Cantando de galo [Resenha do filme]

Conferimos a Cabine de Imprensa Cantando de galo

Na minha estreia em cabines de imprensa, fui assistir essa animação mexicana sobre os animais de um sítio que lutam para salvar sua casa. Essa temática não é tão inédita, mas o jeito de contar e os detalhes fazem muita diferença, de modo que não dá para dizer que estamos vendo um reboot de Nem que a vaca tussa, por exemplo.

A história conta a jornada de Toto, um galinho que deseja ser boxeador e competir nas rinhas de galo da cidade. Quando sua casa está para ser vendida e a única forma de recuperá-la é apostando alto numa briga contra seu ídolo, Toto terá que vencer seus medos e treinar muito (num período de duas semanas) para salvar o sítio da bancarrota.

A animação não decepciona, tem boas piadas, bons personagens e é uma ótima lição de superação dos medos, mas por ser mexicana acho que ficou faltando falar mais da cultura local.

Os personagens cantam em espanhol, mas se não fosse por isso eu não desconfiaria que não é uma produção norte-americana. Tem alguns pedaços da história que são bem tradicionais no cinema dos EUA: a velha piada dos predadores que sempre tomam uma "coça" das presas, como acontece nos clássicos Tom e Jerry e Papa-léguas, a vitória depois de um período de auto-superação e um vilão trapaceiro, como a bruxa Úrsula de A pequena sereia. Em outras palavras, a equipe de produção investiu numa fórmula que funciona e cativa o público.

Acredito que os adultos que forem assistir com os filhos vão curtir também porque Cantando de Galo faz várias referências à filmes de ação (tipo os do Van Damme que passavam na Sessão da Tarde), desenhos antigos como Street Fighter e até mesmo aqueles filmes que estão no nosso coração como Karatê kid e Star Wars (além de piadinhas sobre "ervas" que imagino que os pimpolhos não vão entender). Por isso que recomendo para as crianças crescidas também.

Por último, gostaria de registrar que meu personagem favorito foi o ovinho de pato (no melhor estilo Humpty Dumpty) o maior responsável pelas referências comentadas, mas também o mais engraçadinho que ensinou o herói a seguir os próprios instintos e pensar como um pato. É claro que  a personagem Diz com seu charme de menina apaixonada e seu alter ego explosivo também era muito cativante, assim como o pai dela Galão Galazão todo metido com seus óculos escuros, mas os ovinhos roubaram a cena, com seus beijos nojentos e ideias exóticas.


Bom, acho que isso é tudo, gente! Um grande abraço para vocês e um bom filme!



Dados do Filme
Título: Cantando de Galo
Título original: Um gallo con muchos huevos
Ano de estreia no Brasil:2016
País: México
Direção: Gabriel Riva Palacio
Paris Filmes

Alê Lemos
Compartilhe no Google Plus

Sobre A Menina das Ideias

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

19 comentários:

  1. ooi!
    não conhecia o filme mas como sou louca por uma animação fiquei com certa vontade de assistir!
    bjs xxx
    http://lendocomela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que divertido parece esse filme, pena que não tenho criança para assistir comigo, vou esperar minha sobrinha crescer pra voltar a ver desenhos!

    Daily of Books

    ResponderExcluir
  3. Que divertido parece esse filme, pena que não tenho criança para assistir comigo, vou esperar minha sobrinha crescer pra voltar a ver desenhos!

    Daily of Books

    ResponderExcluir
  4. Ai, como adoro essas resenhas incríveis daqui! Tão bem detalhadas, emitindo bases reflexivas das obras e apresentando sempre uma variedade sensacional de gêneros cinemáticos. Adorei saber que o filme aborda as teses principais de maneiras tão singulares e com entrelinhas críticas bacanas para serem devoradas de diferentes formas a partir de idades e maturidades.

    www.semquases.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Ale, sua linda, tudo bem?
    Mas que fofo os personagens!!! Eu gosto de ver histórias originais, que mexam comigo. Mas as velhas fórmulas sempre funcionam comigo. A mensagem de superação, de vencer seus medos nunca será um clichê para mim, as pessoas precisam ouvir isso constantemente. Deve ser divertida a parte da luta. Dica mais do que anotada.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que demais! Sou apaixonada por filmes de desenho e com certeza vou assistir esse. <3

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Alê...
    Não conhecia esse filme, mas achei tão amorzinho, vou deixar anotadinho para esse fim de semana para assistir com os meus reizinhos.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi, Alê!
    Eu amo animações e faz um tempinho que não assisto alguma. Apesar de parecer bem clichêzinha, darei uma chance.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu sou aloca das animações e este parece ser ótimo.
    Quero ver também.

    www.donadegato.com
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Alê! Tudo bem? Ainda não conhecia essa animação, mas adorei conhecê-la. Espero vê-la em breve! :)

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, Alê.
    Esse filme parece ser bem divertido. Adoro uma boa animação. Adoro ainda mais quando está cheio de referências, como é o caso desse.
    Espero poder conferir em breve.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de agosto. Serão dois vencedores e um deles levará um vale compras!

    ResponderExcluir
  12. Gosto de animações, mesmo não sendo criança kkkk mas se for ver só dá adultos. Bjos!

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
  13. Eu não conhecia esse filme, mas pela sua resenha ele é bem fofo e divertido. Gostaria muito de assistir sim.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Confesso que não sou exatamente a maior fã de animações, nunca nem tinha visto essa anunciando. Mas achei legal de maneira geral!

    Beijos!

    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá, Alê.
    Esse não é o meu estilo de filme favorito, quando tenho tempo de assistir algum filme, prefiro suspense, mas gostei de saber que tem esse monte de referencias e por isso acho que vou dar uma chance.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  16. Olá, Alê!
    Animações sempre ganham nossos corações <3 #rimou Ainda mais quando apostam na fórmula tradicional de sucesso, mas como você falou, imagino que o filme perdeu a chance de se diferenciar um pouco, poderia ter incluído mesmo elementos da cultura mexicana.

    ENTRETANTO • INSTAGRAMTWITTER

    ResponderExcluir
  17. Sou apaixonada por animações, se deixar passo o dia assistindo kkk Amei a dica <3

    Venham conhecer (e seguir) o meu cantinho e curti a página no Facebook *-*
    Blog: Cantinho da Mari
    Facebook: Cantinho da Mari
    Instagram do blog: @cantiinhodamarii

    ResponderExcluir
  18. Oi Alê, eu sou a louca das animações, sempre assisto quando fico sabendo de algum. Esse eu não conhecia mas confesso que só pelo nome eu assistiria.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir