Sabor da Chantagem & Refúgio Sonhado [Resenha Literária]


Livro: Sabor da Chantagem e Refúgio Sonhado
Autor: Heidi Rice
Editora: Harlequin

Esqueçam tudo que eu falei de Kate Hardy! As séries de romance da Harlequin são bem melhores quando a autora é a Heidi Rice! Claro que como boa autora de romance de banca que se preze ela segue uma infinita linha de clichês, mas as personagens e as historias são bem mais cativantes!

Recentemente eu li “Sabor da Chantagem” e “Refúgio Sonhado”. O primeiro fala de uma assistente de jornal, Mel, que por conta de um pedido de uma amiga acaba invadindo um quarto de hotel a fim de descobrir a identidade de um autor misterioso, Jack Devlin! Porém ao fazer isso acaba se apaixonado pelo próprio autor e ele por ela! O segundo, mais interessante que o primeiro, mostra a história de Kate, que ao cair na armadilha de seu chefe, acaba só de calcinha e sutiã no corredor de um hotel, sem dinheiro e sem ter para onde ir! No entanto, o dono do Hotel, Zack, acaba bastante intrigado com Kate, que é uma mulher independente e que não suporta receber dinheiro de qualquer homem!

Eu diria que Kate tem mais amor próprio que Meg, que ao ser incapaz de recusar a proposta de viajar com Jack, a fim de escrever sobre sua turnê, acaba se comportando como uma amante de luxo, que viaja com tudo pago em troca de dinheiro e sexo. Obviamente a situação dela é bem difícil, já que a moça não quer perder o emprego, mas eu me sentiria muito mal pela situação, bem mais do que a Mel se sente! Já Kate exagera um pouco, pois seu orgulho impede de ver que Zack a trata bem mais do que uma amante ou do que uma assistente, já que querendo ficar perto da moça, Zack a contrata para trabalhar com ele.

Entretanto, se as protagonistas são diferentes, o mesmo não pode ser dito sobre os protagonistas. Jack e Zack possuem problemas familiares que o impedem de se entregar ao amor de maneira mais direta, além de ambos serem incrivelmente ricos, bonitos, possessivos e clichês! Mas quem se importa, né? Romance bom como eu já disse antes, é aquele que faz um clichê ser bem interessante e Heidi Rice consegue fazer bem isso! Apesar dos dois livros serem leves e romances água com açúcar, ela consegue fazer com que as histórias sejam bem desenvolvidas, com personagens bem mais profundo que os de Kate Hardy! Então, para quem gosta do gênero, fica aqui mais uma dica!

Nota:




Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Isso é um bom livro de banca!!! O que vale cada centavo!!! Quando ver algo dessa autora lindamente trago para a minha estante!!! \o/

    ResponderExcluir
  2. É sim Jaci, é uma boa autora! Na da mais frustrante que um romance de banca ruim, né? rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Eu ando meio afastada dos livros de banca, mas vou ter que colocar estes na lista porque a.d.o.r.o! No momento estou no Mundo de Tinta e achando fabuloso, mas uma dica tão boa sempre é bom. bjs

    ResponderExcluir
  4. É bom ler romance de banca pra relaxar às vezes né Mamis? rsrsrsrs

    ResponderExcluir