As sandálias do Pescador [Resenha do Filme]

Anthony Quinn interpreta um padre chamado Kiril, que por 20 anos foi prisioneiro político na União Soviética. Certo dia, o ministro Kamenev o chama em sua sala e lhe anuncia que o Vaticano negociou sua liberdade com a condição de que Kiril não poderia falar sobre o que viveu durante o cárcere. Inicialmente o heroico padre não aceita a condição e está disposto a voltar para sua rotina de trabalhos forçados, mas ele não tinha escolha, pois o acordo já havia sido assinado e ele não poderia desobedecer ao Papa.

Obrigado a viajar para o Vaticano, Kiril conhece o padre Tolemman que tinha ideias revolucionárias para o Cristianismo, mas cujos livros não tinham permissões da Igreja para serem publicados. Os dois ficam amigos e por mais que discordassem, se apoiavam mutuamente.

Aliás, o padre eslavo tinha uma postura de respeito para com todas as pessoas e inclusive rezou em hebraico por uma alma judia. Porém, o importante desse filme é que o destino de Kiril o leva a "calçar as sandálias do pescador", uma referência à posição do Papa como herdeiro de São Pedro. Por mais que essa nova função não tenha sido suficiente para ajudar seu amigo a publicar os livros que criariam um pensamento cristão renovado, a alma humilde do Papa lhe deu outras formas de modificar a religião.

"As sandálias do pescador" é um filme muito interessante e algumas partes lembram a biografia de João Paulo II, porque Kiril seria o primeiro Papa estrangeiro (título reservado na realidade para Karol Wojtila) e que demonstrava respeito por outras religiões, como João Paulo mostrou ao retirar a culpa dos judeus da morte de Cristo e defender que Cristianismo e Judaísmo eram religiões independentes*. Porém, creio que as semelhanças terminem aí, pois não se trata de uma biografia do Papa polonês, apenas uma referência, na minha opinião. Também darei 5 harrys a esse filme. Espero que tenham achado interessante. Um abraço,

Alê lemos.

Nota:





Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Olá!!

    Não conhecia esse filme. Aliás, ultimamente ando assistindo a poucos filmes, então já viu né? Se algum dia eu me deparar com ele em alguns dos canais da tv a cabo que tenho a disposição, pararei para assisti-lo.

    Será que vou conseguir vê-lo bem? Afinal, não assisti a biografia do Papa João Paulo II.

    Até mais

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse filme
    Mas parece ter uma linda história
    Tenho um carinho muito grande por João Paulo II
    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nao conhecia esse filme.. Mas ja adicinei na minha listinha pra ve-lo!!
    http://foreverabookaholic.blogpsot.com.br

    ResponderExcluir