Os irmãos corsos [Especial Alexandre Dumas]

Olá pessoal, mais uma vez, eu, Padora, introduzo os posts da Ana.
"Os irmãos corsos" não está entre os livros mais citados de Alexandre Dumas, mas também tem o seu valor e merece espaço nesse especial.

Conheçam a história em linhas gerais e gente, leiam!

Um viajante de passagem pela Córsega conhece Luciano De Franchi e sua mãe, donos da casa em que se hospeda. Além dos costumes e tradições dos corsos, ele conhece também as histórias da família De Franchi. De acordo com Luciano, os homens da família costumam receber a visita de parentes recentemente mortos e o anúncio de sua própria morte de antepassados.

Instalado no quarto do irmão gêmeo de Luciano, Luís, que estuda Direito em Paris e, ao contrário do irmão, não aprova os costumes corsos, o hóspede percebe o quão diferentes são os irmãos. Durante um jantar, presencia uma cena de preocupação da mãe e do irmão com relação a Luís, descobrindo então que os dois nasceram ligados e foram separados em uma cirurgia e, por causa disso, compartilham sentimentos, o que explica a ansiedade de Luciano, que tem sentido a angústia que o irmão, em solo francês, tem sentido.

Quando volta a Paris, o viajante é encarregado de entregar pessoalmente uma carta a Luís, com quem se surpreende ao perceber a semelhança incrível com o irmão. Inevitavelmente travam amizade e o viajante logo se vê tão de confiança de Luís De Franchi que é chamado para ser seu padrinho em um duelo.

Uma história simples e encantadora que mostra que dois irmãos, iguais na aparência e completamente diferentes na forma de pensar, são unidos por tradições familiares e o amor fraternal que respeita e defende a diferença do outro. Com seu jeito único de escrever, Dumas narra uma belíssima história que tem por base única a família, uma instituição que por vezes não é tão belamente descrita e respeitada nos livros. 

Fonte da imagem


Posts do especial publicados anteriormente:

Compartilhe no Google Plus

Sobre Ana Seerig

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. depois q vcs falaram que os mosqueteiros é o primeiro de uma trilogia quero muito ler os outros. estou adorando os posts e a vontade de lê-los só aumenta. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nada do autor, mas tenho muita vontade de ler Os Três Mosqueteiros!

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir