The leftovers [Resenha de séries]


Às vezes assistir a uma série americana é entrar em uma aventura às cegas! A gente nunca sabe realmente o que vai encontrar pela frente. Séries esquisitas com assuntos estranhos e personagens quebrados me atraem muito e é difícil escolher uma série quando eles lançam muitas por temporada e cancelam o mesmo número sem aviso prévio e na maioria das vezes sem um final decente, o que é revoltante e uma falta de respeito com o público. Porém, como não consigo ficar longe disso mesmo, resolvi me aventurar em The leftovers, drama baseado nos livros de Tom Perrota de mesmo nome e escrita por ele e Demon Lindelof.

A série se passa na cidade de Mapleton, NY e narra a vida das pessoas depois do que eles chamam de arrebatamento cristão que é quando pessoas no mundo inteiro simplesmente desaparecem sem nenhuma explicação.


Estrelada por Justin Theroux, Amy Brenneman, Christopher Eccleston, Liv Tayler e outros, a série mostra a vida dos que ficaram três anos depois da partida repentina. Justin Theroux (ator que explica como e porque Jennifer Aniston conseguiu esquecer Brad Pitt para sempre) é Kevin, o chefe de polícia que tenta resolver os problemas da cidade gerados pelos que ficaram e pelos que entraram para uma seita que quer a todo custo não permitir que as pessoas vivam suas vidas normais e esqueçam aqueles que se foram. Kevin também tenta resolver seus problemas pessoais e familiares, assim como os do pai que é louco e os dele que parecem muito com os do pai. 

Os membros da seita só se vestem de branco, não falam, só escrevem e fumam um cigarro atrás do outro o tempo todo. Kevin também entra em conflito com os membros da seita, principalmente porque um dos membros afeta diretamente a sua vida. As pessoas de branco ficam paradas na frente da casa das pessoas que perderam algum ente querido e também tentam converter outros membros gerando assim dúvidas e angústia por parte daqueles que perderam alguém e que não conseguem levar uma vida normal. Tem também o Reverendo da cidade que fica expondo os erros daqueles que partiram para que as pessoas não acreditem que foram escolhidos por serem bons, puros ou coisa parecida.


Paralela a esta história temos os acontecimentos com o filho de Kevin, Tom, que segue outra seita que tem como principal mentor Wayne, um homem que promete tirar a dor das pessoas apenas com um abraço e engravida meninas orientais. Tom acaba ficando responsável por uma das meninas que Wayne deixou com ele quando a sede da seita foi invadida pela polícia que acredita que Wayne seja uma fraude. Assim, o rapaz precisa cuidar do bebê que ela carrega na barriga e depois fora dela!

Os cachorros são violentos e tem um caçador que fica o tempo todo atrás deles matando-os, e os veados entram dentro das casas das pessoas e saem quebrando tudo.

Coisa de doido? Sim.


Nem parece ser muito importante o fato deles terem sido “deixados para trás”, talvez na segunda temporada haja mais importância neste detalhe, ou não. Quem ficou já tem motivos suficientes para não entender nada e fazer muita confusão. E são estas confusões e fraquezas humanas que me atraem na série. Pode ser que ao final não teremos todas as respostas como foi em Lost, mas a série é doida e por isso mesmo me fez ficar grudada nos dez episódios da primeira temporada. Transmitida pela HBO já tem garantida a segunda temporada que eu não faço ideia de quando será exibida, mas como eu tenho uma lista de séries e livros pendentes, posso esperar o tempo que HBO quiser para saber como aquelas pessoas quebradas vão encaixar suas peças soltas em suas vidas.

Fica a dica!

Nota:




Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Oie!

    Eu comecei a assistir esta série, mas não consegui chegar até o final, achei mto enrolada... =( Meu marido terminou e acabou comprando o livro, leu e não gostou mto, hehehe... Acho que vou deixar esta passar!

    Bjs!
    CarinaPilar.com | ...e a paixão pelos livros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carina, vou ver até quando der e enquanto o Justin estiver lá, rsrsrs é um bom motivo!

      Excluir
  2. Oi Michele!
    Eu já tinha ouvido falar na série de livros, mas ainda não conhecia a série de tv. Pelo que você contou a história parece ser meio estranha, não sei ainda se vou assistir.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. A nova série que apresenta a história, conseguiu seduzir o público.El calcamento da segunda temporada é a expectativa de muitos, que desaen descrubir o mistério de um desaparecimento repentino.

    ResponderExcluir