Lições de um sonho [Resenha do Filme]



No mesmo fim de semana em que li "Charles Miller: o pai do futebol brasileiro", descobri esse filme, que conta a introdução do esporte na Alemanha. Fascinante. Ao contrário do que aconteceu no Brasil, o futebol sofreu resistência ao chegar em solo alemão, mas entrou da forma mais significativa. Se é verdade que a Inglaterra só legalizou (sim, porque era proibido) o futebol após um professor universitário expor todos os seus benefícios, outro educador foi responsável por apresentar e lutar pela liberação do esporte  na Alemanha: Konrad Koch.

Tal como Miller, Koch descobriu o futebol em sua temporada de estudos na Inglaterra. Ao voltar para a Alemanha, foi contratado para ser um precursor do ensino da língua inglesa nas escolas alemãs. Ora, como disse o diretor, o telégrafo era uma grande criação e facilitaria imensamente a comunicação com o mundo, mas o mundo não falava alemão, eis a importância de integrar o inglês ao currículo. 

Ao mesmo tempo em que é acusado de "abandonar a pátria" em época de guerra, o professor tem que lidar com a rigidez do sistema educacional alemão, que além de elitista tem punições físicas aos alunos. A turma sob sua responsabilidade, a outros professores, é invejável: respeitosa e, principalmente, silenciosa. Importante colocar que, justamente nessa turma, está o primeiro aluno bolsista, outra ideia visionária do diretor, Joost Bornstedt; além do filho de um dos maiores líderes da Associação de Pais e o "líder malvado" da turma, Felix Hartung.

Movido pelas ações de Felix que, na tentativa de chamar a atenção do pai, arma para provocar a expulsão de Joost e implica com o professor de inglês por este defender que a Inglaterra está culturalmente anos à frente da Alemanha, Koch, em um ato desesperado, manda os alunos para o ginásio enquanto busca em seus aposentos um presente que os amigos ingleses lhe deram: uma bola. Era hora de apresentar o futebol aos alemães.

Dali por diante, os desafios que Koch teve que superar foram muitos: proibição, demissão, expulsão; ao mesmo tempo em que os alunos tiveram que aprender o princípio básico do futebol: união.

A busca pela legalização do esporte no império alemão foi uma verdadeira batalha e, como tal, teve inúmeros marcos na educação e na sociedade alemã. O filme vai além do futebol, e acaba sendo um registro da história e da educação alemã, podendo ser colocado facilmente ao lado de filmes que contam histórias reais de professores que usaram o esporte para repassar ensinamentos únicos, como "Couch Carter: Treino para a vida" e "Meu nome é Rádio"



_________________________________________

Sobre o filme:
Título original: Der ganz große Traum
Duração: 113 minutos
Direção: Sebastian Grobler
Origem: Alemanha
Ano: 2011
Gênero: Drama/Esporte
Onde assistir: Download aqui


Compartilhe no Google Plus

Sobre Ana Seerig

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Oi!
    Gostei da dica. Não conhecia esse filme. O trailer é bem legal.

    Beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Hey
    Já foi pra lista, parece ser bem interessante
    E cinema europeu é muito bom!

    Meu nome é Radio, nunca consigo terminar de assistir ¬ ¬

    bjs e um ótimo final de semana
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir