Top 5: Filmes para chorar


Existem filmes que são feitos praticamente para nos fazer chorar rios de lágrimas e pensando neles nós resolvemos fazer um Top 5 de filmes que nos fizeram gastar horrores com lenços!

Por Marise:

Eu sou conhecida por ter a maior quantidade de lágrimas por metro quadrado que uma pessoa pode colocar para fora. Eu sou um caminhão pipa de lágrimas. Eu choro por coisas como propaganda de carro, final de novela, raiva... Dizem que sou dramática, eu prefiro ser definida como tragicômica, mas uma vez me disseram que eu estava fazendo drama, magoei, eu estava doente, não é possível que tivesse que ser chique e poderosa com 15 quilos de inchaço, por isso eu chorava. De chorar eu entendo. Portanto, se você está na fossa porque não tem dinheiro para comprar livros e bonecos Funko Pop e precisa se livrar de uns quilos de água, posso te indicar dois filmes:

Ghost, do Outro Lado da Vida



Este filme foi uma grande surpresa na época porque uma produção independente que ninguém achava que daria certo e foi o sucesso do ano de 1990 quando foi lançado. O filme deu o Oscar a Whoopi Goldberg pela interpretação da vidente irritante, nervosa que ajuda Sam (Patrick Swayze) a ajudar Molly (Demi Moore), já que ela é a única que consegue enxergá-lo depois que ele morre e não faz a passagem, exatamente para proteger a mulher que ama. Sam e Molly eram um casal muito fofo e estavam começando uma vida juntos, mas ele nunca dizia que a amava, ele sempre dizia “idem” quando ela se declarava. Porém, depois de sua morte Sam descobre que não morreu por acaso e que quem o matou vai atrás de Molly e por isso ele chega até a vidente Oda Mae e a atormenta para que ela o ajude. E mesmo morto não faltam momentos fofos entre o casal o que traz lágrimas e lágrimas e mais lágrimas quando eles finalmente precisam se despedir. E dá pra chorar de inveja do cabelo da Demi Moore que é curto e muito charmoso.

P.S. I Love You



Se Ghost não te fizer chorar todo o necessário, você pode assistir P.S. I Love You que ele vai te levar quase ao nível da depressão pós parto, mas é parto de partir, de foi e fim. Porque é isso que acontece com Holly Kennedy (Hilary Swank), ou melhor, com o marido “homem ideal”, lindo e sexy, maravilhoso, Gerry Kennedy (Gerald Butler) que simplesmente morre e a deixa devastada. E não sendo só a morte dele suficiente para acabar com a vida de Holly ele deixa várias cartas, muitas cartas, para que ela abra aos poucos e nestas cartas ele vai dando a elas instruções de modo a fazê-la vencer o luto e voltar a ser feliz. E a cada carta é um quase ataque cardíaco que a gente tem porque a ausência do homem dos sonhos é trágica demais para se digerir. É um filme lindo, alguns lugares que ele menciona serem na Irlanda são maravilhosos, mas tem que ter força e garra pra não se acabar de chorar no sofá, acho melhor comprar um cachorro pra abraçar caso não haja ninguém disponível no momento.

Por Michele  Lima

Se tem uma coisa que eu odeio, odeio mesmo em livros e filmes são história com doença, detesto sick-lit, aliás, acho que criar um gênero literário com doença é exploração demais para o meu gosto! Odeio filmes que exploram as doenças só pra nos fazer chorar e passar a imagem de trágico, é tão fácil falar de câncer e virar um drama pop que simplesmente tenho pavor do gênero. Ironicamente, meus escolhidos são justamente filmes com doenças! No entanto, eu acho que os dois não são livros que exploram doenças terminais para ganhar dinheiro e sim, são história que vão muito além disso!

Um amor para recordar



É difícil não se apaixonar por Landon (Shane West) e Jamie (Mandy Moore), mesmo porque eles bem que se parecem casais clichês de filmes adolescente, até que a gente descobrir sobre a doença de Jamie e o filme dá uma guinada incrível. Não li o livro de Nicholas Sparks, mas acho que entraria fácil num top 5 de livros pra chorar! No entanto, a história da doença até pode carregar toda a dramaticidade do longa, mas o que encanta mesmo é a incrível história de amor dos protagonistas.

Uma prova de amor




Se você não chorar em Uma prova de amor, eu procuraria um cardiologista urgentemente só pra conferir se você tem mesmo um coração! A história começa com Anna (Abigail Breslin) com 10 anos, procurando um advogando afirmando estar cansada de doar seu corpo para a irmã, Kate (Sofia Vassilieva). Acontece que Anna desde que nasceu é praticamente quem sustenta a vida da irmã por meio de doações de sangue, cordão umbilical, medula, enfim, tudo que a irmã precisa. Por isso, o casal Sara (Cameron Diaz) e Brian Fitzgerald (Jason Patric) ficam desesperados, afinal, com a recusa da filha mais nova, a mais velha irá morrer. É claro que a doença de Kate é o ponto principal para o drama, mas o enredo é muito mais do que isso, questiona valores familiares, a vida e a morte, e o final acaba nos surpreendendo. É um longa incrível, que mostra que Cameron Diaz pode ser uma verdadeira atriz de drama quando quer.

Por Pandora

Os miseráveis



Quando o filme  musical Os miseráveis entrou em cartaz no cinema eu sabia que ali tinha uma história emocionante, mas sinceramente nada me preparou para o efeito desse filme. Nossa, a sala estava praticamente vazia quando fui ver, e eu praticamente alaguei ela... e não fui a única. A moça sentada na fileira da frente, olhou para mim e disse entre soluços: "Que filme emocionante neh?!?"

Bem, nesse filme conta-se a história de Jean Valjean, um homem preso e condenado a quase duas décadas de trabalho forçado por ter roubado um pão para alimentar seus sobrinhos. Mesmo cumprindo seu dever com a lei, uma vez livre a sociedade não o acolhe a não ser por um padre que lhe da subsidio para tentar recomeçar. Porém, mesmo recomeçando sua vida e sendo um exemplo de de tolerância e abnegação, o passado de Jean Valjean persegue ele... e a vida dele é uma sucessão de fugas e encontros com pessoas em estado de fragilidade social. É impressionante como todas as pessoas que cruzam o caminho do herói tem sua cota de miserabilidade e como tudo nesse filme caminha para a tragédia e tons elevados de drama social, assisti-lo é um convite a uma catarse emocional.

Enfim, esperamos que tenham gostado e aproveitem que a Páscoa está próxima para chorarem um pouquinho!

Marise, Michele e Pandora


Compartilhe no Google Plus

Sobre Michele Lima

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

16 comentários:

  1. Daí eu só vi os dois primeiros :)

    Gostei das dicas dos outros amôura.

    Beijão !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Canal no Youtube |

    ResponderExcluir
  2. Não existe filme como Um amor para recordar pra chorar mais. ~Toda vez que assisto é aquele rio de lágrimas hahaha lindo demais <3

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. eu gosto de ghost. eu vi duas versões de os miseráveis e li o livro. é incrível. não tive vontade de ver esse musical onde a maioria desafina e não sabe cantar. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Nossa um amor pra recordar me fez chorar litros :'(
    Mas amo demais esse filme. Outro que também chorei que é do mesmo autor foi o Melhor de Mim. Já assistiu? Esse também é muito emocionante.
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  5. Já assisti todos esses, menos o Ghost (por incrivel que pareça kkk) e Os miseraveis, mas ontem mesmo eu tava pensando em ver esse filme,a credita? Sempre gostei de musicais e muita gente falou bem dele, sempre tive curiosidade. Acho que vou ver ele hoje :3
    Adorei a lista, chorei horrores msm com um amor para recordar kkk
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Eu choro ao assistir todos esses filmes! Hehe
    Sou muito manteiga derretida mesmo; choro fácil. Já vi todos e eu quase tive uma síncope por derramar tantas lágrimas.
    Adorei o post! Inclusive, não sabia que Ghost foi uma produção independente.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi pessoal! Uma prova de amor é sem dúvidas um filme marcante e de deixar a pessoa aos soluços antes mesmo de estar perto do final. Eu adoro este filme e tenho muita vontade de conferir o livro no qual foi baseado.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Desses, só não vi Uma Prova de Amor. Os demais já foram conferidos e... não chorei. haha É a vida, sou difícil de chorar com livros e filmes. rs
    Porém, ainda sim gostei da seleção.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, que impressionante! Eu praticamente promovi um diluvio em cada um desses filmes e você confessa que não chorou hahahaha #Inveja

      Excluir
  9. Sou uma chorona assumida! HAHAHAH
    Chorei em todos esses com toda a certeza e outro que acaba comigo é 'A Última Música' com a Miley Cyrus. :(
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Único filme que não vi/chorei foi os miseráveis. Quem sabe um dia?
    Sabe que ainda não entendi o o final de "Uma prova de Amor".

    Mil beijos.
    www.modaeeu.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, gente!
    Que seleção linda e chorosa, só faltou Titanic! hahaha Adorei o post.
    Beijos!
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir
  12. oi, oi.

    acredita que eu não vi nenhum desses filmes? conheço por nomes, inclusive tenho o livro de "um amor pra recordar", mas, ando correndo da bad. hahaha. to naquela fase em que só quero sorrir e manter a positividade por perto.

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
  13. Olá, Meninas.
    Eu amo um livro e um filme para chorar hehe. Vale a pena o choro, porque as histórias são tão lindas. Dos filmes que vocês indicaram só não assisti o da Pandora, mas tenho vontade. Gente, Uma prova de amor é lindo demais.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  14. Oi
    Desses ai único filme que não assisti foi Os miseráveis, eu adoro P.S. Eu te amo e um amor para recordar as histórias são emocionantes.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Sou emocionalmente fraca... Choro vendo uma propaganda de margarina se bobear. Hehehe
    Sou apaixonada as pó "PS: Eu te amo". Me desidratei horrores enquanto assistia! Gosto de ser emocional, assim não guardo nenhum sentimento para mim.

    Bjs!

    enquantoleitora.blogspot.com

    ResponderExcluir