Como se casar com um marquês [Resenha Literária]


Na Pascoa de 2015 uma amiga minha resolveu trocar os chocolates por livros e me deu uns cinco livros da Nova Cultural que ela escolheu aleatoriamente, quando eu vi entre eles um livro da Julia Quinn fiquei loucaaaaaa... Dei pulos e saltos de alegria, demorei um pouco para ler, guardando para saborear no momento certo e quando li não me arrependi.

Nesse livro nos encontramos com Elizabeth Hotchkiss, uma moça de uma linhagem nobre empobrecida que trabalha como dama de companhia a Lady Danbury, a pessoa com a língua mais afiada de toda Inglaterra oitocentista e muito querida por todos as leitoras de Julia Quinn, Elizabeth está com sérios problemas financeiros, tem três irmãos e vê no casamento com um homem rico a única possibilidade de preservar a dignidade de sua família quando encontra o livro Como se casar com um marquês na biblioteca de Lady D.


Na outra ponta da história está James Sidwell, o marquês de Reverdale, sobrinho da Lady D., uma pessoa que também tem suas magoas pessoais, e chega a Danbury House a convite da tia para tentar tirá-la de uma enrascada. Ah, James, além de marquês, tudo de bom, carismático e fofo é um agente da Coroa Inglesa que atua disfarçado em muitos casos.

Do encontro dos dois aos supetões ao desenvolvimento de um relacionamento afetivo recheado com bons diálogos, situações divertidíssimas, sentimento de cumplicidade e muitas emoções é um pulo. Julia Quinn é aquela autora que faz magia com palavras, seus personagens sempre são muito bem construídos, suas heroínas são cheias de personalidade e rapidamente eu me envolvi nessa trama. Ainda mais com a Lady D. dando aquela força e servindo de cupido para o casal.


O livro é uma delícia, eu poderia até dar cinco estrelas ao livro, SE, somente SE, a edição da Nova Cultural não fosse cheia de problemas. Gente o tradutor fez um trabalho muitooooo porco nessa edição. Há vários cortes bruscos, algumas passagens estão visivelmente confusas, a atuação de certos personagens foi diminuída, suprimida ou transformada e eu me sentir roubada do prazer de ler uma obra completa da Julia. Simplesmente frustrante se deparar com um trabalho de tradução tão feio.

Mesmo assim, Quinn é Quinn e eu amei ter ganhado um livro dela, adorei ler e indico para todas as pessoas apaixonadas por boas histórias de amor com aquela dose de comédia tão bem vinda.

Dados do livro

Titulo: Como se Casar com um Marquês
Autora: Julia Quinn
Ano: 2011
Editora: Nova Cultural

Pandora
Compartilhe no Google Plus

Sobre Pandora

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

16 comentários:

  1. Oii, nunca lia nada da Julia Quinn mas os livros dela tem me cativado cada vez mais. Espero um dia conseguir ler.


    Beijos,
    Natália.

    www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu não troco chocolate por livros não, gente, ainda mais sendo páscoa hahahaha meu deeeus, eu nunca diria que era da Julia pela capa! Nossa, levei na cara agora kkk capas sempre enganam. Adorei a premissa, sem dúvidas ia amar também

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bom?
    Ainda não li nada dessa autora, preciso mesmo ler para ver se faz meu estilo. Nossa, que pena que o tradutor foi tão negligente, isso é horrível!
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. ISSO É OURO!
    Como eu queria ter essa edição em mãos *-*
    Eu sou apaixonada pelos livros da Julia Quinn, mesmo com a tradução estando com problemas, rs.
    Beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Pandora!
    Gente, que temos que não via um romance de banca assim hahahah Agora as editoras maiores estão lançando, mas eu prefiro essas edições de bolso porque são mais leves e menores.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca ouvi falar desse livro. Acho que eu nem leria por agora, mas ainda assim fiquei chateado por saber da péssima tradução que o livro recebeu, é uma pena realmente que isso tenha acontecido.

    Abraços,

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
  7. Oi! Que preciosidade! Eu nunca tinha visto nada dela antes da Arqueiro publicar e adorei conhecer esta história. Eu queria tanto que a Nova Cultural ainda estivesse na ativa. Pelo visto a história é tão graciosa quanto as que li.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Olá, Pandora.
    Que legal esse livro. Eu não sabia que tinha outros livros com os personagens da série OS Bridgertons e agora quero ler ele hehe. Pena que a edição deixou a desejar. Tomara que a Arqueiro publique ele hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi Pandora!
    Poxa, eu sinto muita saudades dessa editora!
    Mas que pena que ela fez um trabalho tão ruim de tradução, e justo com um livro da querida Julia Quinn.

    Obs: Tem sorteio novo no blog :)
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  10. Uma metade minha adora romance e épocas, mas a outra da uns pitizinhos básicos com romances muito doces, mas suas recomendações da Quinn estão me deixando cada vez mais curioso. Agora que me sinto livre de obrigações, vou dar uma chance a ela!

    Dois abraços!

    ResponderExcluir
  11. Morro de vontade de ler os livros da Julia!!! *_* Ainda não pude, mas estão na lista, e agora mais um!

    Beijos,
    Postando Trechos

    ResponderExcluir
  12. Oi, Pandora!
    Eu amo romances de bancas, e confesso que nunca tive problemas com as traduções, que pena.:/ Bom, eu sou super fã da autora, e já li alguns romances dela. São livros ótimos! Ela é maravilhosa. *__*

    Beijos,
    Elidiane Ferreira
    Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi.
    Como dito acima, eu também não li nada da Julia Quinn! :(
    Mas tenho visto resenhas muito positivas sobre os livros dela.
    Estão na minha lista de desejos.
    Espero lê-los muito em breve e que a tradução seja melhor do que essa versão que você leu.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
  14. Oi,
    Nossa, só que ser da Julia já me anima
    Que pena o tradutor não ter dado tanto valor ao livro
    Adorei conhecer um livro fora dos irmãos Bridgertons (que eu amo)
    Bj


    IG: @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Nossa.... Também quero.... Sou fã da Julia Quinn. Agora também fiquei loucaaaa de vontade de ler. Vou anotar o nome e pesquisar na internet para ver onde conseguir o livro e de preferencia de outra editora já que a tradução deste deixou a desejar.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir
    Participe do Sorteio da Trilogia O Inferno de Gabriel para 2 ganhadores

    ResponderExcluir
  16. Oie,

    Às vezes eu esqueço que a Julia tem outros livros fora a série que lança pela Arqueiro. Gostei da resenha e me lembrou um livro da Patricia, mais ou menos. Romance histórico tem sido o gênero que mais me identifico e acerto em cheio, leio e gosto. Aguardar porque vai que a Arqueiro lança né?!

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir