Um beijo inesquecível [Resenha Literária]


Infelizmente ainda não temos em português outros livros da Julia Quinn, mas quem já leu em inglês sabe que Lady Danbury é uma personagem que aparece bastante, aparece na série The Smythe-Smith Quartet e também em Como se casar com um marquês, sendo sem dúvida uma das personagens mais cativante da autora! E se a gente achava que Lady Danbury tinha ótima química com Penelope no livro Os Segredos de Colin Bridgerton, Julia nos mostra que ela também é excelente com Hyacinth, a caçula da família.

Um beijo inesquecível começa com a história da infância de Gareth, o neto de Lady Danbury, e sua difícil relação com seu pai. Anos depois estamos mais uma vez na estranha apresentação do quarteto Smythe-Smith, que generosamente Lady Danbury, Penelope e Hyacinth vão assistir! Ninguém suporta o som das pobres garotas, mas sempre tem alguém que consegue assistir ao recital. Lá descobrimos que Hyacinth e Gareth formam um casal cheio de faíscas e super divertido de acompanhar!


Obviamente que Lady Danbury sabe que a protagonista e Gareth são perfeitos um para o outro e Hyacinth adora a condessa, afinal, sempre vai visitá-la! E a essa altura todos nós sabemos como é difícil aguentar o humor dessa senhora. Cada vez mais envolvida com Lady Danbury, Hyacinth também se envolve com Gareth e seus problemas familiares. Como uma boa Bridgerton, a moça não deixa os mistérios escaparem e vai a fundo ajudar o neto da condessa em busca das joias da família!

Gareth é um homem que não quer se casar, é mulherengo e quando jovem quase se casa com uma mulher com problemas mentais forçado pelo pai, mas conseguiu escapar da obrigação e foge do casamento como o diabo foge da cruz. Já Hyacinth ainda não se casou para o desespero de sua mãe Violet, que só sossega quando ver todos os filhos casados. Hyacinth é uma verdadeira discípula de Lady Danbury, inteligente e bonita, fica difícil para Gareth ficar longe da moça, mesmo quando sua autoestima é afetada pelo monstro de seu pai.


Destaque para o diálogo entre Violet e Hyacinth, quando a senhora Bridgerton conta para a filha como foi difícil a sua gravidez, já que o marido havia morrido.

Como sempre ressalto, Julia Quinn tem uma narrativa extremamente agradável, fácil, leve, com uma história envolvente e com diálogos repletos de ironia e sarcasmos. E dessa vez a autora voltou com seu característico humor, com um toque maior do que no último livro, que teve uma pitada de drama mais que os outros.

Dados do livro:
Um beijo inesquecível - série Os Bridgertons volume 7
Autora Julia Quinn
Editora Arqueiro

Michele Lima

Compartilhe no Google Plus

Sobre Michele Lima

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

13 comentários:

  1. Nossas resenhas vieram a luz quase simultaneamente! Adoro a Lady D. e a Julia, acho que essa é uma das muitas dividas que tenho com você Mi, ter me apresentado a Julia, a Lisa e Hunter e me aproximando do gênero romance histórico. Obrigada! Adorei a história de Hy e sua resenha, ficou ótima, como sempre você brilha quando escreve sobre a Julia!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Michelle!
    Me pergunto quantos livros tem essa série hahahaha
    Smythe-Smith... achei bacana essa junção
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Tenho lido tantas resenhas desse último lançamento, que já estou quase passando ele na frente dos outros 500 livros que tenho para ler hahaha adoro a Julie Quinn e romances de época são meus queridinhos! Já está na lista. Parabéns pelo blog e pela resenha!

    www.booksimpressions.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi :D
    Que delícia de resenha.
    Esse livro chegou essa semana aqui em casa e já quero ler, estou amando os livros da Julia <3
    bj

    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Jura que a Lady aparece em outras séries além de Os Bridgertons? Bem que eu imaginava que os romances de época da Julia não parariam por aí haha imagino que pelo sucesso logo os outros livros sejam publicados também. Eu adorei esse volume, só imaginava a personagem um pouco diferente, mas não deixa de ser cativante, assim como a história toda. Ótima resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "House of night", vem conferir!

    ResponderExcluir
  6. Oláá!
    Sou louca pra ler esse livro, esse gênero me agrada demais - e acho a capa um amor.
    Romance de época bem construído chama a minha atenção.
    Beeijos
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Michele!
    Não sabia que essa personagem aparecia em outros livros, que legal!
    Eu parei no volume 3 dos Bridgertons, mas queria muito ler os outros.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  8. Ameeeeei a capa, o enredo e a sua resenha. É um livro, que eu gostaria de ler sim, gosto muito desse tipo de livro!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Michele, tenho um amor eterno pelos livros da Julia Quinn!
    E estava ansiosa pelo da Hyacinth, ela sempre foi uma das mais engraçadas, mesmo pequenininha em O Duque e Eu. E sempre tive uma queda pela venenosa Lady Danbury!
    Que bom que esse livro mistura as duas.
    Não vejo a hora de ler. Mas só li ainda até o do Colin.
    Leio devagar para não acabar logo, hahaha.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  10. Olá linda, tudo bem?

    Preciso urgentemente ler esse livro! Confesso que romance de época é minha paixão ♡
    E quando se trata da nossa querida Julia Quinn não têm como não amar.
    Adorei a resenha *-*, amei seu cantinho também. ..Seguindo.

    Beijocas; *

    http://mundodosonhos2.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Michele, tudo bem?
    Eu também gostei bastante deste livro, Hyacinth é uma personagem ímpar e que sempre me despertou interesse desde o início da série. Gostei muito da história que a Julia criou para ela. Amo a série e já estou triste com o fim da série que já está próximo.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi, Michele!
    Eu tenho ouvido falar bastante desse livro e autora recentemente, mas nunca li nada dela. Sua resenha me deixou muito curiosa pra ler a história, amei.
    Beijinhos

    Borboletas de Papel
    | Dossiê Cultural

    ResponderExcluir
  13. Tenho muuuita vontade de ler algo da autora, nossa...
    Muita gente gosta!
    Gostei da sua resenha >.<

    Passando pra te dizer que te indiquei em uma TAG ;)
    Beijo grande :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir