Rendição [Resenha Literária]


Diferente da Michele, eu já conheci a Maya Banks na fase quente pegando fogo dela e com surpresa encontrei em Rendição um livro com mais história e menos pegação. Tive vontade de perguntar: Maya é você mesmo amiga?!?! Só não fiz isso porque quando a pegação rolava aí era inconfundível a identidade da autora.

Nele encontramos Josslyn, uma mulher determinada a finalmente se reerguer depois de perder o grande amor de sua vida. Depois de ter passado por um período de luto tipico da viuvez, ela decide seguir em frente e ir em busca de algo que sempre desejou e seu amado marido, Carson, não pôde lhe dar: dominação.

Para tanto, ela procura um clube exclusivo no qual um seleto grupo de pessoas se reúne para realizar as suas fantasias mais lascivas e perigosas de forma segura. Porém, ao chegar nesse clube ela encontra quem menos pensava encontrar, Dash, o melhor amigo de seu falecido marido, e acontece o que ela menos esperava acontecer: descobre que ele a ama desesperadamente há anos, mas reprimia o desejo por respeito a ela e seu melhor amigo.


Com o encontro dela com Dash no clube começa o relacionamento deles, que além de ser cheio de cenas quentes, muito sexo, sadomasoquismo etc, também tem uma bela carga dramática. Se por um lado, ele precisa superar a sensação de está usurpando o lugar de seu amigo e conseguir obter a autoconfiança de ser amado por Joss, do outro ela precisa superar a culpa por está encerrando um capitulo da sua história e começando outro.

Não é fácil para nenhum dos dois, é claro que a situação tem vários momentos de tensão. Nesses momentos mais agudos se destacou a presença das duas melhores amigas da Joss, a Kylie e a Chessy, elas vão dar apoio e conselhos a amiga mostrando o quanto mulheres podem se ajudar em vez de competirem entre si.

Nesse romance, aliás na série inteira há um grande destaque para o vinculo entre Joss, Kylie e Chessy. Há muita sororidade entre elas e o grande vilão a ser enfrentado pelos personagens nunca é o outro e sim eles mesmos, seus tabus e traumas.

Para quem ama um romance quente pegando fogo sem muita história entre uma cena e outra Rendição pode não agradar muito, mas para quem ama um romance quente pegando fogo diluído em uma história desenvolvida, esse romance, aliás a Trilogia Surrender inteira, casa muito bem.

Adorei o destaque dado pela autora a amizade, lealdade e confiança entre Joss, Kylie e Chessy, protagonistas dos outros dois volumes da coleção. Também gostei muito do trabalho dela em explicar um pouco do universo BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo). Sem preconceitos e tabus ela deixa claro o quanto os envolvidos nesse universo precisam ter clareza de seus desejos e limites além de uma solida confiança uns nos outros para JAMAIS pode sair do ideal comum de SSC (São, Seguro e Consensual). Ela mostra muito bem a distancia entre o BDSM e a violência domestica, por exemplo.

Jacilene (Pandora)
Dados do Livro

Titulo: Rendição - Trilogia Surrender, vol. 1
Autora: Maya Banks
Ano de Publicação: 2014
Editora: LeYa - Quinta Essência
Compartilhe no Google Plus

Sobre Pandora

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

16 comentários:

  1. Oi Pandora! Eu prefiro história mesclada com pegação, então acredito que este livro vai me agradar. Eu li poucos dela, mas os que gostei foram neste estilo. Um fato inegável é que ela sabe criar cenas incendiárias.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Hm... tenho esse livro em e-book no celular via amazon (kindle for android) e já dei uma espiada nas partes hots (porque sim). Junto dessas espiadas, percebi a culpa que a Joss tem quando se entrosa com Dash, justamente por causa do marido morto. Não sei se conseguirei ler algum romance agora (estou vivendo um, para quê ler ficção?), mas gostei de como você expôs a história, mostrando que Rendição tem algo de sexo.
    Até

    ResponderExcluir
  3. Acho que vou curtir bastante a leitura, principalmente por ter uma trama mais elaborada junto.
    Serão quantos livros? Medo de começar a ler uma série/trilogia que demore as continuações!
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Pandora
    Parece que combinamos de ler a mesma trilogia. Já li Rendição e Submissão. Gostei mais do primeiro, mas agora estou na Devoção e acho que vou fazer uma resenha tripla. Comecei a intercalar leituras fora de parceria e assim diminui ess minha lista. Sempre bom ler suas resenhas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Pandora!
    Eu nunca li nada da Maya, mas fiquei interessada nessa trilogia.
    Eu super curto quando autores explanam como realmente funciona o BDSM. Depois de Cinquenta Tons, essa prática sexual ficou visada junto com violência.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  6. Parece ser um bom livro. Não conheço ainda nada desta autora. O título eu adorei e, se fosse escolher um livro qualquer pelo título este seria um dos primeiros. Gostei muito do que você escreveu no final sobre os destaques da autora. Vou incluí-lo na minha lista para futuras aquisições. Mas muito futuras pois, enm tão cedo pretendo comprar livros.

    Sou Alberto Valença do blog Verdades de um Ser e colaborador do Meu pequeno vício e Depois da sessão de cinema. Agora criei também um blog de viagens - O seu companheiro de viagem.

    Verdades de um Ser
    O seu companheiro de viagem

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? A estória em si parece ser boa, mas livros com cenas quentes não me agradam muito. Apesar disso, gostei da resenha.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  8. Adoo esses romances picantes, principalmete quando não tem só romance em si. o sadomasoquismo não em agradou muito, já li 50tons e confesso que não gostei, mas talvez essa historia seja melhor :D
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Pandora.
    Nunca li nada da autora, nem tenho vontade de ler. Eu até gosto de romances eróticos, mas só de vez em quando. E esse, mesmo você falando que tem história entre as pegações, me pareceu hot demais para o meu gosto e ainda tem esse negocio de sadomasoquismo que não sou muito fã hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Acredita que ainda não li nada da Maya? E olha que já li muitos livros com essa pegada, então acho que tá na hora de resolver isso, começando por Rendição mesmo, já que é meio chatinho quando é a história inteira só de partes mais sensuais. Adorei a sua resenha, tá adicionado na lista dos desejados já!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "A Queda dos Anjos", vem conferir!

    ResponderExcluir
  11. Pelo que me recordo, não havia visto falar sobre este livro até então, mas agora, lendo a sua resenha, percebi que mesmo assim eu não o leria, pois não faz o gênero literário que eu gosto.

    Abraços,

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
  12. Oi Tudo bom?
    Sempre quis me aventurar por esse mundo do erótico, só pra conhecer já que acho que não é meu estilo. Gostei do clima sociedade secreta do prazer, acho que comprar o ebook já seria um começo.

    Beijos

    http://shadabooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu me interessei por esse livro porque tem mais história do que pegação, é ruim quando o livro só tem cenas eróticas...

    Beijokas da Mylloka
    http://myllokasecret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Nooossa, eu preciso muito ler esse livro. A premissa me chamou bastante a atenção e a sua resenha me deixou bem empolgada, tem alguns autores que não conseguem levar bem esse tema e acabam broxando minha leitura hahaha
    Beijos!
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir
  15. Oi
    nunca li nada da Maya, mas infelizmente não chamou muita minha atenção para a leitura, esses dias vi uma resenha de um outro livro falando de BDSM e que chamou mais minha atenção, mas gostei da resenha e o que vale e que curtiu a leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Pandora!
    Ainda não li nenhum livro da autora, mas achei interessante o que você comentou no final, sobre a diferença entre BDSM e violência doméstica. Acho que tem muita gente que confunde a fantasia com a violência de verdade...
    Enfim, fiquei interessada no livro.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir