Não fale com estranhos [Resenha Literária]

Quem lê Harlan Coben tem que saber que respirar pausadamente durante a leitura é praticamente impossível. Harlan chega a tirar o fôlego da gente, é uma correria louca para acompanhar os acontecimentos que podem mudar e alterar a vida do personagem de forma rápida e traumática.

É isso que acontece com Adam Price, casado com Corinne, pai de dois filhos adolescentes, Thomas e Ryan, advogado, feliz, satisfeito, vivendo em uma comunidade tranquila, realizando o sonho de um bom casamento com uma boa vida, em uma boa comunidade, até que um dia, ao comparecer a uma reunião de pais de filhos jogadores de Lacrosse (tive que fazer uma pesquisa na internet para conhecer o esporte), é abordado por um estranho que lhe revela um segredo, o segredo de sua mulher. Corinne tinha algo a esconder e Adam não sabia por quê. Ele não compreendia porque ela precisava ter feito o que fez, e ao abordar a mulher ele não sabe o que pode acontecer com eles e com o casamento deles após aquela mentira. Tudo depende do que Corinne vai dizer, e ela marca um jantar para esclarecer os fatos, se explicar, mas Corinne não aparece e pede a Adam um tempo.


Adam até tenta dar a ela o tempo que ela pediu, mas ele é impulsionado a procurar uma resposta, buscar uma pista, descobrir onde está Corinne e porque ela fugiu.

Harlan Coben explora com profundidade o personagem de Adam, todas as suas dúvidas, seus motivos e sentimentos que o levam a enfrentar o desaparecimento de Corinne e querer de algum modo resgatar o que eles têm juntos, porque depois de muitos questionamentos, Adam sabe que ama a mulher e que os dois têm um casamento estável.

Enquanto procura por sua esposa e provas que possam levar até ela, ele tenta poupar os filhos, sem dar muitos detalhes do que está acontecendo, mas sabendo que eles estão sendo afetados pela ausência da mãe. E os filhos sabem que a mãe jamais iria embora e deixaria de atender aos seus telefonemas ou responder suas mensagens, o que dá a Adam mais motivos pra investigar, e apesar da pouca experiência no mundo virtual, Adam acha no Facebook uma foto onde aparece o “Estranho” que o abordou para contar o segredo de Corinne. Ele acredita que achando o “Estranho” achará a mulher.


Enquanto Adam corre atrás da verdade sobre o segredo e o desaparecimento da esposa, ele defende um velho policial que não quer ver sua casa no chão para não tirar a segurança da mulher que é doente e é ele quem ajuda Adam a encontrar o caminho para descobrir a verdade. Junto com Johanna Griffin, uma policial de outro condado que investiga a morte da melhor amiga, Heidi Dan, o protagonista vai em busca de Corinne e descobre que o “Estranho” andou conversando com outras pessoas, Suzanne Hope, Dan Medino, Michaela Siegel agora sabem a verdade.

Eu me identifiquei muito com o personagem de Adam principalmente quando Harlan explora todos os sentimentos que ele tem pelos filhos, todo amor, toda preocupação, a sua visão do casamento, do que pode ser perdoável e o que é perdoável e como dar aos filhos aquilo que eles precisam e tantas vezes os pais não podem ou não sabem dar e os filhos não se interessam em ter.

Não Fale Com Estranhos é um livro para se ler sem respirar, porque não tem como controlar a vontade de saber o que aconteceu com Corinne, principalmente quando se trata de Harlan, o autor dos livros onde tudo o que parece ser, não é, pelo menos na maioria das vezes.


Dados dos Livros

Título: Não fale com estranhos
Título original: The Stranger 
Autor: Harlan Coben

Marise
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

19 comentários:

  1. Oi Marise,
    Não lembro se já comentei com você mas acredita que não li nada do autor até hoje?
    Tenho alguns títulos dele para ler primeiro, mas gostei muito desse.
    Dica anotada.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jessica, acho que já falamos sobre isso sim. Eu gosto do livros dele, ele sempre tem uma surpresa no final.
      Obrigada por comentar.

      Excluir
  2. Olá!
    Eu também ainda não li uma obra do Harlan Coben, mas tenho muita vontade de ler "Cilada" e "Não conte a ninguém".
    Não fiquei tão cativado por esse livro, mas gostei do que você disse do autor explorar os sentimentos do Adam. Acho isso muito lindo, tocante nos livros.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sávio, Não Conte a Ninguém foi meu primeiro livro do Harlan e é simplesmente genial! Acho que se você ler vai se apegar a Harlan.
      Obrigada por comentar.

      Excluir
  3. Oi Mi e Marise, suas lindas, tudo bem com vocês?
    Que estranho é esse? Porque ele está falando com as pessoas sobre a mulher dele? Qual é a intenção dele? Isso é um jogo? O que ele vai ganhar com isso? E o que pode ser essa mentira a ponto de ela desaparecer? Nossa, realmente estou sem fôlego, mega curiosa, adoro livros policiais e todos elogiam muito essa autor. Sua resenha ficou ótima, não vejo a hora de ler.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cila, é isso ai, o livro mexe com a curiosidade com a gente, espero que você também goste.
      Obrigada por comentar.

      Excluir
  4. Oi!
    Confesso que Harlan Coben não me chama muito a atenção :/
    Não sei porque, mas os livros dele me passam uma impressão tipo Dan Brown e Nicholas Sparks, que você até consegue se surpreender com uns 3, mas depois disso não tem como deixar de notar que as estruturas são similares :/
    Não pretendo ler o livro em breve, mas que bom que a sua leitura foi proveitosa! Nada melhor do que amar um livro para sentir que foi um tempo bem empreendido, né?

    bjs
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bibs existe realmente uma fórmula básica que é, cara legal vê sua família ameaçada e luta para defendê-la, mas Harlan é um cara criativo e não fica só nesta, explora outros horizontes assim como te surpreende, pelo menos nos livros que já li dele. Nunca li Nicholas Sparks então não posso comparar e acho Dan Brown muito difícil e confuso, rsrsrs. Obrigada por comentar.

      Excluir
  5. Uau, que livro show! Eu não dei nada pela capa, mas lendo a resenha eu vejo o tão complexo e convidativo é o enredo. Simplesmente amei! Acho que daria uma chance ao livro justamente pelo diferencial, já que normalmente não leio livros desse tipo.
    Um abraço!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miriã eu leio de tudo um pouco, então este tipo de livro sempre me chama atenção. Obrigada por comentar.

      Excluir
  6. Nunca li nada desse autor, mas me interessei por esse livro, acho que já vi uma resenha sobre ele em outro blog e também elogiaram bastante, parece ser ótimo!
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, acho que o pessoal fã de Harlan vai gostar mesmo! Obrigada por comentar.

      Excluir
  7. Oii, nunca li nada do autor, e mesmo com essa sua resenha continuo achando que nunca lerei. Sei lá, os livros do Coben não me atraem.

    Beijos,
    Natália.

    www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natália, eu entendo, não é todo mundo que gosta mesmo. Eu gosto de tudo um pouco, então sempre caio de cabeça, rsrsrs. Obrigada por comentar.

      Excluir
  8. Olá, tudo bem? Estou me programando para ler um livro do autor, pois acho que vou precisar de um bom tempo livre para pegar o livro e só largar quando terminar, pois sei que os livros dele tem bastante mistério e eu vou ficar doida se não souber logo o final. Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler o livro!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  9. Oi, Marise

    Eu tenho dois livros do autor aqui, Seis Anos Depois e Que Falta Você Me Faz, mas ainda não li.
    Eu peguei spoiler sobre o segredo da Corinne, fiquei até bem chateada com a blogueira que soltou e nem avisou! Mas por mais que eu saiba, acredito que o mais importante seja o desenrolar dos acontecimentos. Estou curiosa para saber para onde ela foi e quais foram os motivos que a levaram a mentir sobre aquilo. Primeiro tenho que ler os dois que eu tenho aqui, depois compro esse.

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Marise,
    acredita que eu tenho três livros do Coben parados na estante? Infelizmente nenhum dos três é o livro que você resenhou, mas acho que irei começar a ler os livros dele o quanto antes.
    Adorei a sua resenha, você me deixou mais curiosa para ler o livro *--*
    Beijo*
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi
    até hoje só li dois livros desse autor e curti, esse parece ser bom e o que será que esse homem mistérios tem haver com a mulher dele, a escrita do autor é envolvente. Eu já vi em séries e filmes os personagens jogando Lacrosse em Teen Wolf eles jogam.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Adoro o Harlan Coben e to doido pra ler esse livro, adorei a capa brasileira e essa sinopse é muito boa. Espero gostar também <3

    http://leituraforadeserie.blogspot.com/2016/06/atualizando-wishlist.html

    ResponderExcluir