Shrek [Chatices da Alê]



Recentemente descobri que a famosa série de animação Shrek! foi baseada num livro de mesmo nome do autor William Steig. Então, como adoro literatura infanto-juvenil fiquei feito louca para comprá-lo achando apenas no mercado livre, pois na maioria das livrarias já estava esgotado. Meu volume é velho e manchado, mas no desespero consumista resolvi ficar com ele mesmo (momento Delírios de consumo de Beck Bloom) e esquecer que paguei 20 pratas nele.

"O Era uma vez" de Shrek!

Bom, o livro não é bem o que eu esperava. É uma história ilustrada de pouquíssimas páginas e narrativa bem simples. Aliás, quanto a narrativa posso dizer que as semelhanças com o livro são poucas. Quer dizer, Shrek realmente conhece um burro, enfrenta um dragão e casa com uma princesa, mas o curso da história é totalmente outro. O herói é realmente desagradável, peida quando quer, solta raios de calor pelos olhos, come relâmpagos e adora ver o que é bonito murchar e as pessoas terem medo dele. Não é de longe o ogro traumatizado do desenho que apenas tem dificuldade de fazer amizades (bom, essa é a minha leitura).

A história do livro me lembra um pouco o costume norte-americano dos jovens saírem da casa dos pais assim que atingem a maioridade, pois Shrek inicia a sua aventura sendo expulso de casa pelos pais. Porém, ao contrário desses jovens que vão trabalhar para pagar seu aluguel, Shrek pratica pequenos furtos pelo seu caminho até que encontra uma bruxa e pede a ela que revele seu futuro. Após desmaiar, a mulher revela que ele vai se casar com uma princesa, mas ele teria de encontrar um burro e derrotar um cavaleiro (no desenho é um dragão né?).

Shrek do livro e Shrek do filme.



Gostei de descobrir que a Dreamworks desenvolveu um Shrek bem parecido com o personagem do livro (graficamente e não na personalidade), mas fiquei ainda mais feliz que não tenha usado a ilustração da princesa, pois Fiona, apesar de não corresponder aos padrões estéticos na forma de ogra, é fofa e carismática, já a princesa do livro não é muito simpática não, além de ser tão insignificante que nem tem nome.

Enfim, apesar de ter gostado de saber como era a história original, acho que a animação Shrek! superou a ideia de Steig. No livro não há toda aquela sátira com os contos de fadas, ou personagens complexos e extremamente cômicos do desenho, diferente da adaptação da série Como treinar seu dragão cujo livro original é tão bom quanto a animação, apesar de serem narrativas diferentes sobre o mesmo personagem.


Bom, acho que isso é tudo na chatice de hoje!


Um grande abraço.

Alê Lemos.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

14 comentários:

  1. Olá, Alê.
    Eu não sabia que era adaptação. Mas pelo o que você disse e pela dificuldade de encontrar também, acho que vou ficar só no filme mesmo hehe. E pelo jeito é um dos raros casos que o filme é melhor.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehehe não perde muita coisa. O filme é melhor, mas não sei porque eu gosto um pouco do livro.
      Alê.

      Excluir
  2. Oi! Eu nem imaginava que tivesse sido baseado em um livro, acabei de aprender algo novo. Eu não curto o personagem, mas acredito que os fãs que souberem, vão querer ler.


    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu descobri por acaso também. Será que vão? kkk a Sil já ficou decepcionada.

      Excluir
  3. Mais um para a série de FILMES BASEADOS EM LIVROS QUE EU NEM SABIA QUE EXISTIAM. Rs.
    Então, acho que a adaptação da animação foi bem melhor, né? Shrek está mais simpático.. E a sátira sobre as outras historinhas é indispensável à animação!
    Adorei a chatice de hoje! Haha
    Beijos!
    Fabi Carvalhais
    pausaparapitacos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Fabi! Também adoro a sátira dos contos de fadas. os roteiristas da Dreamworks tem a minha admiração.
      Bjus da Alê.

      Excluir
  4. Oi Alê, adorei sua postagem. Não sou muito de ver desenhos animados mas este foi uma das exceções. Já tinha visto os 3 filmes quando comecei a sentir necessidade de ver desenhos para falar para um público mais jovem do blog Meu pequeno vício, onde passei a ser colunista de filmes recentemente. E achei bem interessante você sair procurando desesperadamente o livro no qual o filme foi baseado. Isso já aconteceu também comigo em outras circunstâncias. Gostei também de saber que o desenho é bem melhor que o livro, assim, não vou ter que sair também por aí, em busca desesperada, como aconteceu com você. (risos...)

    Sou Alberto Valença do blog Verdades de um Ser e colaborador do Meu pequeno vício. Agora criei também um blog de viagens - O seu companheiro de viagem

    Verdades de um Ser
    O seu companheiro de viagem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saí desesperadas porque passei um tempo estudando sobre contos de fadas. Não é que o livro seja ruim, mas ter visto o filme primeiro acabou me colocando muitas expectativas.
      Beijos!

      Excluir
  5. Oi Alê, tudo bem?
    Não fazia ideia que tinha livro do Shrek.
    Achei ele e a princesa bem assustadores, pra falar a verdade. :P O filme é demais!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Gente, eu não sabia que a animação de Shrek era originalmente um livro! Que bom que você leu e veio nos trazer suas impressões. Acho que é a primeira vez que um filme supera o livro.
    Abraços.
    MinhasImpressões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acho que seja a primeira vez, mas com certeza é algo raro.
      Beijos!
      Alê.

      Excluir
  7. Oi Alê, tudo bem??? Eu não fazia ideia de que havia o livro :3
    Apesar de ter batido uma certa vontade de ler (pois amo os filmes), acho que eu não compraria, hahahhaha. Os desenhos são horríveis :( E seus comentários me deixaram desanimada.
    Aí está uma prova de que as vezes, os filmes são melhores, hahahah
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir