A melhor trilogia videoclíptica de todos os tempos

Se tem uma banda que bola muito bem seus clipes, essa banda é Die Ärzte. O trio alemão formado por Bela, Farin e Rod (que na verdade é chileno), é genial no que se refere a fazer vídeo de músicas. Eu mais do que sugiro uma boa olhada no canal deles, mesmo sem se entender alemão, os clipes são sempre interessantes. 

Mas meu destaque aqui vai para uma trilogia de clipes geniais. Parte do álbum Jazz ist anders (2007), as canções Himmelblau (Céu azul), Perfekt (Perfeito) e Breit (Longe) ganharam o mesmo cenário de clipe: uma clínica de idosos no ano de 2046. Em cada vídeo, um dos integrantes é o protagonista. Vídeos em uma TV resgatam outros clipes da banda, o que também torna interessante a construção toda.

Chega de papo, vamos aos clipes. Junto alguns trechos das músicas, pra ao menos vocês terem uma ideia das letras.

Himmelblau, com Farin Urlaub (já falei da carreira solo dele aqui!)

Der Himmel ist blau und der Rest deines Lebens liegt vor dir 
O céu é azul e o resto da sua vida está a sua frente
Vielleicht wär es schlau, dich ein letztes Mal umzusehn 
Talvez tenha sido inteligente olhar mais uma vez ao seu redor
Du weißt nicht genau, warum - aber irgendwie packt dich die Neugier 
Você não sabe exatamente porquê - mas de algum modo a curiosidade te cerca
Der Himmel ist blau, und der Rest deines Lebens wird schön, yeah
O céu é azul e o resto da sua vida será bonito, yeah




Perfekt, com Bela B.

Warum kann's nicht perfekt sein 
Porque não pode ser perfeito
So wie in einem Liebeslied 
Como em uma canção de amor
Oder so wie im Film sein 
Ou como em um filme
Wo der Boy vor dem Mädchen kniet 
Onde o garoto se ajoelha diante da garota
Und ihre Hand nimmt und Ihr ganz tief in die Augen blickt 
Pega a mão dela e a olha nos olhos profundamente
Einfach alles stimmt 
Tudo está no lugar
Nichts an dem wirkt ungeschickt 
Nada está recriminável
Kerzen brennen und Champagner steht bereit
Velas estão acesas e o champagne está preparado
Doch so ist es niemals in Wirklichkeit 
Mas isso nunca acontece no mundo real




Breit, com Rod González

Früher waren wir vollkommen unentspannt 
Uma vez éramos completamente incansáveis
Gute Laune war uns damals völlig unbekannt
Naquele tempo bom humor era algo desconhecido para nós
Doch dann kam Bernd mit dem Zeugs vorbei 
Então veio o Bernd com as coisas 
Aufregend und nicht jugendfrei 
Emocionantes e proibidas para menores
Beim ersten Mal hat's nicht geschmeckt 
Da primeira vez não gostamos
Doch schon bald haben wir dann Blut geleckt 
Mas logo estávamos com sangue escorrendo
Seitdem sind wir breit - und die Welt sieht für uns jetzt viel bunter aus 
Desde então estamos longe - e agora o mundo nos parece mais colorido
So breit - so froh, uns hängt die Zunge zum Halse raus 
Tão longe - tão alegre, as línguas estão penduradas em nossos pescoços
Wir brauchen jeden Tag mehr und sind nur noch dem Stoff hinterher 
Nós precisamos cada dia de mais e são apenas drogas
Für immer breit 
Para sempre longe


OBS: Confesso que fui parar pra traduzir essa música só agora e que me surpreendi com o tema, ainda mais sendo do Rod, mas a sequência da música mostra a questão destrutiva das drogas, mostrando como ela afasta um viciado das outras pessoas e como isso é deprimente. Então, é uma música com uma temática válida. Se no começo é uma vantagem usar drogas pra se afastar do resto do mundo, por fim acaba sendo uma deprimente desgraça. 


Bom, as letras são um complemento. A questão aqui são os clipes. Revejam os três um atrás do outro e descubram como os clipes do Die Ärzte são fantásticos! 

Compartilhe no Google Plus

Sobre Ana Seerig

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Oi, Michele.
    Não conhecia a banda.
    Os clipes são mesmo muito legais e bem bolados.
    Dá uma aula para muito artista famoso.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
  2. Oi, não sou muito ligada em musica e não entendo muito do assunto, mas achei os clipes que você colocou bem legais.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Que diferente! Eu adoro a língua alemã, então acho que vou colocá-los na minha playlist para ouvir quando bater aquela saudades do meu curso de alemão! Bjo

    Tici | www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir