As Melhores e Piores Músicas Internacionais de 2015


Como todo ano, Vinicius Martins deu o ar de sua graça aqui no blog e nos brindou com seu suave veneno falando das melhores e piores músicas de 2015! Confira:

As Melhores e Piores Músicas Internacionais de 2015

A apreciação de qualquer manifestação artística está sujeita a um alto grau de subjetividade. No caso da música não é diferente. Ainda que a análise estritamente técnica possa provar que tal canção ou gênero X é melhor do que outra canção ou gênero Y, o que conta de verdade é um sentimento subjetivo que por razões que não se pode colocar em palavras lhe faz gostar de determinada música. Isso e uma série de outros fatores psicológicos e sociais são capazes de explicar porque aquela música que seu vizinho adora escutar repetidas vezes no último volume lhe deixa tão irritado. Faço este parágrafo para deixar bem claro que, ainda que eu tenha tentado ser eclético, o que me motivou a escolher as músicas abaixo como as melhores e piores do ano é, no fundo, um fator bastante subjetivo e o leitor é livre para discordar de minhas escolhas. 

As Melhores

5 – George Ezra – Budapest

          

Quem ouviu o vozeirão grave de George Ezra nas rádios neste ano vai se surpreender ao saber que o moço tem apenas 22 aninhos. Outra surpresa é que o hit Budapest é, na verdade, uma canção de 2013, mas só foi ouvida no Brasil a partir deste ano.

4 – Adele – Hello

         

Após quatro longos anos sem lançar álbum novo (mas emplacando a música tema de 007 Skyfall), Adele finalmente retornou para bater recordes. Aliás, acredito que esses recordes se devam justamente à demora em lançar trabalho novo e aos rumores que falavam em um suposto fim de carreira devido à problemas nas cordas vocais. Pelo sim ou pelo não, o fato é que 2015 terminou com Adele sendo detentora do clipe mais visualizado em menos de 24 horas, maior venda de downloads, música com mais streamings e tudo isso em apenas uma semana.

3 – Drake – Hotline Bling

          

Se alguém apenas desconfiava que Drake era um dos maiores hitmakers dos últimos tempos pôde comprovar depois da aclamação de público e crítica desta canção e clipe não menos genial. Sua dancinha se tornou um viral que rendeu à Internet momentos hilários.

2 – Rihanna – Bitch Better Have My Money

          

Enquanto a maioria dos mortais pena para conseguir se manter no showbusiness, Rihanna logra o feito sem escorrer uma gota de suor. Música e clipe foram lançados com dias de atraso e o seu oitavo álbum de estúdio já virou mito por causa da demora. Apelidado pelos fãs como R8, foi comprovado no segundo semestre do ano que se chamará na verdade Anti, mas em vez de ser lançado este ano, o disco que já conta com singles desde janeiro, só será lançado em março do ano que vem. Ainda assim, Riri surpreendeu a todos com uma turnê (que veio para o Rock in Rio) e esta música que só foi esclarecida muito tempo depois com este clipe.

1 – Sia – Elastic Heart

         

A melhor música de 2015 na minha humilde opinião surgiu lá no comecinho do ano (embora pertença a um álbum de 2014). Com participação de Shia LaBeouf e Maddie Ziegler no clipe e dividindo os vocais, em uma das versões, com The Weeknd (cantor que muito infelizmente acabou ficando de fora da lista), a música que fala de amores que não se concretizam foi a melhor canção deste ano que termina. 

As Piores 

5 - Silentó – Watch Me

          

Com esta canção de extraordinária repercussão que garantiu ao “rapper” (?!) uma vinda ao Brasil com direito a fãs que, apesar de não saber outra música dele e nem quem ele era até alguns meses atrás, choravam copiosamente quando o viam, Watch Me foi uma daquelas febres de verão insuportáveis, mas que garantiu ao seu cantor seus 15 minutos de fama. Boa sorte com 2016!

4 - Macklemore & Ryan Lewis – Downtown

          

Se você se sentiu meio perdido em 2015, saiba que você nunca esteve só! Macklemore continua atirando para todos os lados tentando saber para quais rumos irá levar sua carreira. Às vezes ele acerta e leva um monte de Grammy para casa (como em Same Love), em outras a gente fica meio sem entender nada, como em Downtown.

3 – Britney Spears & Iggy Azalea – Pretty Girls

         

2015 marcou o enterro quase definitivo da rapper Iggy Azalea que foi concebida como uma promissora cantora em 2014 (pois é meus amigos, a indústria é cruel!). Ela ainda respira, mas esta bomba chamada Pretty Girls (cantada com a nova residente de Las Vegas, Britney Spears) e as polêmicas com as quais se envolveu adiantaram seu caminho ao anonimato. 

2 – Cee Lo Green – Robbin Williams

          

O cancioneiro pop está repleto de canções emocionantes feitas (ou posteriormente cantadas) em homenagem a alguém que já se foi. Para ficar com três exemplos cito Canção da América, de Milton Nascimento (para Airton Sena); Candle in the Wind, de Elton John (para Lady Di); e One Sweet Day, de Mariah Carey e Boyz II Men (a música em si fala da perda de um ente querido e foi dedicada a crianças com AIDS). No entanto, às vezes o tiro pode sair pela culatra! Como este ano em que Cee Lo Green tentou homenagear o comediante Robbin Williams com uma canção que os familiares do ator certamente proibiriam de ser cantada em seu funeral.

1 – Jason Derulo – Want to Want Me / Wiz Khalifa & Charlie Puth – See You Again
 /Marron 5 – Sugar

          

Essas três músicas estão agrupadas no mais alto lugar do pódio de piores músicas de 2015 porque todas elas contam com uma técnica por parte de seus vocalistas que, embora difundida por Justin Timberlake, eu considero abominável: O FALSETE!

                
        

Vinicius Martins
Compartilhe no Google Plus

Sobre Michele Lima

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

8 comentários:

  1. Oi...
    Adorei e dei boas risadas com esse post!
    Também detesto sugar !!!!!
    Bjão

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    kkkk eu ri com os comentários das piores músicas, adorei o post, e concordo com a maioria. Beijos
    Lost Words

    ResponderExcluir
  3. Oi! Eu não gosto de Maroon 5, nem desta música nem de nenhuma. Sei que são muitos fãs, mas aqui em casa não toca não.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Olá, Vinicius.
    Não sou muito ligada em musica, apesar de amar The Voice hehe, por isso não conhecia quase nenhuma delas. Acho que só conhecia a da Adele. Mas gostei das escolhas, principalmente dos seus comentários hehe. E eu gosto de um falsete hehe

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi, Vinicius!
    Sou louca pelo Maroon 5, mas devo dizer que esses últimos trabalhos não são dos melhores. Eles fizeram um álbum perfeito em Hands All Over, mas os dois seguintes...
    Hotline Bling... essa música é engraçadinha
    George Ezra, esse fofo <3 <3 <3
    A única música que curto da Iggy é Black Widow
    Pergunta: Cee Lo Green ainda existe?
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Estava concordando com tudo até chegar ao topo das piores. Quase me ofendi e discordei, mas lembrei do falsete e mais uma vez me rendi ao mestre!

    ResponderExcluir
  7. Ola!
    Sério que você não gostou de Sugar ou a do Jason? Eu adorei elas D:
    Gostei muito de Hello também. Adele voltou com tudo.

    Abraços
    David
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  8. 'Elastic Heart' e 'Budapest' realmente são belas canções ;)

    ResponderExcluir