Sobre o 9º Bookcrossing Blogueiro [Devaneios]

Todos os anos nos meses de abril e novembro ocorre na blogosfera um evento chamado "Boocrossing Blogueiro", inspirado no "Bookcrossing", esse evento, sob a tutela da Luma do Luz de Luma, consiste em  escolher algum ou alguns de seus livros para deixarem em algum canto de sua cidade para que outra pessoa possa ter a oportunidade de ler.

Ele existe para incentivar o desapego literário, o ato de conscientemente pessoas que possuem livros decidirem compartilhar desse bem com outras pessoas. Nós chamamos poeticamente o ato de desapegar daquele livro que não pretendemos ler mais de libertação!

E quem já aprendeu a libertar livros sabe o quanto é gratificante saber deixar um livro ali para que outra pessoa possa se encontrar com ele e ter o prazer de ler! O processo de aprender a desapegar não é fácil, mas é produtivo e nos torna uma pessoa melhor.

Então, entre os dias 8 e 16 de Novembro desse ano estará ocorrendo o "9º Bookcrossing Blogueiro", uma festa literária na blogosfera e fora dela. E nós do "O que tem na nossa estante" também estaremos participando.

Se quiserem saber mais a respeito, basta clicar na imagem a baixo e ir dar uma olhadinha no blog da Luma.


Ah, se você tem duvidas de como pode libertar pelo a explicação dada pelo Luciano no .Livro em Abril desse ano:

"Livro escolhido, podemos “esquecê-lo”em algum lugar onde ele será encontrado, locais públicos de fácil acesso e com um bom tráfego de pessoas são uma boa escolha, mas atentem também para que o livro não fique por ali exposto a sol e chuva. Pensem em locais como recepções, portarias, praças, cafés, rodoviárias, transporte público, ou, ainda, bibliotecas ou uma outras pessoas que você imagine que gostará da surpresa. O importante é que faça o livro circular."
E se você tem dúvidas sobre as vantagens da doação, deixo para nossa reflexão as palavras da Dona Coisinha, Tita Hart:

As vantagens da doação:

- treinar o desapego (mais fácil começar com objetos)
- disponibilizar para todos algo que ficaria restrito a mim

Algumas vantagens egoístas mas que valem também:

- desocupar espaço na minha casa;
- não precisar tirar pó dos livros;
- ter os meus livros organizados por uma bibliotecária (um luxo);
- ter meus livros disponíveis e facilmente localizáveis se eu resolver ler (bom para pessoas bagunceiras que nunca lembram onde guardaram as coisas);
- deixar na estante de casa somente o que realmente me interessa no momento;
- ir na Biblioteca pra pegar "meu" livro emprestado para reler e acabar descobrindo outras coisas maravilhosas.

Cheros, Pandora.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Pandora

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

14 comentários:

  1. Oii tudo bem?
    Achei super interessante essa ideia e vou aderir, assim podemos levar a mais pessoas o prazer da leitura.
    Parabéns....
    http://literaturaparaosaber.blogspot.com.br
    Aguardo sua visita e já estou te seguindo!
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Aqui em Volta Redonda (RJ), em um sábado por mês acontece a feira grátis da gratidão, em que todos são convidados a doarem algo, um livro, uma roupa, um brinquedo, seu tempo, uma música, desenhos, poesia, uma aula de yoga, uma oficina de filtro dos sonhos... e todos também são convidados para receber algo, atenção, carinho, um sapato vintage, um artesanato, um abraço, uma conversa. É um espaço de desapego, de pisar no freio, de olhar em volta, de jogar conversa fora. É sempre numa praça, ao ar livre.
    Já deixei vários livros lá, já peguei outros, já peguei uma camisa do nirvana, já deixei roupas que não me serviam mais, já recitei poesis, já fiz roda de conversa sobre feminismo, já participei de uma oficina de malabares (sou péssima), já ouvi muita gente cantando e tocando.
    Esse espirito de desapego, gratidão, doação, faz muito bem! E precisa ser incentivado sempre!
    Beijão flor!

    Fran
    http://corujadequinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fran!
      Estou sabendo da Feira da Gratidão e até já falei dela no blogue. Fiquei encantada e seria bacana se ela se espalhasse por todo o Brasil.
      Pandora, obrigada por divulgar o BookCrossing Blogueiro!! Vamos juntos mais uma vez!!
      Beijus,

      Excluir
  3. Esse ano vou tentar participar... ainda sou difícil de desapegar, Jaci sabe como é kkkk

    ResponderExcluir
  4. Oi minha linda.. saudade de você..
    Eu até hoje consegui participar apenas uma vez;;
    E confesso que foi gratificante, uma sensação muito boa em se libertar algo tão importante quanto um livro..

    Beijinhos minha formiguinha..

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho habito de doar meus livros para amigos e familiares. Tenho medo de "esquecer" em algum lugar e alguém jogar no lixo por exemplo. Olhe que já vi isso acontecer. Por isso prefiro doar em mãos mesmo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comigo aconteceu isso. Jogaram os livros no lixo.

      Excluir
  6. Gostei muito da ideia, uma ótima iniciativa
    E faz todo o sentido, com tantos livros na estante que lemos só uma vez, é interessante a ideia de passar a leitura adiante

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Já estou com os meus separados, o Bookcrossing é uma atividade que a gente ganha muito abrindo mão de algo. No começo é difícil, mas o exercício sincero sempre vale a pena e o hábito torna tudo mais fácil. Em tempos de estante cheia, é muito raro que consigamos ller alguma coisa mais que uma vez!

    Gostei de ver o bloguinho mencionado aqui, sem querer ficar "me achando", tenho orgulho do espaço que, com muito apoio e ajuda, cultivei, rsrs.

    Dois abraços!

    ResponderExcluir
  8. Gente, eu não gosto nenhum pouco de abandonar livros. Eu dou meus livros para outras pessoas sem problemas, mas não caio mais nessa esparrela de abandonar o livro não. A ideia pode ser poética, mas prefiro dar meu livrinho pra Pandora e um outro pra Marise.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleska, o princípio é tirar o livro da estante e fazê-lo viajar. Você faz do jeito que que achar melhor. "Abandonar" é colocá-lo em qualquer lugar. Por isso a escolha do lugar para "libertar o livro é fundamental e para isso vale o bom senso.

      Excluir
  9. Oi Pandora!!
    Estou separando uns livros para doação, vou doá-los à biblioteca aqui da minha cidade, tenho medo de deixá-los na rua e estragarem com a chuva ou vandalismo.
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  10. Oi Pandora. Adorei a ideia. Vale doar os livros para alguém que os quer? Tenho aqui em casa O Menino do Pijama Listrado, que estou acabando de ler, e sei de alguém que o quer. Será que serve essa ação? :P :D Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode mandar pra mim, eu estou louco por esse livro! hahahaha XD

      Excluir