O quinto evangelho [Resenha Literária]


Estou de volta às críticas literárias e dessa vez trago para vocês O quinto evangelho, obra apontada como um best-seller pelo New York Times e de autoria de Ian Caldwell (o mesmo que escreveu junto com Justin Thomason O enigma do quatro). 

O texto que pode assustar alguns pelo volume (são 558 páginas!), mas surpreende desde as primeiras linhas por apresentar uma leitura simples, leve e envolvente.  O enredo que apesar de se tratar de um tema bastante corrente, teorias conspiratórias sobre a história da igreja, conseguiu inovar e mais do que isso abordar de temas contemporâneos tais como: os impactos políticos, culturais e familiares por conta das fragmentações no interior da cristandade, pautas progressistas frente (como o casamento e a função social da mulher nas instituições religiosas) a uma leitura mais conservadora por parte da religião e, é claro, a descoberta de um documento (“um quinto evangelho”) que reforçaria a autenticidade do sudário de Turim. Todos esses elementos estarão marcados nas personagens centrais: os irmãos Alex Andreou e Simon. Desde criança ambos sentiram na pele os impactos de terem um pai cristão ortodoxo e uma mãe de origem católica, essas tensões permanecem com os caminhos que cada irmão toma: Alex se tornou um padre ortodoxo e Simon um padre católico. 



A trama ganha contornos de suspense com a morte, ainda nas primeiras páginas, de um amigo muito próximo da família, o curador de exposição de arte no museu do Vaticano Ugo Nogara. O principal suspeito da morte de Ugo será o próprio Simon que após horas de atraso para um jantar marcado com seu irmão e sobrinho, liga para Alex pedindo que ele o busque em uma área bastante deserta e suspeita da região. 

No decorrer da história o que percebemos é que as causas da morte de Ugo trazem por trás debates muito sérios quanto a alguns pontos centrais para a cristandade, entre eles a natureza dos quatro evangelhos. Esses debates contribuem para revelar que Ugo não morreu apenas por estar no lugar errado e na hora errada, mas porque havia feito uma descoberta problemática para a história da igreja. 

Bem é isso! 

Dados do Livro

Título:
Título original: The fifth gospel
Autor: Ian Caldwell 

Bjs, Ju 
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

28 comentários:

  1. Não conhecia o livro, mas gostei bastante da resenha, parece ser interessante, gosto de histórias desse tipo.
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia, mas parece ser um belo livro, aqueles do tipo que ensina lições.

    ✯ Instagram ✯♮​✯ Blog Eu Sendo Assim ✯✯ Fan Page ✯

    ResponderExcluir
  3. Olá! Eu não conhecia esse livro, mas parece ser bastante interessante.

    Um Beijo
    Beco das Leitoras

    ResponderExcluir
  4. Oie Ju =)

    Não conhecia o livro, mas li O Enigma do Quatro a muito anos e particularmente gostei bastante.
    Gosto de livros com esse toque de suspense. Pois apesar de seu um gênero que não leio muito eu gosto bastante. Adoro ir criando teorias rs...

    Dica anotada =)

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  5. Olá Ju,
    Uma trama envolvendo suspense cercado por temas políticos, culturais e religiosos me parece uma leitura notável.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Olá Ju,
    Não conhecia o livro, mas parece ser uma leitura interessante. Infelizmente ele não me chamou tanta a atenção para uma leitura nesse momento. Mas, dica anotada.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Te indiquei na TAG: Indicação Prêmio Dardos 2016

    http://cantaremverso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii Ju, bom dia! Tudo bem?
    Amei a resenha e fiquei muito curiosa para ler o livro, vou colocar na minha lista de compras do BF.
    Beijoos!

    Refúgio Da Ju

    ResponderExcluir
  9. Oie,
    não conhecia o livro e pela capa passaria longe, mas gostei da premissa e parece ser uma história interessante.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  10. Adoro um bom suspense!
    Gostei muito do post... Parabéns pela resenha.

    Beijos lindona!

    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
  11. Oi Mi e Ju, suas lindas, tudo bem com vocês?
    Eu adoro enredos com teorias conspiratórias sobre a Igreja, além de ser um assunto fascinante, mesmo que o abordem com o manto da ficção, acabam despertando reflexões, eu sempre fico fazendo perguntas, acabo pensando em coisas que nunca enxerguei antes. Por isso tenho certeza de que irei adorar esse livro, estou super curiosa para descobrir o motivo pelo qual o mataram. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Ju, tudo bem?
    Eu adoro esses livros de conspiração que envolvem religião :3 Acho que de tanto ler Dan Brown hahahhaha
    Realmente o número de páginas me assusta um pouco, pois prefiro livros curtos. Mas quando a história é boa, o número de páginas não importa tanto assim =D
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Ju!
    Assim como a Gi ali em cima, amo livros de conspiração que envolvem religião. Sempre nos surpreendem.
    Eu não conhecia esse e, apesar do número grandinho de páginas, arrisco dar uma chance.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  14. Olá, Ju.
    A premissa da obra é interessante e o autor parece entregar uma boa trama, envolvendo suspense e melhor do lado conspiratório sobre a igreja.
    Sem dúvidas, darei uma chance.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de agosto. Serão dois vencedores e um deles levará um vale compras!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Ju!
    Foi a primeira resenha que li desse livro, não conhecia o enredo, mas se é voltado para o suspense, já adicionei a minha lista de leitura... obrigada!

    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  16. Não é o tipo de livro, que eu tenho vontade de ler. Mas confesso, que eu achei o enredo muito interessante!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Nunca li livros sobre o tema, mas ele parece abordar pontos bem interessantes sobre o cristianismo. Adorei a resenha e vou tentar ler, sim!

    Com amor,
    Steph • Não é Berlim

    ResponderExcluir
  18. Oi, Ju, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas já me apaixonei! Gosto muito desse tipo de assunto de teorias da conspiração sobre a igreja e estilo Dan Brown. Já curti o livro e sua resenha! :3

    Abraços!

    -Ricardo, Blog Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
  19. Oie,
    Não conhecia a obra, mas gosto muito do tema e fiquei interessada na leitura.
    Sua resenha ficou muito boa e adorei a dica!!

    Beijos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi, Ju! Tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas realmente me assustou a quantidade de páginas que você disse. Mas gostei da premissa e é sempre curioso ara mim ler livros sobre a questão da igreja.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Olá Ju!
    Wow, que promessa de livro, hein? Gostei bastante, apesar de não ter certeza se estaria na vibe para começar uma obra assim, tão grossa e aparentemente complexa. Vou colocar na listinha pra ler num momento mais leve! Mas de fato parece ser um livro muito instigante e com uma história muito bem escrita. Adorei!

    Um beijo!
    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. O livro para ser otimo, mas nao sei se leria pela minha falta de tempo, to com tanto livro escolar pra ler que ta dificil ler livros por prazer mesmo haha to optando por livros menos, de no maximo 300 paginas pra eu ler rapido e dar preferencia pros academicos hahaha
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Lendo a resenha, ecos da mina infância passavam pela minha mente e aquela menininha (vulgo eu) falando "eita lelê!", pareceu estar na minha frente. Tudo isso porque fiquei exatamente com essa sensação (aquela que sentia quando alguma outra criança aprontava e estava 'sendo descoberta'): a do impacto. Adorei os detalhamentos e as entrelinhas já reflexiva que a análise trouxe. Senti que a obra é tão crítica e fundamental, tão repleta de cargas que precisam ser debatidas para uma ética mais universal... por isso já entrou para a wishlist!

    www.semquases.com

    ResponderExcluir
  24. Oiii Ju! Adorei a sua resenha! Acho muito interessante um livro que remete a essa temática de igrejas, principalmente a católica. Sou louca pelos livros do Dan Brown, você conhece? Eu indiquei o blog de vocês ao Prêmio Dardos Bloggers:
    http://www.apenasgiz.com.br/2016/08/beda-24-premio-dardos-bloggers.html?m=1

    ***Beijokas -Hellen Barros.

    Apenas Giz  |  Sorteio No Blog

    ResponderExcluir
  25. Oi Juliana, tudo bem?
    Sua resenha ficou ótima. Consegui visualizar completamente o que esperar da leitura. Não é o meu tipo habitual de leitura, mas vou anotar a dica.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  26. Oi Ju! Adorei sua forma de escrever, sério que eu queria ter esse dom de falar tudo sem falar muito, de mostrar a história fazendo o leitor decidir por si só se quer ou não o livro. Parabéns. Não conhecia a obra, mas o tema desperta meu interesse.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Muito interessante, parece ser um livro estilo Dan Brown.
    Parabéns pela resenha!

    Tiza | www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir