sessão da tarde mesmo. Mas é melhor que a lagoa azul e os outros clássicos da globo kkkkk. Uma curiosidade: bem me disseram que o protagonista era gay, fiquei meio decepcionada ao descobrir que não era, seria uma bela revolução cinematografiaca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O novo lanterna é gay sim! Mas não esse, um novo Lanterna!

      Excluir
  3. Gosto muito de livros de super heróis
    Mas ainda anão assisti esse

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Alê, pelo que eu li por ai o Lanterna Verde é realmente gay, é assim que a Marvel quer!

    Mi,

    o filme estava dentro do meu computador há muito tempo, agora está em um hd externo e eu acho que vou acabar deletando, eu nem sei direito quem é o Lanterna Verde, nunca soube a história dele!

    Viu o último Super Homem? Que homem, que homem, que homem, realmente super.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Má, eu ainda não vi, mas quero muito ver, sempre adorei o super homem! E depois do seu comentário, agora que eu quero ver mesmo! XD

      Excluir
  5. HAHAHAHAHAHAHAHA... Sabe do que eu estou rindo? Do final do post, quando você diz "[...] não deixa de ser agradável ver um filme de ação e principalmente Ryan Reynolds e seus músculos!".
    O Neto já viu isso, dona Michele? (risos)
    Cara, eu não sou muito ligada nesse negócio de super-heróis, estou bem por fora de todo esse universo e confesso que não me interesso. É por essa razão que não posso fazer um comentário decente sobre o filme.
    Mas em uma coisa concordamos: ver esses lindos musculosos sempre vale a pena.
    Lembro do dia em que vi "Os vingadores" no cinema. Não entendi alguns pontos do enredo justamente por não estar por dentro desse mundo do super-heroísmo etc e tal, mas adorei ver o Chris Evans (suspiros!) sem camisa. Valeu muito a pena (risos).

    Um abraço.

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  6. acho que vi o trailer desse filme num comercial da TV. tipo, deveter passado em algum horário. engraçado, eu venho protelando assistir esses filmes... sei lá.. meio desgosto. primeiro que tem mais piadinhas do que não sei o quê XD. quanto aos casais... só lembro da última vez que vi Homem Aranha.... eles não desenvolvem isso muito bem mesmo...
    :::: {Emilie Escreve} | @emilie_escreve

    ResponderExcluir