A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista [Resenha Literária]


*o texto abaixo é da nossa mais nova colaborada, Luiza Helena do excelente blog Balaio de Babados

Existem alguns livros na minha estante que separo para quando eu quero mudar, dar um tempo de certos gêneros literários. Dentre eles, se encontrava A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista.

O livro conta a história de Hadley que, por conta de quatro minutos, perdeu seu voo para Londres. Enquanto espera pelo próximo, ela conhece Oliver, um britânico que também está indo para Londres, no mesmo voo que o seu. Mal Hadley sabia que aqueles quatro minutos de atraso e as próximas 24h iriam mudar completamente sua vida.

Gente, o que são quatro minutos nessa vida? Não dá nem tempo do miojo ficar pronto, mas também pode ser a duração daquela música que mexe com você. Foram exatamente esses quatros minutos que fizeram os caminhos de Hadley e Oliver se cruzarem.

A história tem um quê de clichê sim, mas a escrita da autora é tão fluída que você vai lendo com um sorrisinho no rosto. Esse livro fixa bem nos “e se…” da vida. E essa é uma das perguntas que nem mesmo a resposta da vida, do universo e tudo mais é capaz de responder.


Hadley e Oliver foram dois personagens bem construídos. Hadley ainda não havia superado o fato que seu pai estava se casando com outra mulher e Oliver tinha problemas com seu pai. Como todo adolescente, eles ainda ressentem esses fatos, o que torna mais difícil a viagem. Ao longo do voo e do dia, os dois passam por situações que os forçam a encarar esses problemas e pensar se todo aquele ressentimento é válido.

Muitos podem se incomodar com o fato de todo o livro se passar em 24h. Bom, não tem aquele ditado que em 24h tudo pode acontecer? Então… Apesar do título e da capa darem a impressão de que o livro seria mais um romancezinho clichê de adolescente, Jennifer escreve uma história onde esse detalhe fica em segundo plano. O foco aqui é o perdão, reconciliação e, principalmente, aceitação de que mudanças acontecem e, algumas vezes, temos de aceita-las.

A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista é bem curtinho e em uma sentada é possível terminar a leitura. Eu recomendo a todos que estão procurando uma leitura leve e que te deixe com sorriso no rosto ao terminar.


Dados do Livro
Título: A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista
Autora: Jennifer E. Smith
Nota: 4,0/5,0


 Luiza Helena
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

37 comentários:

  1. Gostei muito da indicação da parceira Luiza, até passei lá pra conhecer o blog dela :)
    Gosto de livros assim, fáceis e gostosos de ler.

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
  2. Oii

    Esse livro deve ser muito fofo. É bem meu estilo! haha


    Beijooos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu, que legal ver você por aqui!
    Seja bem-vinda e como sempre trazendo uma ótima resenha.
    Acredita que nunca me interessei por este livro?
    Depois de ler sua resenha fiquei com uma mega vontade de conferir.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha, parece ser um livro muito bom. Mas eu não conhecia ele. Vou procurar.

    http://www.agindodiferente.com/

    ResponderExcluir

  5. Amei a resenha, esse livro é muito amorzinho <3
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Estou fugindo de qualquer coisa que tenha "amor" no titulo ... na caça por um policial dos bons, quem sabe vs não tenha uma dica, na próxima resenha.

    http://themikulak.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu, tudo bem?
    Adorei a resenha! Que legal que você é colunista aqui a partir de agora!
    Eu não tinha interesse no livro, mas ele parece tão levinho que deu vontade de ler.
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu!! Que bom ver você por aqui, adoro esse cantinho e tenho certeza que você vai acrescentar muito por aqui.
    Adorei a resenha ♥
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. 24 Horas são suficientes para mudar vidas, hehe.
    Tá aí um livro que estou maluuuuca para ler desde que lançou, minha vontade só cresce a cada resenha que leio...

    Bj, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha, batatinha. Deveras pós moderna.

    Blog fruits

    ResponderExcluir
  11. Acredito que deva sim ser um bom livro fiquei curiosa em um desmanche do livro que se passa em 24 horas...

    www.omundodadayse.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu!
    Muito gostosa essa leitura e tem um tempinho que já li. Adorei sua resenha e fiquei feliz em te ver aqui no O que tem na nossa estante.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Oi gente! Este livro é muito fofo, o meu preferido da autora. Ele nos faz pensar em como uma decisão diferente, um atraso ou mesmo chegar antecipadamente em um local pode mudar toda nossa vida. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  14. Oie Luiza =)

    Eu simplesmente amo esse livro <3! Um dos meus favoritos da vida rs...
    A história é super clichê, mas tudo acontece de uma forma tão fofa que é impossível não se apaixonar.


    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  15. Oi
    esse livro é fofo e leve, realmente ele tem seu clichê, mas as vezes ler livros assim é bom principalmente quando deixa o leitor com um sorriso no rosto.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, Lu!
    Esse livro está na minha estante, e quero muito lê-lo! Quando os livros são bem escritos nem nos importamos se é um clichê ou não. <3
    Vou querer lê-lo com certeza!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  17. olá tudo bem?

    Que resenha maravilhosa, eu adoro livros que se passa em Londres.
    principalmente romances clichês, já quero ler. beijos

    Taynara Mello | Indicar Livros
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Lu, sua linda, tudo bem?
    Que bom te encontrar aqui também, adorei essa novidade!!! Ah.... adoro quando os livros que me deixam sorrindo durante a leitura e me fazem suspirar!!! Geralmente são os mais românticos e inocentes. E pelo visto é bem intenso e com lindas mensagens também.Esse livro está na minha estante há algum tempo e você me deixou louca para passá-lo na frente dos outros. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Lu, vc por aqui?! hehe
    Amei a resenha, eu sou doida para ler este livro, ainda lerei sim, e adorei a resenha!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  20. Gosto muito de todas suas resenhas, amei sua parceria, vou conhecer o blog.. =)

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  21. Adorei a resenha!!! Esse livro é um dos meus favoritos! É curtinho, dá pra ler em uma tarde, tem uma leitura super fluida e, mesmo sendo clichê, tem uma história tão lindaaaaa! Amo forte <333

    Com amor,
    Steph • Não é Berlim

    ResponderExcluir
  22. Oiii Lu

    Livro super fofo e rápido de ler é comigo mesma. Levo a dica anotada. Adoro esse titulo sabia? É bem grande mas me chama a atenção

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  23. Me interessei pelo livro! Parece ser bem bonitinho.
    Beijos, Aline
    Verso Aleatório

    ResponderExcluir
  24. Ahhhhh, que legal ver a Lu aqui :)
    Eu ainda não li esse livro, mas tenho vontade =D
    E a resenha só aumentou minha vontade de ler. Adoro esses livros mais leves, são ótimos para curar ressacas literárias e para aqueles dias preguiçosos hahah
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá.
    Gostei da resenha! E esse livro é clichê, porém um clichê que derreteu meu coração rs. É incrível como quatro minutos podem mudar a vida de alguém, não é mesmo? :D

    Beijos. | * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  26. Oi Aline
    Eu li e achei fofo!
    É leve e super recomendo tb!!!



    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Luiza! Você também por aqui? hahaha
    Bom saber que o clichê fica um pouco de fora da obra. Isso, sem dúvidas, é um ponto mais do que positivo. Prefiro as obras que abordem temas mais profundos, como o perdão.
    Excelente resenha, como sempre.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderExcluir
  28. Ótima resenha e dica maravilhosa, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  29. Oi Luiza!
    Realmente a história é bem clichê,mas é tão gostosinha de ler...quando dei por mim já tinha acabado de ler o livro em poucas horas.
    Ótimo livro pra se distrair,se divertir em algumas horas.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Estou com esse livro na minha estante pra ler. Ontem mesmo fui começar um livro novo e pensei em pegá-lo, se eu tivesse lido essa resenha antes, com certeza teria escolhido ele. DROGA! HAHAHAHAHAH Mas pelo menos já sei qual é o próximo da lista!


    Beijos,
    Sara | Lendo com Amor
    www.lendocomamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  31. Oi Luiza,

    Eu cheguei a ter esse livro na minha estante, mas li um outro livro da autora, um que tem um porquinho na capa, tão mais ou menos que perdi o interesse. Já me falaram bem desse e mal também, então acho que vou esperar o filme e leio depois.

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
  32. Se até o clássico Ulysses, de James Joyce, se passa em 24 horas, por que não essa da Jennifer E. Smith, não?

    ResponderExcluir
  33. Se até o clássico Ulysses, de James Joyce, se passa em 24 horas, por que não essa da Jennifer E. Smith, não?

    ResponderExcluir
  34. Eu adorei. Li tudo de uma vez só, não dá vontade de parar.

    Beijossssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    ResponderExcluir