Trilogia Encantandas [Resenha Literária]


Autora: Sarah Pinborough
Editora Única
Ano: 2013/2014

Escolhi falar dessa saga em uma resenha só porque a li todinha em um final de semana só e por isso, as histórias se formaram na minha cabeça juntinhas.

Ao contrário do que diz o banner aqui em cima, eu já sabia que contos de fadas não eram histórias infantis por natureza. Foi Charles Perrault quem resolveu amenizar os contos que o povo contava ao pé da lareira para que se adaptassem ao requinte da nobreza e fossem instrutivas para crianças. Antes disso os contos eram recheados de violência competição pela sobrevivência e às vezes com caráter subversivo (como pessoas pobres dando o golpe do baú na realeza).

Na Saga "Encantadas" percebi não um retorno do estilo medieval, -pois se assim fosse viria em poemas cantados- mas um enquadramento da nossa realidade contemporânea. Há muita afirmação da sexualidade feminina com princesas "queijudas"* (Cinderela se amarra em se excitar), homossexuais e que demonstram sua atração sexual sem vergonha, aliás, além disso são decididas, determinadas e tem a iniciativa.

Quanto a ala masculina, temos tanto a crítica a um modelo masculino tradicional quanto a introdução de um novo modelo, que parece um tanto mais palpável  e próximo dos tipos reais do nosso dia a dia. O Príncipe Encantado pelo qual todas as princesas se envolvem, é mimado e egoísta e está a espera da princesa perfeita:submissa, boa, bonita que seja mais um adorno, um enfeite para sua honra de príncipe viril. No entanto, ele se depara com mulheres reais, que apesar de serem mitologicamente lindas, tem hábitos um tanto reprováveis, principalmente na questão do sexo. Já o caçador, um pobre coitado escolhido pelo rei para proteger o Príncipe Encantado numa aventura pra lá de bizarra, aprecia as mulheres independentes e fortes que encontra nas princesas lindíssimas, e por mais que tenha envelhecido precocemente e nem seja tão bonito quanto o príncipe, tem uma postura mais bacana diante das moças. Quer dizer, ele é imperfeito, tem relações sexuais ao longo da história só por prazer, mas ele não iludiu nenhuma das moças com quem ficou dizendo juras de amor e depois fugindo delas como um coelhinho assustado. Aliás, nesse quesito o príncipe é um "Zé mané" "mamãezudo". Por mais que o caçador tenha sim um certo charme rústico, acho que parte da minha empatia com ele se deve a falta de atrativos do príncipe.

A minha única crítica é o tratamento que a autora deu à Bela Adormecida. Quer dizer, Bela bem que podia ter tido um fim melhor, mas como no final de "Feitiço" insinua que a história dela não terminou ainda, só espero que a autora feche bem essa história. Ah! Se você está pensando em ler, recomendo que comece no livro três vá para o 1 e termine com o segundo, quer dizer, se você é muito ansiosa e não aguenta o mistério.

Dou três Harrys para a saga que nos prende por causa do estilo "Once Upon a Time" de interligar as histórias de Branca de neve, Cinderela e Bela Adormecida.

 Um grande abraço!

Alê Lemos.

Nota:




* Segundo a companheira Pandora aqui do blog,  queijudo/a é aquele que gosta de se masturbar (bom é um dos significados)
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

9 comentários:

  1. Oi Alê. Tudo bem???
    Sou louca para ler essa saga. Amo histórias recontadas dos contos de fadas. Adoro aquelas, assim como esta, que mostram o quão reais podem ser os personagens. Que nem sempre os mocinhos são totalmente bons e nem sempre o vilão é totalmente malvado e que todos tem os seus motivos. :D :D Depois dessa resenha fiquei com mais vontade ainda de lê-los.
    Bjoks da Gica.

    Uma Leitora Aquariana

    ResponderExcluir
  2. Ahhh Eu queria ler esses livros, fiquei triste é que quando teve uma super promoção para comprar o box dos livros bem barato eu perdi e não consegui comprar :(
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comprei o box por 29,90. Fui ver agora no site que comprei, mas já voltou ao preço normal :/
      Beijos da Alê.

      Excluir
  3. Olá! Conheço a trilogia e tenho bastante vontade de ler, mas simplesmente não gosto das capas e acabo nunca comprando...

    http://www.whoisllara.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá!!

    Minha mãe tem os dois primeiros livros da trilogia e eu não acho que seus três Harrys tenha sido dado injustamente. Já vi críticas piores aos livros. Se bem que, as pessoas o fizeram lendo os livros separadamente.
    Pretendo ler essa série algum dia. Vamos ver o que vai ser

    Até mais

    ResponderExcluir
  5. estou rindo do significado de "queijudo". haushasas. também achei que a história tem o mesmo estilo de once upon a time. digo, daquela coisa de contar como tudo aconteceu ~realmente~ ou, como uma leitura dos contos de fadas. ah, nem sempre a beleza externa corresponde a interna, e vice-versa :S. fiquei com vontade de ler a saga. mas, sendo uma tartaruga, demoraria uma semana ou um mês ToT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo que demora não é importante. Só li rapido pq tinha pouco tempo de folga.

      Excluir
  6. Eu tenho o box e estava pensando em ler agora no carnaval. Comprei por 12, 50 hehe. Gostei bastante das suas impressões sobre a saga. Eu já sabia a verdade sobre os contos também hehe. Mas fiquei na duvida, começo pelo 3 só se for ansiosa para saber o final? Tem algum tipo de spoiler?

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Alê!
    Comecei a ler a saga (mas comecei pelo 1º!) e gostei bastante, achei a narrativa super fluida e até mesmo me surpreendi em alguns momentos :)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir