Eu sou as escolhas que faço [Resenha Literária]

"Como resolver o dilema entre o que o mundo espera de você e o que você quer do mundo."
Desde que nascemos, nossos pais e a comunidade em que vivemos nos ensinam as ideologias predominantes na sociedade e por isso nos direcionam para um caminho pré estabelecido. Elle Luna escreve para todas essas pessoas que seguiram esse caminho tão "seguro" e se sentiram extremamente encarcerados por ele a ponto de já não saberem mais quem são.

Em outras palavras, foi feito para mim (risos) uma pessoa totalmente confusa e infeliz com algumas escolhas que fez. Elle também era desse jeito e o livro surgiu da necessidade dela de encontrar seu real caminho: as artes plásticas.


Pensando em sua trajetória e suas frustrações, ela descobriu que não estava vivendo tudo o que sentia necessidade de viver porque não estava dando vazão aos próprios dons, e foi aí que ela entendeu que estava vivendo o caminho da segurança e não o da paixão. Em outras palavras, estava vivendo as expectativas de outras pessoas e não as dela, que ficavam caladinhas no fundo da sua mente.


É claro que ela não manda você largar tudo de uma hora para outra e viver de brisa até encontrar o seu sonho. Se você for rico e tiver condições tudo bem, mas se precisa pagar as contas, tenha em mente que seu emprego é para isso: sobreviver, mas ele não pode tirar todo seu tempo para se dedicar ao que é realmente importante.

Elle tenta nos guiar para a realização de nossos desejos por meio de exercícios e nos força a sair da zona de conforto, o que pode ser extremamente desconfortável, mas se você fizer direitinho vai sair transformado e motivado, mais até do que se só tivesse lido as citações de artistas e poetas que ela traz.

Desde a primeira página me senti em sintonia com a autora (principalmente porque a primeira coisa que fiz foi pegar umas tintas e fazer um quadro), os passos que ela deu, as coisas que sentia eram os mesmos que pelos quais passei: um verdadeiro descondicionamento onde abdiquei de valores externos para encontrar os meus próprios. Agora só me falta levantar voo.


Deixo vocês com algumas imagens do livro e todos os Harrys (nossas estrelas) possíveis para Elle. Um grande abraço!




Dados do Livro:

Título: Eu sou as escolhas que faço
Título Original: The Crossroads of Should and Must: Find and Follow Your Passion
Autora: Elle Luna



Alê Lemos
Compartilhe no Google Plus

Sobre A Menina das Ideias

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

25 comentários:

  1. Oi, Alê!
    Acho que é sempre bom ler um livro assim, que nos faça refletir! Esse eu ainda não conhecia, mas já gostei das frases!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii gosto de livros do gênero, realmente nos faz refletir, adorei a resenha!
    Beeijos
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Ale,
    Desde que vi esse livro, fiquei com muita vontade de adquiri-lo. Depois da sua resenha, já vou colocar na lista.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  4. Oie Alê =)

    A primeira frase de sua resenha já me deixou curiosa para conhecer mais do livro. As vezes me pego pensando justamente isso, o que mundo espera de mim e o que eu realmente espero dele.

    Gosto de livros que me fazem refletir e pelo visto é isso que encontramos em Eu sou as Escolhas que faço. Não costumo ler livros que essa pegada meio de "autoajuda", mas acho que esse merece uma chance.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não sou fã do gênero, mas como a autora não é psicologa acabou fazendo um livro menos pesado. Quer dizer eu me sentia um trapo depois de ler um livro assim, mas a Elle meio que só incentiva/motiva o leitor. Por isso acho que vale a pena.

      Excluir
  5. Oiiii Ale

    Sei que todo o livro tem algo de mensagem, mas eu gosto desses que trazem mesmo uma questão, que podem levar as pessoas a debater algo, ainda que consigo mesmas.
    Não conhecia esse livro, nem a autora, mas a dica é boa, pra quando queremos e precisamos algo diferente.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Achei interessante a proposta do livro. Parabens pela resenha!
    Abraço!
    http://leituraforadeserie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oiii, tudo bem?
    Adoro livros assim, que nos inspiram, que nos tiram da zona de conforto =D
    Ás vezes é muito difícil conciliar o que queremos daquilo que precisamos, mas é como você disse, o trabalho não pode nos tirar todo o tempo para fazermos o que amamos :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Alê, sua linda, tudo bem?
    Acho que todo mundo tem essa dúvida sobre o que realmente quer fazer, sobre o que realmente quer ser. Sempre iremos nos deparar com escolhas no nosso caminho e não temos como saber qual é a certa. Por isso é muito comum nos decepcionarmos, nos arrependermos e nos desviarmos do que realmente queríamos. Parece um bom livro para nos acordar. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Alê!
    Eu acho linda as diagramações de livros assim, mas infelizmente eles não fazem muito meu estilo :(
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  10. Oi, Alê!
    Essa livro é pra mim! A começar que essa capa e essa diagramação linda, né? mas pelo que você contou ele fala muito sobre as coisas que decidi recentemente, especialmente sobre separar quem eu sou do que o que eu faço para sobreviver (everyone must survive capitalism hahahahahahahah). Vou procurar por ele na amazon!

    bjs
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oii tudo bom? ainda não conhecia o livro, mais gostei da indicação!seguindo...

    Simplesmente Princesa
    Fan Page
    Bjnhs e sucesso sempre 💛

    ResponderExcluir
  12. Que indicação belíssima e motivacional! Adorei sentir que a autora traz uma noção de risco calculado, de viver intensamente não como algo relacionado a imprudência, mas ao sair da zona de conforto desistindo aos poucos, observando, analisando. Como sempre, a resenha tão bem detalhada já nos impulsiona a mais autoconhecimento e críticas feitas em releituras internas. Lindeza!

    www.semquases.com

    ResponderExcluir
  13. Olá, Alê.
    Geralmente não gosto muito de livros assim, mas a ideia da autora foi bem interessante, o que já deixa uma vontade de conferir a obra.
    Aliás, perceber que a obra realmente funciona no quesito de ajuda é interessante. Em geral, esses livros parecem ser feitos somente para vender.
    Boa dica. Ficarei de olho na obra.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de agosto. Serão dois vencedores e um deles levará um vale compras!

    ResponderExcluir
  14. Já comecei amando a primeira citação <3 fiquei apaixonada por esse livro, amo livro assim e não vejo a hora de comprar o meu.

    Bjs!

    Refúgio da Ju

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha desse livro, vontade aqui de ter um na minha estante!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi
    que bom que gostou da leitura, não é um tipo de livro que sou acostumada a ler, mas me interessei por esse por conta da resenha e das fotos.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Olá! Sabia que esse era um dos que eu desejei dos lançamentos de julho? Só que eu optei por "No Meio do Caminho Tinha um Amor" que me fez sentir como vc se sentiu lendo esse daí. Espero em breve ler "Eu sou as escolhas que faço" porque é o tipo de livro que, como vc descreveu, nos faz querer sair da zona de conforto. É aquele livro que parece que puxa a sua coberta numa manhã fria e fala: levanta! É hora de mudar! Hahaha
    Beijos

    http://curaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi, Alê, tudo bem?

    Esse livro parece ser bem inspirador. Além de, claro, ser bem reflexivo.
    Será que as escolhas que fazemos são realmente nossas escolhas?
    É um livro para se ler e parar para pensar, imagino.
    Parabéns pela resenha ^^

    Abraços!

    -Ricardo, Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
  19. Oi Alê, tudo bem?
    confesso que não gosto muito de livros do gênero, mas esse conseguiu chamar a minha atenção. Acho que é porque estou em um momento "preciso dar um rumo pra minha vida", e esse livro fala bem disso. Também adorei a diagramação, deixa a leitura mais dinâmica!

    Beijos,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi, Alê. Eu não conhecia o livro, mas acho muito legal os autores trocaram as experiências dele afim de ajudarmos em algum momento de nossas vidas. Confesso que o gênero não é meu favorito, mas gosto que tenha gostado.
    A capa é uma lindeza!
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Achei a premissa do livro bastante interessante.
    Muitas vezes deixamos de viver o que queremos para viver o que os outros esperam de nós.
    Curiosa para ler como a autora desenvolveu o tema.
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oi Ale,
    Esse livro me chamou a atenção desde o e-mail que recebi com as novidades da ed.Sextante no lançamento.
    Deixei de lado porque tinha outros que queria ler mais, porém sempre fico tentada a solicitá-lo. A edição está tão linda!
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Eu vi esse livro numa livraria e achei a ideia bem legal. Achei que fosse meio bobinho mas pelo jeito é bem interessante. Quero ter a oportunidade de le-lô mais pra frente. :)

    Beijos!
    http://www.prateleiracolorida.com.br/

    ResponderExcluir