O sono da morte [Resenha do Filme]

Conferimos a Cabine de Imprensa de O sono da morte. Filme estreia dia 1º de setembro.

O diretor Mike Flanagan já havia prendido antes a minha atenção com o filme Oculus, de 2013, e mais ainda com o ótimo thriller Hush, do começo desse ano. Se tem algo que parece em ascensão é a ideia de trazer um pouco de poesia e imaginação quase lúdica a um gênero tão calcado em repetitivos e infinitos clichês: o terror.

Antes de mais nada, uns poucos sustos aqui e acolá não fazem exatamente de Before I Wake (com mais um título horroroso em português, O Sono da Morte, isso sim assusta!) um baita filme de horror. Para que você vá melhor preparado ao cinema afim de embarcar na viagem proposta por Flanagan, pense nos filmes que você já viu e que lidam com a perda de entes queridos e com o medo da rejeição. Basicamente o que o longa propõe é que nós espectadores possamos compartilhar da dor de suas duas principais personagens: Jessie (Kate Bosworth, Quebrando a banca) e o indiscutivelmente "que-vontade-de-cuidar-pro-resto-da-vida" Cody (Jacob Tremblay, O Quarto de Jack).


A conexão estabelecida entre os dois nasce exatamente da dor de cada um. Jessie luta contra a depressão inerente que assola uma mãe após a perda de um filho ainda criança - aliás, preste atenção às palavras do terapeuta de Jessie nas sessões em grupo que ela frequenta, tentando aliviar sua perda, ele pode dar ótimas e reveladoras dicas do caminho que a história toma mais adiante. Cody, após a perda da mãe ainda muito novo, parece lidar bem melhor com a rejeição que surge nas famílias que pretendem adotá-lo depois de um certo tempo com ele. 

Claro que nada é fácil para uma criança. É então que os sonhos e, principalmente, os pesadelos de Cody começam a traduzir a forma como ele enxerga o que acontece com ele. Pesadelos não são bonitos, incomodam e criam arrepios que percorrem o corpo. Porém, lembre-se que lá atrás, no primeiro pesadelo da saga Freddy Krueger, em 1984, Wes Craven já havia nos dado a preciosa dica do que fazer para não alimentarmos nossos medos e demônios: dê as costas aos monstros. Medo alimenta medo. Medo alimenta monstros. Não titubeie e nada acontecerá. Fácil? Não, claro que não, mas é mais ou menos disso que Flanagan tentou traduzir aqui. O problema é que nem sempre as soluções cinematográficas encontradas são as mais plausíveis, ou as que mais nos agradam. Temos vontade de fazer perguntas demais e isso estraga a "liberdade poética" que o diretor teve para traduzir os sentimentos de uma personagem como Cody.


O que resta então é ter consciência de que se o que você deseja é ser brutalmente assustado, esse não é o filme certo. Se você procura um pouco de consolo para dores que talvez só amenizem com o passar do tempo, O sono da morte pode vir a calhar - ainda que uns poucos sustos te peguem de jeito. 

3.5/5.0

Trailer:


Dados do Filme

Título: O sono da morte
Título Original: Before I Wake
Ano: 2016
Diretor: Mike Flanagan


Cristiano Santos
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

39 comentários:

  1. Ótima indicação, gostei muito da resenha. vou locar pra assistir. beijos

    Taynara Mello | Indicar Livros
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Taynara, o filme estreia nesta quinta, aproveita o fim de semana pra ver <3

      Bjs, Mi

      Excluir
  2. Olá!
    Que bela resenha, amei!
    Estou com uma vontade imensa de ver esse filme.
    Amo Jacob Tremblay, tenho vontade colocar em um potinho.
    Bem, sua resenha foi a primeira que li sobre, e percebi que é um pouco do que eu espero mesmo.
    Assim como você o autor já havia prendido a minha atenção!
    Beijos.

    Leitura de Lua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana! Que bacana que curtiu a resenha, fico muito feliz. Obrigado de vdd!

      Excluir
  3. Nossa, deu medo só de ver a foto do filme haha
    Fiquei curiosa para conferir... Adorei a resenha.

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran! Não tenha tanto medo assim, tente ver como um pesadelo, sabe? Se bem que... Hehehe, melhor ir assistir. E obrigado!

      Excluir
  4. Olá,
    Já assisti esse filme e gostei bastante.
    Não gostei de Oculus, então achei que seria uma porcaria tb...mas me surpreendeu a metáfora do Cancro Man e pans. E Jacob sempre um amorzinho. Até chorei nesse filme sos haha

    tenha uma ótima quarta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Nana! E que bacana que já viu! Isso é bom! Eu acho que o diretor faz tentativas mais... não sei, mais poéticas, sabe? Desde Oculus senti isso, o lance do espelho e tal. Mas valeu pelo comentário!

      Excluir
  5. Oie Cristiano =)

    Mas uma indicação sua que vou deixar passar rs... A primeira vista o trailer estava me dando a sensação que era mais um drama. Com toques sombrios, mas um drama. Porém não demorou muito para eu perceber que é um filme de terror rs... Deu susto aqui viu XDD

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha! Mas Ariane, no trailer eles exageram. Assista, vai por mim! Encare os momentos mais assustadores como pesadelos do Cody. Hehehe, mas enfim, sei como é ;)
      Valeu!

      Excluir
  6. Os filmes de terror estão cada vez mais escassos, as ideias estão cada vez mais fraca e a execução dos filmes cada vez mais pifia ... vou assistir esse logo logo, pra conferir.

    http://themikulak.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Cleber, mas lembre-se que esse não é um filme de terror ;)

      Excluir
  7. Oiee,
    Confesso que não faz muito o meu estilo de filme :|
    Esse eu vou deixar passar.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  8. Olá! Que ótima resenha!
    Tenho medo de filmes assim haha
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Melissa! Opa! Obrigado! Mas esse filme tem um toque diferente, acredite. Se puder, assista ;)

      Excluir
  9. Oi, Cristiano!
    Eu não sei se quero ver esse filme. Não é bem o que eu esperava inicialmente. Gosto de terror que assustam. E sim, antes que indague, eu grito. Hahaha...
    Eu acho esse ator mirim muito lindo e fofo. Dá vontade de criá-lo. Hehe
    Foi ótimo saber sua opinião.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Leandro! Hehehe, acho bem divertido ir ao cinema e ouvir os gritos de horror do povo! E o Jacob, além de talentoso, é realmente um fofo. Mas quem sabe um dia vc não assiste, já sabendo mais ou menos qualé, e gosta?
      Abraço!

      Excluir
  10. Respostas
    1. Eba! Se causou muita curiosidade, tá valendo.
      Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  11. Oie,
    não conhecia o filme, mas parece ser bom. Vou comentar com o meu marido. Acho que ele vai gostar

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Pega o maridão e corre pro cinema ;)
      Valeu, Vanessa!

      Excluir
  12. Não gosto muito de filmes de terror, mas esse parece ser diferente dos que já assisti, fiquei curiosa.
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca! Então, você talvez até leve uns sustinhos, mas a 'pegada' aqui é outra. Se assistir, volta pra falar ;)
      Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  13. Oi Cristiano! Adoro suas resenhas, sem mais rsrs.
    Não conhecia o filme, mas minha curiosidade foi atiçada. Qdo tiver oportunidade, com certeza verei.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia!
      Puxa, obrigado :)
      Fico feliz!
      E que vc curta o filme quando então vê-lo ;)

      Excluir
  14. Amei sua resenha, vou assistir sem dúvidas! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  15. Olá, Cristiano.
    Geralmente gosto de "sustões" e não de "sustinhos", mas dá para perceber que os objetivos do diretor foram outros. Então, apesar disso, acho que darei uma chance.
    Boa resenha, como sempre.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Muito obrigado, desbravador!
      Também sou fã de sustões, mas eu gosto de entrar na vibe do diretor, sabe? Acho que sair malhando um filme (ainda mais de ""terror"") é muito fácil - OK, tem uns que merecem. Mas volte e me diga o que achou!

      Excluir
  16. Olá, Cristiano.
    Fiquei interessada por causa do nome, mas não tem nada a ver como o original hehe. E acho que não é para mim, já que gosto de levar sustos em filmes do gênero.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      Entendi, mas assista, vai que você se leve mais sustos do que eu?!
      Hehehehe, valeu!

      Excluir
  17. Preciso assistir o filme e principalmente preciso de tempo rsrs
    ameii a resenha do filme!
    Beijos.

    Refúgio da Ju

    ResponderExcluir
  18. Eu não sabia que o cara de Hush estava envolvido nesse filme. Eu AMEI Hush, virou meu parâmetro para tudo hahahaha. Assistirei esse também, mesmo não tendo uma nota tão alta, pra ver no que vai dar. Valeu a dica :D

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe, assista e volte para eu saber o que vc achou, ourbravenewblog ;)

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir