Os segredos das mulheres inteligentes [Resenha Literárias]



Autores: Steven Carter & Julia Sokol
Editora: Sextante

Ganhei esse livro e no mesmo dia (talvez uma hora depois) eu já tinha acabado. Não gosto de livros de autoajuda para mulheres porque são textos machistas e ensinam receitas prontas que mais evidenciam o problema do que ajudam a revertê-lo e este livro não foi diferente, porém, teve algumas coisas boas que pretendo destacar.

O livro segue o método: autodiagnóstico-esclarecimentos teóricos sobre autoestima - como uma pessoa com autoestima deve agir. O tempo todo ela ainda faz uma chantagem emocional dizendo que "as mulheres inteligentes fazem isso e aquilo" para que as leitoras sigam ao pé da letra, só que a pessoa inteligente não aceita sem questionar, e recomendo veementemente que quem se interessar mantenha seu ego fora do limite da manipulação.

Mas de fato, a teoria está certa. Para ser uma pessoa forte é preciso perder a vergonha que se tem de si mesma em relação ao passado, à família e aos próprios defeitos, porque eles é que nos dão a condição humana. É preciso enxergar nossas qualidades e saber que nossos valores e objetivos não são negociáveis. Se a pessoa que quer se relacionar conosco não aceita nossas condições, ela não nos merece, e nem nos fará bem. Acho que há conselhos bons até o capítulo 7, depois há alguns problemas. Os autores dão algumas dicas meio nonsense quanto às relações sexuais e usam esse argumento de autoridade "se você é uma mulher inteligente faz assim e assado". Mas que homem mal intencionado responderia com sinceridade se a mulher perguntasse: você é casado? Você tem HIV? Foi algo meio inocente da parte deles.

Bom, ao menos eles não impuseram um jeito de vestir como na maioria dos livros de autoajuda e em filmes que tratam do assunto. Acho até que seguirei uma coisa ou outra, mas agradeço a Deus por ter maturidade para não aceitar tudo o que leio. 

Uma boa leitura a todos!

Nota:



Alê Lemos.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Penso que toda leitura pode trazer algum ensinamento interessante, mas realmente é necessário saber separar o joio do trigo.

    thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei da dica de leitura ;)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Alê. Adorei a sua resenha sobre o livro. Tive que concordar com você quanto a dizer que esse tipo de livro é um tanto machista. Não gosto nem um pouquinho de livro de auto ajuda. :P Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Não sou muito fã de autoajuda, mas as vezes é legal para passar o tempo ou rir.
    Valeu a dica
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir