Daytripper [HQs]


Como seriam as várias mortes de um homem? O quão imprevisível pode ser a vida? Misturando lirismo e realismo mágico (como a obra foi definida pela crítica americana), conheçam a história de vida (e de mortes) de Brás de Oliveira Domingos contada de forma belíssima pelos quadrinistas gêmeos brasileiros Gabriel Bá e Fábio Moon.

Os autores conseguem manter uma linha tênue entre o amargo e o mágico sem deixar que percebamos qual história é a verdadeira, jogando-nos num universo de idas e vindas na vida de Brás, um escritor de obituários que sonha em seguir o exemplo do pai e ser um aclamado escritor de romances. Ele escreve sobre mortes e enquanto nós acompanhamos sua incansável busca existencial pela vida através de suas mortes.


Para bons machadianos e apreciadores das Memórias Póstumas de Brás Cubas, essa história é um prato cheio de referências e proximidades. Certamente uma das obras em quadrinhos que mais me fez refletir nos últimos anos, Daytripper nos mostra com a morte como podemos viver de uma forma otimista, porém não ingênua, resgatando-nos de nossos enjoos existências. Da mesma forma que o Brás de Machado, o Brás dos gêmeos Bá e Moon nos dá um simples recado com suas mortes: viva.


Daytripper foi publicada originalmente como uma mini-série pela Vertigo, selo adulto da DC Comics. Em 2011 ganhou vários prêmios de Melhor Mini Série (Eisner Awards – o “Oscar” dos quadrinhos, Harvey Awards, Eagle Awards, Publishers Weekly, Best Book of 2011 Amazon, HQMix), além de ter ficado por quatro semanas como o álbum mais vendido na lista do New York Times.

Dados do Livro:
Título: Daytripper
Roteiro e Arte: Gabriel Bá e Fábio moon
Ano de Publicação: 2011
Editora atual: Vertigo - Panini Comics


Gustavo Rodrigues
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

21 comentários:

  1. Sem dúvidas a Vertigo arrasou com essa publicação.
    Eu ainda não conhecia, mas parece um trabalho rico tanto em cultura quanto em detalhes.
    Perfeito!


    http://www.revelandosentimentos.com.br - Lançamento da Arqueiro a escolha do vencedor no Top Comentarista de Setembro. Participe e escolha seu livro!

    ResponderExcluir
  2. Todos os livros com esse tema (não sei esse, não quero generalizar, então, quase todos os livros com esse tema [...]) trazem a mensagem, que não deveríamos fazer coisas que depois nos arrependeríamos, e também, não deveríamos deixar de fazer o que queremos, porque depois vai ser tarde demais. Viva o hoje. Deixe o passado pra trás. Deixe o futuro trazer as coisas como devem ser.

    ✯ Instagram ✯♮​✯ Blog Eu Sendo Assim ✯✯ Fan Page ✯

    ResponderExcluir
  3. olá td bem?

    ainda não conhecia essa obra, e não tenho nenhum livro assim. já li muitos gibis quando criança , mas nunca comprei estilo roteiro. adorei a resenha. vou comprar. beijos

    Taynara MEllo | Indicar Livros
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Gustavo, tudo bem?
    É impressionante, mas só damos valor ao que importa quando perdemos. E acredito que por ele trabalhar de perto com a morte das pessoas, ele anseie pela vida, antes que ele vire o próximo obituário, não é mesmo? Parece ser uma leitura impactante, que me fará parar e refletir. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá :)
    Eu nunca li um HQ, sou meia perdida nesse assunto... Mas gostei do post e também de conhecer melhor essa história.

    Beijo
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
  6. Oi, Gustavo! Tudo bem? Adorei a resenha! Ainda não conhecia a HQ, mas adorei conhecê-la. Sempre leio elogios para os trabalhos do Fábio e do Gabriel e tenho muita vontade de ler algo deles.

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, Gustavo.

    Não conhecia a obra, mas a proposta em sí é muito boa.
    Eu comecei a ler Memórias Póstumas, mas infelizmente abandonei nas primeiras páginas,
    nem me lembro ao certo por qual motivo, então preciso dar uma nova chance e ver se desta vez vai.

    Beijos.
    http://cabinedeleitura.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi
    parece ser interessante os quadrinhos e com belas ilustrações, quando estava no ensino médio comecei a ler Memórias Póstumas por obrigação e nem terminei, mas ainda quero ler ele sem obrigação quem sabe eu gosto, legal que esse livros trás referências de Memórias Póstumas.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oii,
    Não conhecia o livro, mas achei interessante a obra.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  10. Bha, sempre quis ler Memórias Póstumas e agora para completar quero ler este quadrinho, tem todo jeito de ser muuuito bom, aliás, ando querendo pôr em dia minhas leituras de quadrinhos mesmo, dica anotada.

    Bj, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu amo Machado de Assis, adoro HQs e sua resenha me deixou seca para incluir Daytripper na minha coleção!!! Preciso!!!

    ResponderExcluir
  12. Oiii Gustavo! Confesso a você que não sou muito fã de HQ's mas por influência do meu namorado estou entrando mais nesse universo kkk gostei do enredo dessa obra, as memórias póstumas de Brás Cubas é um livro excelente e se essa daí for semelhante vale a pena!

    ***Beijokas -Hellen Barros.

    Apenas Giz

    ResponderExcluir
  13. Oi, Gustavo!
    Nunca li HQs, mas confesso que esse me deixou interessa, pois gostei bastante de Memórias Póstumas de Brás Cubas!
    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Curto bastante Brás Cubas, então fiquei bem curiosa sobre esse HQ, mesmo não sendo meu gênero preferido! Já li alguns da Vertigo e é impressionante o capricho deles!
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  15. Adoro Memórias Póstumas!
    Não costumo ler HQs, mas fiquei interessada em conhecer esse. Deve ser muito legal acompanhar a história e suas referências acompanhas de imagens.
    Beijo

    Blog Lua Soares

    ResponderExcluir
  16. Oi, Gustavo!
    Nunca tinha ouvido falar e agora preciso dessa HQ! Adorei o tema, a forma como você diz que foi abordado e o fato de ter um quê de Machado, simplesmente um dos meus autores preferidos!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  17. Adorei! Estou cativada pela história. Fala de morte e tem um jeitinho filosófico que me agrada.

    ResponderExcluir
  18. Oi! Eu sempre quis saber mais sobre Daytripper para decidir se iria ou não adquirir e gostei dos pontos citados na resenha, acho que traz uma história bem inteligente.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  19. Oie,
    a edição esta muito bonita, mas não compraria no momento, não é meu estilo de leitura, mas acho que meu cunhado iria adorar. Vou mostrar sua resenha para ele.
    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  20. Esse HQ encheu meus olhos. Em primeiro lugar, a premissa é simplesmente maravilhosa. A arte também não fica atrás, combinando perfeitamente com o enredo.
    Além disso, a sua menção ao Memórias Póstumas de Brás Cubas ganhou-me definitivamente. Esse é o meu livro favorito.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderExcluir
  21. Putz, deu mó vontade de ler. E confesso que não sou de HQs, mas ganhei uma de presente de aniversário de um amigo e adorei. Já li um Shakeaspeare em formato HQ tbm! E devorei as três (ou foram 4?!) do Scott Pilgrim.

    ResponderExcluir