Harry Potter e a Câmara Secreta [Resenha Literária]


Livro: Harry Potter e a Câmara Secreta
Autora: J. K. Rowling
Editora: Rocco

"Harry Potter e a Câmara Secreta" foi o primeiro livro da série a ser lido por minha pessoa, mas ironicamente não houve sofrimento ou dificuldade para entender a história. Talvez porque na época eu estudava em cursinho pré-vestibular e uma das minhas amigas era Potteriana fanática e falava tanto dos personagens o suficiente para fazer qualquer um se sentir intima deles.

Putz, foi um estouro ler esse livro! Foi o meu alivio intelectual da fase pré-vestibulanda quando eu cursava o terceiro ano à noite, à tarde eu estudava no Pré-Acadêmico na UFRPE e aos sábados e domingos era a vez do pré-vestibular “Rumo a Universidade”, especifico para alunos de escola pública.

Enfim, a parte a minha vida na época, no livro 2 pressupõe-se que nós já conhecemos um pouco a família humana de Potter e o mundo da magia. Já sabemos mais ou menos como a coisa funciona, mas não deixamos de sentir uma grande pena de Potter pela forma como ele é tratado por sua família. Bichinho, como ele sofre!

Mas, assim como “no paraíso tem uma serpente”, dentro do furacão, reza a lenda, existe a calmaria. No topo da tensão em meio a mais uma maldade da família, eis que surge um amigo verdadeiro para tirar Potter dessa situação complicada.

Logo no início Harry é resgatado da companhia de seus tios pelo seu amigo Rony e vai passar as suas férias com a família dele e sim, a família Weasley é meu sonho de consumo. Desde a adolescência uma das coisas que eu sempre quis foi ter uma família numerosa, cheia de meninos para amar, cheirar, apertar. Gente, que família fofa é aquela? Infelizmente a vida adulta tem frustrado esse meu sonho adolescente.

Enfim, voltando ao livro, em "A Câmara Secreta" nós vamos conhecer mais e melhor o mundo mágico, descobrir que realmente nem tudo são flores, alguns magos revelam um desprezo enorme pelos trouxas (seres humanos que não dominam a magia) e por pessoas cuja família é trouxa, os chamados “sangue ruim”.

Hermione é uma dessas pessoas que não descende de uma família de magos, os pais dela são dentistas e toda essa situação gera uma tensão, para completar um monstro ronda a escola de magia. Aliás, nesse momento vamos descobrir um pouco da história da escola de Hogwarts e seus fundadores, entre eles o mago Salazar Slytherin, que não é bem um arroz doce de mago.

Há uma lenda a respeito de um “animal de estimação” desse mago, uma terrível fera capaz de matar, aliás, que já matou. A fera poderia ser controlada pelo herdeiro de Slytherin, como Harry fala a língua das cobras, pesa sobre ele a suspeita de ser o responsável por algo em relação a esse monstro.

Deixo em destaque nesse livro a atuação de Hermione, como sempre a inteligência dela e os conhecimentos adquiridos são fundamentais para desvendar os mistérios e chegar ao final feliz. Também é nesse livro que conhecemos um pouco mais sobre o Valdemort, através de um diário enfeitiçado nós o vemos quando ele ainda era Tom Riddle.

Ah, não posso deixar de citar a figura de Dobby, o elfo doméstico que eu odeio e amo, que me fez rir e chorar. Ele deve ter sido uma figura que fez muita gente pensar na aflição da escravidão e no valor da liberdade.

Pandora

Nota:

Claro que o Harry vai ganhar cinco Harrys néh, seria até incoerente néh gente?!?!?

__________

P.S.: Essa resenha foi publicada originalmente na Saleta de Leitura, agradeço a Irene por ter gentilmente permitido a republicação dela nesse bloguito que tem o Harry como mascote.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

16 comentários:

  1. Oi, Pandora.
    Esse livro é uma gracinha mesmo. Amo, amo, amo. :) Ainda estou lendo o quinto livro, mas louca pra terminar a série. Como você sabe, só comecei a ler ano passado, já "velha" rs. E foi uma experiência deliciosa.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos duas Nadia, também comecei meio velhinha para a média... e depois quando fui terminar de ler já estava no fim da graduação... E sim delicioso é um bom adjetivo para essa saga.

      Excluir
  2. Puxa Pandorinha de todos os sete livros o segundo é o que eu menos gosto sabia? Mas suas resenha está ótima viu? Bjs, Mi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mi, eu me esforço para fazer boas resenhas... :) E sim, o segundo é um livro pelo qual tenho afeto... então perdoo você por não gostar dele kkkk

      Excluir
  3. Adoro, todos os livros, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  4. Só li o primeiro livro da série e isso foi a bastante tempo
    Tenho que parar para conhecer toda a série

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu indico Angela, você corre o risco de gostar muito.

      Excluir
  5. Pandora, nunca li um livro sequer da série (por mil razões). Mas, agora, vendo todo mundo dizer que cresceu lendo, além de exalta a obra >> cof cof<<... não é que me deu vontade? E a Hermione sempre foi a minha preferida nos filmes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Hermione é maravilhosa Suzi, se um dia você der uma chance ao Harry corre o risco de se apaixonar perdidamente por ele.

      Excluir
  6. Eu ainda não terminei a série (só li até o 5º), mas este é o meu livro preferido da série! Provavelmente porque não tem aquela surpresa de um novo universo do livro e a estória ainda parece ser só uma aventurazinha de um mago.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eiti, que bom te ver por aqui. Sim, esse livro tem esse clima de estabilidade na narrativa e isso também me agrada. Como foi meu ponto de partida na aventura tenho afeto por ele de forma especial.

      Excluir
  7. oi meninas eu adoro Harry Potter, na época em que li foram duas vezes cada livro, J.K. soube eternizar esse bruxinho!
    Obrigada pela visita no meu blog!
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, você está totalmente certa. A J. K. soube eternizar seu personagem e isso é um grande mérito para qualquer autor.

      Excluir
  8. Pandora,
    sou fã da série de Harry Potter. Acho emocionante o amadurecimento da série junto com os anos de Harry, Rony e Hermione. Tenho um carinho especial pelos dois primeiros, pois foram os primeiros livros que eu li na vida e que me fizeram gostar de ler. No início você tem um pouco de raiva da família do Harry e até um pouquinho do Dobby, mas no final da saga, em meio aos choros, você entende a função de cada um ali e aprende a amá-los.

    Que bom que você gostou da série
    Gostei do seu blog!

    Beijos,

    Mari
    www.caixadamari.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo amplamente com você Mari sobre o amadurecimento, sobre o Dobby, sobre a família. Que bom que você gostou do nosso blog, seja sempre bem vinda a nossa casa.

      Excluir