À Procura de Audrey [Resenha Literária]



Quer ler sobre ansiedade, pânico e depressão sem sentir ansiedade, entrar em pânico e ter depressão? Entrar em um mundo sombrio sem sofrer? É só ler À Procura de Audrey.

Ela é uma garota de 14 anos que passa a ser vítima de bullying na escola e as coisas saem do controle, assim como a vida de Audrey e por isso ela se esconde em casa atrás de óculos escuros mesmo que esteja chovendo por não suportar qualquer tipo de contato com pessoas que não sejam da sua família, principalmente o contato visual.

É a própria Audrey quem conta para o leitor sobre seus medos, despe sua família na frente de uma câmera em um projeto que a médica que cuida dela, Drª Sara, propôs para ajudar em sua recuperação.

Eu me identifiquei demais com a família de Audrey e todos os seus barulhos. Que mãe nunca levou o cabo do computador na bolsa para o trabalho na inútil tentativa de tirar o filho da frente do pc e do jogo online? E ameaçar quebrar o pc? Quem nunca? Pois é, sou destas.

A agitação, os diálogos, a interação da família de Audrey não me é estranha, muito pelo contrário, conheço bem. Audrey tem um irmão chamado Frank viciado em jogo de pc e Felix um garotinho de 4 anos. Sua mãe Anne parou de trabalhar para cuidar dela e ela nem percebeu e seu pai Chris até que tenta ser o macho alfa. Tenta. Cada um faz o que pode.

A narrativa é leve, às vezes até divertida e é fácil, muito fácil nos solidarizarmos com Audrey e todas as suas fragilidades. Além de todo apoio que ela tem de seus familiares é com Linus, amigo de Frank, que ela consegue se abrir mais e vencer alguns medos, a princípio de maneira bem original.

À Procura de Audrey é um livro muito fácil de ler e apesar de tratar de um assunto tão sério, é interessante demais conhecer uma doença tratável, mas que muita gente não compreende, já que ela pode trazer comportamentos que a sociedade prefere criticar. É difícil explicar a dor de quem tem depressão, é difícil entender quando não se está vivendo o problema e Sophie Kinsella explica tudo de maneira singela, contando a história de uma adolescente em forma de um romance cheio de esperança e fácil compreensão.


Eu adorei procurar Audrey por todas aquelas letras e apesar de um pequeno detalhe que me parece ter sido intencional por parte de Sophie, e que me deixou um pouco, bem pouco contrariada, concluí que eu não precisava daquele detalhe para achar Audrey e compreendê-la. Por isso tudo eu recomendo que você procure por ela também.

Dados do Livro:

Livro: À Procura de Audrey
Autora: Sophie Kinsella
Editora Galera Record

Nota:

Compartilhe no Google Plus

Sobre Michele Lima

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

10 comentários:

  1. Oi Mi!
    EU QUERO MUITO LER ESSE LIVRO, SABE, MUITO MESMO <3
    Vi outras resenhas dele mega positivas, e fiquei extremamente cativado pela história
    Gosto de livros leves e engraçados :)

    Abraços
    David
    www.olimpicoliterario.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Estou louca pra ler esse livro! A premissa, por fugir do comum, falando sobre temas pouco usuais na literatura, precisa ser lido por todos que querem entender o que é depressão. O que estraga um pouco é o preço. Os livros da Sophie são muito caros...

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. A premissa é interessante. Além disso, tratar de um assunto sério de uma maneira simples é sempre interessante.
    Vou dar uma chance ao livro.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de novembro. Você pode ganhar um livro incrível!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pessoal por comentarem e sim, deem uma chance ao livro porque ele é muito bem escrito e dá pra devorar em poucas horas!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Michelle.
    Eu ganhei esse livro em uma promoção, mas ainda não chegou. Quero muito ler por ser da Sophie que adoro, estou louca para ler ela escrevendo um outro gênero. Eu tenho uma prima que passou por uma depressão horrível e sei um pouco como é difícil essa situação.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oiii

    Tô bem curiosa com esse livro. Todo mundo falando super bem dele, parece ser uma delicia de ler.

    Beijos!

    Cintia
    http://www.devaneiosdeumacindy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Pelo que você falou acho que minha mãe iria gostar bem mais do que eu haha vou indicar para ela!

    Beijos,
    http://whoisllara.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, que super.
    Vou colocar na minha lista de leitura.... :D
    Parece bem interessante...

    ResponderExcluir
  9. Ah sou louca pela Sophie Kinsella ♥ Ótima resenha!!! Fiquei curiosa kkkkk Quero encontrar e compreender essa Audrey também. Anotei essa dica.
    Beijos,

    http://devaneiosdajessie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. "Quer ler sobre ansiedade, pânico e depressão sem sentir ansiedade, entrar em pânico e ter depressão? Entrar em um mundo sombrio sem sofrer? É só ler À Procura de Audrey." Sua resenha já me conquistou daí!! Não tinha a menor ideia sobre o que o livro tratava e tive uma ótima surpresa, vou olhar com mais carinho para ele da próxima vez que for à uma livraria. Confesso que me interessei bastante lendo seu texto, parabéns!! Beijos!

    ResponderExcluir