Paixão sem limites [Resenha Literária]


Livro: Paixão sem Limites - Primeiro volume da série Trilogia Sem Limites
Autora: Abbi Glines
Editora Arqueiro

Todos os blogs de livros que eu frequento tem alguma resenha da Abbi Glines, daí esse semestre eu resolvi matar minha curiosidade e resolvi ler um livro da autora e comecei por Paixão sem Limites.

Blaire Wynn, a protagonista, passou os últimos três anos cuidando da mãe doente e depois que ela morre resolve vender a casa da família e vai para a casa do pai, que a abandonou. Só que o pai sai de viagem com a esposa e Blair acaba ficando na casa de Rush, seu irmão postiço. Na verdade, a casa é do Rush, que é bem rico, uma vez que seu pai biológico é cantor de uma banda de rock famosa. Rush e Blair se apaixonam, mas Rush, o típico bad boy, fez algo no passado que mudou a vida de Blair.

Blaire é uma jovem mulher decidida a não atrapalhar a vida de ninguém, quer trabalhar, arrumar dinheiro e sair da casa de Rush, só que a atração que sente pelo bad boy é forte o suficiente para Blaire poder resistir! Obviamente que a protagonista quer ficar longe de Rush e suas festas, Blaire nem come na casa dele, vivendo de porcarias que consegue comprar! Porém, ao trabalhar no clube da cidade ela conhece novas pessoas como a amiga Beth e o sedutor Wood (que tem um livro só dele chamado “Estranha Perfeição”) e começa a ganhar um pouco de dinheiro. Blaire começa a se adaptar a nova vida, mas não necessariamente a vida de gente rica, sendo uma garota de personalidade forte e humilde. Já Rush não me seduziu tanto, mas é evidente que morre de amor pela Blaire e sofrer horrores pelo que fez no passado, mudando de fato a vida da mulher que ele ama. De todas as formas eu não culpo Rush de nada e sim o pai de Blaire, mas o personagem mais odiável de todos é a irmã de Rush, Nan, que menina insuportável!



O livro é um romance, mas ao desenvolver a história o leitor fica curioso para saber sobre o passado dos pais de Blair e sobre o que Rush tanto esconde da protagonista. Vale ressaltar que o livro não tem final concluído, ou seja, é melhor comprar logo os dois últimos livros pra poder saber o final do casal! Vale lembrar também que o livro é New Adult e autora compõe Rush com um linguajar extremamente vulgar, que não em agradou de forma alguma, prefiro erotismo e não vulgaridade, mas vai do gosto de cada um!

Nota:



Michele Lima

Compartilhe no Google Plus

Sobre Michele Lima

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

6 comentários:

  1. cara n sou nenhum pouco fã da autora e sinceramente acho os livros dela meio chatinhos D:
    não leia esse e nenhum outro por tempo indeterminado.
    e o livro o wood foi o primeiro q eu li e gente como eu odiei o livro D;
    bom pelo menos vc curtiu a leitura.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  2. Ahhh, adoooro esse livro! Na verdade adoro tudo que a Abbi escreve, rrsrsrs. Terminei essa trilogia agora em Janeiro e ainda estou meio estasiada com o final amorzinho que a autora fez.
    O Rush me conquistou no primeiro livro e me roubou o coração no terceiro, que homem lindo!
    Leia Estranha Perfeição da mesma autora, é maravilhoso!
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não li ainda essa trilogia, mas pretendo ler logo!
    Beijos.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá! Li esse livro no meu kobo há bastante tempo e até que gostei, mas acabei não continuando a série.

    http://www.whoisllara.com/

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha, até hoje não pensei em investir nas obras da autora. Mas não custa dar uma chance.

    Vanessa
    Blog Closet de Livros

    ResponderExcluir
  6. Olá!!

    Livros com finais não concluídos são horríveis... Mas tem lá seu gostinho (afinal, é uma boa pedida para ler o próximo livro). Nunca li nada da autora e sequer conhecia a sinopse, mesmo já tendo visto o livro várias vezes...

    Quem sabe?

    Até mais

    ps: respondendo a pergunta da Alê, sim eu gostei do primeiro livro Como Treinar o Seu Dragão, mais ainda não li outros da série. =P

    ResponderExcluir