Marina Marina [Resenha Literária]

Livro: Marina Marina
Autor: Sulema Mendes
Editora: Ediouro
Ano: 1978

Li esse livro para uma prova e adorei. Marina é uma menina criada afastada da cidade e da civilização. Ela e seu pai mudaram do Rio de Janeiro após a mãe da personagem morrer atropelada. Anos depois, porém, seu pai resolve que está na hora da filha se readaptar à sociedade, e a envia para estudar no Rio de janeiro.
 
Hospedada na casa dos padrinhos, logo faz amizade com Potoca e seu papagaio (a filha mais nova e seu pet), mas tem dificuldade em se relacionar com os filhos mais velhos, pois estes são adolescentes populares na escola que não querem pagar mico por causa de Marina, uma menina simples do interior.

Assim que chega, ela arruma um pretendente. Um rapaz super fofo e brincalhão que a defende, já que os garotos que moram com ela não estão nem aí para a zoação do resto da escola. Ele vai a vários lugares da cidade com ela e ensina Marina a confiar em si mesma. Aos poucos ela vai mostrando seu valor e deixa as rivais (como Verinha) morrendo de inveja de seu conhecimento e cultura, pois por mais que tenha sido criada no interior, seu pai era um homem culto e amante da literatura.

Ai gente, fiquei com vontade de reler esse livro! Por que é que fui desapegar dele, hein? Está bem que era para incentivar a leitura de crianças carentes etecetera e tal, mas eu amo tanto esse livro! É uma pena que nos dias de hoje já esteja tão esquecido. Acredita que nem achei resenhas dele no skoob? Baita de uma injustiça. Nunca vi um livro falar de bullying de uma maneira tão bacana! Dou todos os harrys  possíveis para este livro!

Nota:


PS: Fiquei sabendo que esse livro inspirou uma novela, mas até hoje não descobri qual.

Beijos, Alê Lemos.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

24 comentários:

  1. Não conhecia esse livro
    Mas a resenha ficou bem interessante

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. A maioria dos livros resenhados aqui eu nunca nem tinha ouvido falar, isso é bem interessante, porque posso conhecer novos gêneros e autores, ótima resenha.

    Beijos,
    Lara - whoisllara.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! ler sobre algo que já conhecemos é legal porque aí temos muita coisa para falar, mas quando não conhecemos tb é bom porque aí descobrimos mundos novos.

      Excluir
  3. Eu nunca tinha ouvido falar, deve até ser difícil de achar pra comprar né? Mas vou dar uma procurada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora eu vejo mais pra vender no mercado livre e na estante virtual. Eu li lá pra 2002.

      Excluir
  4. OIee Alê! Não conhecia o livro, mas gostei bastante da trama que ele possui. Realmente desapegar ás vezes trás arrependimentos, né?^^ Mas vê se não encontra ele por lojas na internet.
    Bloody Kisses
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vou procurar mesmo pelas internet. quem sabe não tem em pdf tb né?

      Excluir
  5. Oie!

    Não conhecia esse livro mas achei a temática bem interessante. Não é algo muuito elaborado, mas parece bem atrativo sobre as consequências da vida e etc. Esse lance da guria ser deixada de lado é algo que acontece MUITO nos dias de hoje. Uma pena que esse livro não seja tão conhecido =/

    PS: quero saber qualé a novela t.t

    Beijinhos,
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, não é um romance muito elaborado como vc disse. São pouquinhas páginas, mas é danado de gostoso! Sabe que até hoje não descobri qual era a novela? kkkkkkk

      Excluir
  6. Não conhecia e gostei do tema. Eu só me desapego de livros fáceis de encontrar. Os raros e importados eu guardo ou empresto só para os amigos que sei que devolvem.

    O Skoob é muito limitado, por isso quase nem entro mais lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu devia ter pensado nisso. Na verdade eu fico tão desesperada para repassar pela falta de espaço que depois fico me lamentando. Se eu penssasse um pouco antes na sofria.

      Excluir
  7. Acho uma coisa tão rara achar um livro infanto-juvenil que tenha algo especial. Principalmente sendo de um escritor(a) brasileiro. Só vi isso com o Pedro Bandeira, Lygia Bojunga, e o Pelegrini (será que errei o nome?). Fiquei curiosa pra ler esse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Especial é como eu classificaria esse livro. Pedro bandeira foi quem escreveu o mistério de feiurinha né? adorei ele.

      Excluir
  8. Olá Alê!
    Adorei a sua resenha! Parece ser um livro realmente muito bom!
    Infelizmente não sei se conseguiria ler... Não costumo ler coisas tão antigas e, olhando o ano de lançamento, já perco a vontade de ler, rs.
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah mas o ano não é tão importante. O legal desse livro é q o tema é bastante atual. e nem é um clássico chato kkkk.

      Excluir
  9. Olá =)!
    Então, eu confesso que leio fantasia, chick-lit e coisas do tipo, mas, para ser bem sincera, às vezes me dá aquela vontade de ler uma coisa da minha terra! Um livro com gosto de lar e personagens que eu poderia encontrar em uma esquina qualquer. No momento estou ansiando por um livro assim e creio que este é ideal. A verdade é que reclamamos tanto das leituras indicadas pela escola, mas, muitas vezes, são elas que nos fazem abrir o olho para o que o Brasil tem de melhor! Adorei a resenha do livro e gostaria de conhecer a obra!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc é do Rio? Bom, espero mesmo que goste assim como eu. É bem leve e tem cenas em lugares históricos da cidade. Vai mesmo se sentir em casa. Eu adoro fantasia, melhor ainda se misturar com aventura. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  10. Li,Marina,Marina com 11 anos e me apaixonei assim como vc! Me sentia a propria,numa mistura de romance e ilusao. Hoje tenho 33 anos e ainda ammo esse livro.bjs de Luciane Scherer,de Montenegro,Rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Luciane! É muito bom poder compartilhar o amor por esse livro com outra pessoa. Também me sentia como a Marina porque também era CDF e meio isolada. Beijos da Alê.

      Excluir
  11. Aqui vc cita que o livro inspirou uma novela. E verdade, novela das 18.00hs que foi ao ar em 1980, com o titulo de Marina, adaptada por Wilson Aguiar Filho, tendo como protagonistas, a atriz Denise Dumont e o saudoso Lauro Corona. Infelizmente eh muito dificil encontrar materias sobre esta novela. No YT existem postagens mas so da abertura que por sinal muito bem escolhida, musica de Beto Guedes, Sol de Primavera. Vale a pena dar uma conferida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom que você sabia! Eu tinha perguntado para minha avó e ela não lembrava dessa novela. Vou procurar depois. Um abraço!
      Alê.

      Excluir
    2. Avó?!(risos) eu gosto de novelas antigas, pois nem se comparam com as atuais(nem assisto). No canal ViVa (Globo, tv paga), sao reprisadas novelas antigas, e eu achei "Marina"
      pesquisando num site chamado Teledramaturgia. Eu estava a procura desse livro ha muito tempo,mas nao encontrava pois pesquisava como sendo de autoria de Carlos Heitor Cony. Que otimo q. enfim encontrei e poderei adquiri-lo. Valeu!

      Excluir
    3. Eu vi a novela e adorava.O casal protagonista era a Denise Dumont,mas o casal romântico que roubou a novela foi Beth Goulart e Fabio Junqueira.
      A trilha está disponível no youtube,o tema de abertura foi trocado.
      Na novela aparecia só o nome de Carlos Heitor Cony como o autor,depois foi acrescentado o nome da autora.Afinal quem escreveu o romance?

      Excluir