Mãe só há uma [Resenha do filme]



Anna Muylaert acaba de adicionar mais um filme à sua filmografia, Mãe Só Há Uma, e parece se estabelecer como uma de nossas grandes diretoras. Desde alguns episódios de Mundo da Lua dirigidos por ela nos anos 90, até o sucesso de Que Horas Ela Volta? no ano passado (premiado no Festival de Sundance e no de Berlim), a carreira dessa talentosa diretora/roteirista só tem a crescer. Conhecida talvez por retratar o cotidiano de pessoas que podem tanto ser a gente mesmo, ou um ou outro dos nossos vizinhos. 

Em Mãe Só Há Uma, Anna conta a história de uma família como outra qualquer, a família do adolescente Pierre (Naomi Nero). Ele mora com a irmã mais nova e a mãe, que não sabemos bem ao certo o que faz para manter os dois filhos. Pierre tem as típicas dúvidas de um adolescente confuso, principalmente no que tange sua sexualidade - ou não, já que parece bastante à vontade em como lida com o que sente. E quando nada mais parece acontecer, o primeiro twist da história chega como uma bomba na vida do rapaz e de sua irmã mais nova: o segredo que assombrava sua mãe finalmente é revelado. E mais do que mudar a rotina da família, a revelação será o fio condutor principal da trama e vai nos fazer rir, chorar, sentir vergonha alheia e, acima de tudo, questionar quão egoístas somos diante situações específicas da vida: por que não pode ser do jeito que eu quero? E não vai ser, para quase personagem algum. 


Quando Felipe/Pierre entra em cena, nós, os espectadores da história, queremos que ele aceite os fatos e trate bem as pessoas que praticamente invadem sua vida. No entanto, ele não quer, e talvez leve um tempo, e talvez nem aconteça. E não dá para não mencionar o fato de que o título do filme é reforçado quando percebemos que Anna deu duas personagens à mesma atriz, a ótima Daniela Nefussi. A narrativa ganha ainda mais força a partir da sequência da loja de roupas, nos provadores. Mas aí já estamos nos encaminhando ao momento derradeiro do filme, que de forma bastante peculiar e terna, nos faz crer que tudo vai ficar bem. 

Mais um trabalho de Anna Muylaert que vale a pena ser conferido. 



Dados do Filme
Título: Mãe só há uma
Ano: 2016

3.5/5.0

Cristiano Santos
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

22 comentários:

  1. Olá!
    Eu tenho lido coisas sobre o filme e quero muito assistir. Parece interessante, cheio de conflitos que me agradam num longa.

    B-jão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com
    Instagram: @vidaeletras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diego, recomendo. E tomara que tu goste!

      Excluir
  2. Gosto de temas que abordam a família, os adolescentes e suas dúvidas e inseguranças.
    Um filme que gostaria de assistir.

    ResponderExcluir
  3. Preciso assistir a esse filme. Adorei sua resenha e me deixou ainda com mais vontade.

    Beijos. 😘

    jovensmaesblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pô, obrigado, Francine. Tomara que goste ;)

      Excluir
  4. Eu não sabia desse filme. Seu texto me deixou bastante interessada. Faz um tempinho que não assisto um filme nesse estilo.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então chegou a hora, Luiza! tomara que goste. E obrigado!

      Excluir
  5. Adoro assistir filmes e fiquei bem curiosa quanto a esse. Só o nome já é bem chamativo por si só.

    Beijos
    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br - Participe do Top Comentarista. Lançamentos da DarkSide e da Arqueiro. Você escolhe qual quer ganhar.

    ResponderExcluir
  6. Oie Cristiano =)

    Não conhecia o filme, mas a premissa dele me chamou a atenção. Gosto de historias que tende mais para o lado do drama e esse parece o caso aqui.
    Dica anotada!

    Beijos e uma ótima semana para você;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ariane! Se assistir mesmo, volte pra contar o que achou ;)

      Excluir
  7. Oi, Cristiano! Eu não conhecia o filme. Gosto de nacionais assim, não aquelas comédias bobas cheias de atores globais. Vou conferir assim que der.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou exatamente o que achei! Se puder, volte e me diga o que achou. Valeu!

      Excluir
  8. vou ler com calma qd assistir. tenho acompanhado algumas entrevistas da muylaert sobre esse filme que quero ver. está fazendo muito sucesso em festivais. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, Pedrita, sucesso merecido, assista sim ;)

      Excluir
  9. Esse filme parece ser muito interessante, bem no estilo que eu gosto. Vou procurar pra assistir!
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Talvez eu assista a esse filme no cinema, mas depois de Que horas ela volta? as expectativas são enormes.

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que suas expectativas sejam correspondidas ;)

      Excluir