A garota do calendário: Maio e Junho


Para quem não conhece a série A garota do calendário, Mia é uma jovem que para saldar a dívida do pai aceita trabalhar para a empresa de sua tia como acompanhante de luxo. A cada mês vemos Mia com um cliente diferente, se envolvendo com eles sexualmente ou não.

A exemplo de Março e Abril, em Maio a protagonista também não se relaciona sexualmente com seu cliente, um fotografo casado, mas Mia conhece o modelo Tai e ambos se dão muito bem, inclusive no sexo. Mia está no Havaí para uma campanha na qual será modelo para biquínis de tamanhos grandes, uma vez que ela possui bastante curvas. 


O cenário é lindo, Tai é bastante gentil com a Mia. É bem interessante conhecer um pouco da cultua local, mas pra mim não rolou muita química com o Tai. Até o Alec de Fevereiro me pareceu ser um personagem mais forte. No entanto, a Mia passa outras situações além do fato de ser acompanhante de luxo, o que me agradou bastante, isso porque sua irmã é pedida em casamento e Mia surta um pouco, afinal sua irmã é bem nova. Gosto da relação da protagonista com a Maddy, pois Mia é praticamente mãe da jovem.

Já em Junho a situação é mais inusitada ainda. Mia é acompanhante de um milionário, Warren, pai de um senador jovem, Aaron. O senhor não é um homem pervertido, como a gente pode pensar a princípio, na verdade, Warren não quer uma garota jovem a seu lado, mas precisa da Mia para passar a impressão de ser exatamente como os outros empresários. O milionário tem um caso com a governanta, mas não tem coragem de assumi-la e Mia mais uma vez interfere na vida de seus clientes. Vale destacar que pela primeira vez Audrey Carlan aborda o tema violência contra a mulher, o que me pareceu bem interessante. O único problema é que não concordei com as decisões da Mia no final do livro, entendi, mas não concordei.


Em Junho também vemos alguns personagens dos meses passados como Mason e Rachel (meus preferidos). Wes continua presente na vida da Mia, mas é visível que a relação dos dois está um tanto abalada. O que também só me deixa ainda mais curiosa em relação ao final dos dois.

Foi bom ver a Audrey Carlan abordando diversos temas e principalmente se aprofundando melhor na relação de Mia com a irmã. A série chega a metade do caminho e por tudo apresentado até aqui, particularmente, continuo confiando na jornada.

Dados do Livro

Título original: calendar Girl: May / Calendar Girl: June
Autora Audrey Carlan


Onde Comprar


Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

16 comentários:

  1. Bom ler sua resenha positiva, li só até março e estou decidindo se invisto nos demais...
    :)

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
  2. Olá moça! Li apenas os dois primeiros e gostei, não tanto como gostaria. Estava receosa em ler sua resenha com medo de spoilers, mas ficou simples e perfeito. As capas são lindas, a irmã dela foi pedida em casamento? looool, não sabia deste detalhe, porque me contaram algumas coisas, mas não isso!!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  3. Oi querida,
    Fico muito feliz que vc tenha gostado do livro, é sempre ótimo embarcar em uma leitura fofa que termina deixando um sorriso no rosto da gente. Acho a capa desse livro a coisa mais linda do mundo. Gostei muito da resenha e fiquei com medo da sua opinião dar alguns Spoilers, quero ler pra já!

    P.S suas fotos são lindas.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi,
    Confesso que saber que o sexo está sendo colocado de lado para a abordagem de outros temas me anima. Fizeram tanto barulho com a série que me senti decepcionada quando a li.
    Ainda não tenho coragem de continuar, mas vou pegar o ebook e deixar ali para quando reunir forças aproveitar a oportunidade e ler, rs.
    Beijos
    estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Li o primeiro e não gostei, infelizmente não gostei e com certeza não faz meu gênero.
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    A minha próxima leitura da série será a de Maio e eu fiquei bem animada com o fato dela não se envolver com todos os clientes, como você disse.
    Ainda não é uma série que eu posso colocar na minha lista de favoritos, mas é um ótimo passatempo. É gostoso ver a "evolução" da Mia.
    Eu adorei essa caneca <3

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  7. Não quero saber, a Mia tem que acabar com o Wes! Ainda não li os volumes resenhados, mas fiquei contente por saber que a autora aborda assuntos da atualidade e dá ênfase em situações além do sexo. No final das contas, a garota do calendário é uma série que chega a surpreender e ser agradável, né?

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E esqueci de comentar: Vou roubei essa caneca!!!! Adorei :D

      Excluir
  8. Oi,Mi
    Essa série virou febre né?! acho as capas dos livros um luxo. Eu ainda não comecei a ler essa série, pois tenho um pouco de dificuldade com New adults, mas agora que sei que a autora aborda temas que devem ser discutidos fiquei mais animada. Já baixei os livros e espero me surpreender.
    Beijos Mi

    Mia

    miaestanteliteraria.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda estou no primeiro e estou muito curiosa no quê essa história doida vai dar HAHAHA :)
    Gostei muito do post falando sobre essa série <3


    beeijão :)
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Michele.
    Eu não gosto dessa história, não suporto a protagonista, mas não consigo parar de ler os livros hehe. Já estou aqui com esses dois para começar a ler e vou ver se consigo ler até o final do mês, já que são bem curtinhos. Espero que nesses dê uma melhorada hehe. Você citou a relação das irmãs, tomara que a Mia não fique com inveja da irmã, porque da protagonista não espero mais nada hehe

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Olá Mi
    Ainda não comecei a ler a série, estou com os três primeiros livros aguardando numa listinha grande que preciso ler, mas confesso que não estou muito animada não, tenho receio de ser mais do mesmo, sabe?
    As capas são lindas, mas gostei mesmo foi da caneca rsrs ganhou meu coração <3
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  12. E enquanto você faz essa jornada com a Mia eu vou junto acompanhando resenhas e repercussão. A Mia é uma heroína romântica muito interessante, faz sexo sem amor, não aceita caridade ou doações e avança pela sua história intervindo positivamente nas histórias dos outros. Desejo a ela um final feliz, não conheço pessoalmente mas considero pacas! Boa Sorte na Jornada!

    ResponderExcluir
  13. Oi Michelle, tudo bem?
    Eu só li o primeiro e gostei muito. Me envolvi intensamente com a relação da Mia com Wess e estou na torcida pra que ele seja o cara que irá ficar com ela. Eu tenho até o mês de Abri, e preciso urgente comprar os que faltam, pois quero ler a série toda.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oii Mi,
    Primeiramente, juro que achei que já tinha comentado essa resenha, porque eu lembro de ter lido ela hahaha.
    Segundo, sabe que estou gostando desses livros? Não esperava gostar tanto, pq apesar de eu não ter nenhum preconceito com os eróticos, pelo contrario eu até gosto de ler, mas acho que está um pouquinho saturado esse gênero, é sempre a mesma história, mesmo dialogo, entretanto, em A Garota do Calendário, percebi que a autora deu uma inovada e o dialogo não é aquela coisa chula que vem acontecendo com os outros livros. Adorei de verdade, só que até agora li os dois primeiros volumes, não li o restante ainda pq estou esperando uma amiga para lermos juntas.

    Beijinhos!
    Amanhecer Literário

    ResponderExcluir
  15. Oii Mi,
    Primeiramente, juro que achei que já tinha comentado essa resenha, porque eu lembro de ter lido ela hahaha.
    Segundo, sabe que estou gostando desses livros? Não esperava gostar tanto, pq apesar de eu não ter nenhum preconceito com os eróticos, pelo contrario eu até gosto de ler, mas acho que está um pouquinho saturado esse gênero, é sempre a mesma história, mesmo dialogo, entretanto, em A Garota do Calendário, percebi que a autora deu uma inovada e o dialogo não é aquela coisa chula que vem acontecendo com os outros livros. Adorei de verdade, só que até agora li os dois primeiros volumes, não li o restante ainda pq estou esperando uma amiga para lermos juntas.

    Beijinhos!
    Amanhecer Literário

    ResponderExcluir