O Lar das Crianças Peculiares [Resenha do Filme]

Conferimos a Cabine de Imprensa de O Lar das Crianças Peculiares. Filme estreia dia 29/06/2016

Jacob (Asa Butterfield) é um jovem que quando pequeno sempre acreditou nas histórias fantásticas de seu avô (Terence Stamp), mas conforme foi crescendo sua fé nelas acabaram por completo, exatamente como as crianças deixam de acreditar em Papai Noel ou Coelhinho da Páscoa. No entanto, quando seu avô morre misteriosamente, Jacob fica bastante desconfiado de que no fundo as histórias sempre foram verdadeiras.

Depois de ler uma carta da Miss Peregrine (Eva Green) para seu avô e aconselhado pela psiquiatra, Jacob embarca com seu pai para uma ilha pouco habitada a fim de encontrar o orfanato em que seu avô viveu, mas descobre que o lugar foi bombardeado durante a Segunda Guerra e ninguém sobreviveu. No entanto, a partir do segundo ato do filme, Jacob começa a explorar o local e assim descobre uma fenda que o leva para a época em que todos do orfanato ainda estão vivos.

Peregrine, a diretora do Orfanato, consegue criar um fenda no tempo, reiniciando o dia do bombardeio e assim as crianças nunca envelhecem. Junto com Jacob vamos conhecendo as peculiaridades de cada um e os inimigos que os perseguem, os etéreos, criaturas que se alimentam dos olhos dos peculiares. Descobrimos que Jacob não é um garoto tão comum como ele pensa que é, sendo o único que pode salvar as crianças de seus perseguidores.


Jane Goldman e Tim Burton conseguiram explorar bastante as peculiaridades de cada um, como Emma (Ella Purnell) que flutua e precisa usar sapatos de chumbos para permanecer no chão, sendo o par romântico do protagonista. Porém, de um tudo um pouco existe no orfanato: o manejo da terra, criação de fantoches, invisibilidade, grande força e peculiaridades mais estranhas como ter uma boca na nuca, projetar seus próprios sonhos, entre outros. 

O longa não é de ação, parte da narrativa tem um ritmo mais lento, mas cada criança acaba sendo essencial quando Peregrine está em risco, transformando toda a trama em uma sequências de ação na parte final do filme.

Em relação ao livro, não sou dessas que vai no cinema com a plaquinha de “No livro não é assim”, na verdade detesto esse tipo de coisa, já que uma adaptação não é cópia fiel e cópias fieis limitam a criatividade do roteirista e diretor. No entanto, acredito que quem leu o livro entenda um pouco melhor a questão de espaço e tempo criada por Ransom Riggs, mas também não se deve subestimar a capacidade dos espectadores de compreensão.

Claro que existem diferenças enormes no roteiro em relação ao livro, para começar Emma e Olivia têm suas peculiares invertidas na trama, personagens foram criados, outros cortados, uma parte da trama mudada e Peregrine é muito mais carismática no longa do que na obra original. Carisma que parece ter limitado a atuação de Eva Green.


Também vale destacar a ausência do toque de Tim Burton. O longa não tem o tom sombrio e macabro que muitas vezes vemos nos filmes do diretor e além de Eva Green, Samuel L. Jackson também poderia ter sido melhor explorado na trama. Por outro lado, gostei bastante de Finlay MacMillan como o ciumento Enoch.

O lar das crianças peculiares não deixa de ter o espirito do infantojuvenil, com um protagonista que precisa viver sua jornada e no meio do caminho encontra um amor ingênuo e uma grande aventura com bons toques de fantasia. Só não é um longa imprevisível ou impactante, mas peculiar de certa forma.

Trailer:


Dados do filme:
Título: O lar das crianças peculiares
Título original: Miss Peregrine's Home For Peculiar Children
Tim Burton
Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

29 comentários:

  1. Oii Mi

    Resenha ótima, mais uma vez. Falou tudo, não espere nada impactante ou cheio de ação como eles dão a impressão de ser no trailer, mas sim por algo peculiar, como o titulo do livro diz. Aliás, esse livro será uma das minhas próximas leituras e estou super curiosa pra conferir a escrita do Riggs.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha!!! To louca pra ver esse filme, na vdd eu não tinha visto o trailer nem resenha nem nada HAHAHAH, mas pelo nome e atores fiquei com vontade, agr então que li sua resenha, fiquei com mais vontade ainda. Que pena que tem esses lados negativos :(
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=N0EZo0RVD3Y

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi!
    Adorei a resenha!
    Estou bem curiosa pelo filme. Ainda não li o livro, mas tenho amigos que leram e comentaram sobre as diferenças que notaram já nos trailers. No entanto, sou como você. Acredito que existem coisas essenciais em uma adaptação, especialmente o lance de manter-se fiel ao clima do livro, mas deixar que a produção seja algo independente do livro e crie sua própria forma é algo muito legal.
    Estou louca para ver esse filme!

    bjs
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
  4. Queria tanto ter lido o livro antes da estréia. Vou ver se consigo me segurar e não sai correndo para o cinema mais próximo! kkkk

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A trama muda um pouco, então eu acho que vc pode ir no cinema sem ter lido o livro!

      Bjs, Mi

      Excluir
  5. Adorei tua resenha! Eu quero muito assistir o filme, mas quero ler o livro primeiro... rsrs
    Beijos!!!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mi!
    Quero assistir o filme! Tentei ler o livro e não consegui ler... A leitura não estava rolando e as imagens me incomodando. :(
    Gostei da sua resenha!!! Espero conseguir assistir!
    Beijos,
    Keth.
    Blog: www.parbataibooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu to achando que vou adorar! Mas pensaria como vc se tivesse lido o livro.

    ResponderExcluir
  8. Quero assistir esse filme ráaapido, só que antes preciso ler o livro. Isso é regrinha na vida vida rsrs. Penso que é bom, porque depois conseguimos avaliar bem as diferenças da adaptação e tal, julgar o filme se não for como no livro etc.
    Beijo
    www.leitorasvorazes.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Mi! Eu não li o livro ainda, comecei esta semana e só depois que terminar vou ver o filme. Eu esperava algo mais sombrio,mas a sua resenha é a segunda que leio que cita que Burton não foi por este caminho neste filme. Espero gostar do resultado.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Eu desde de que vi o lançamento do filme, fiquei com muita vontade de ler o livro e ver o filme com todos detalhes em mente. Felizmente ganhei o livro em um sorteio por ai e em breve pretendo le-lo, assim como também pretendo ver o filme e.e

    Abraços,

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
  11. vi hj uma chamada, amo o gênero, diretor. fiquei muito afim de ver. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  12. Oi Michele!
    Eu li o livro lá na época do lançamento e já não lembro dos detalhes, então acredito que eu não saberia comparar muito. Mas tenho curiosidade de assistir o filme por motivos de Tim Burton, rsrs. Adoro a estética do diretor e mesmo você dizendo que não é tão sombrio quanto outros filmes dele, quero conferir.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oie Mi =)

    *me abraça* Deus como eu fico p*** com esse povo cheio de mimimi. Mas no livro não é assim. Gente qual a parte que é uma adaptação que algumas pessoas não entenderam ainda?

    Tem coisas que no livro funcionam lindamente, mas nos filmes não. Apenas entendam isso e pronto.

    Não li os livros, por que sempre tive a sensação que eles eram mais voltados para o terror do que para a fantasia. Mas gostei do trailer do filme, e pretendo assistir ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  14. Oi
    eu ainda nem li o livro e estou louca para assistir o filme, que bom que o filme é legal mesmo não sendo impactante, legal que achou ele pelicular do seu jeito.
    Antes mesmo de entrar no blog já estava pensando se já tinha resenha do filme e tinha, adoro aqui e esses postes de filmes.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Adorei o livro e sinceramente eles fizeram um bom trabalho no filme.♥
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  16. Nossa Mi, também fico pê da vida quando as pessoas não sabem valorizar o olhar de roteiristas (dependendo da obra) independente dos originais. Mas, é bom ter mais pessoas como você que sabem apreciar a mesma arte em suas diferenças visuais. Ótima resenha. Beijão!

    bellapagina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Eu tô louca pra ver esse filme. Tenho o livro, mas ainda não li. Acho que vou ler antes de ver o filme, pra me inteirar melhor nessa questão de espaço e tempo.

    Arrasou na resenha do filme!!!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  18. oi flor tudo bem?
    já li varias resenha desse livro e todos faz uma expectativa em
    cima do livros, adorei a sua opinião, e esse trailer está lindo beijos

    Taynara Mello | Indicar Livros
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  19. Oi, Mi!
    Confesso que não tenho muita vontade de ler o livro, mas quero conferir a adaptação. Pelo menos eu já me apaixonei pela fotografia.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção 5 Anos de Além da Contracapa

    ResponderExcluir
  20. Olá, Mi.
    Parece ser um bom filme. Bom saber que o Tim conseguiu aprofundar os personagens, aproveitando o melhor de cada. Sem falar que a fotografia parece estar bem legal.
    Quero conferir.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderExcluir
  21. Como sempre, mais uma resenha bem balanceada, já agregando reflexões interessantes e nos levando a críticas cativadas para amplificações de olhares ao assistir. "O longa não é de ação, parte da narrativa tem um ritmo mais lento, mas cada criança acaba sendo essencial quando Peregrine está em risco, transformando toda a trama em uma sequências de ação na parte final do filme", o meu temor estava, justamente, em relação as lições possíveis da trama, no quesito de que o protagonista acabasse por ser "o salvador", e foi uma delícia ler na resenha essa parte que desconstrói tal noção. Adorei e fiquei ainda mais curiosa, mesmo que certos toques possíveis não estejam no direcionamento. <3

    www.semquases.com

    ResponderExcluir
  22. Esse não é o tipo de filme que eu costumo assistir. Mas confesso, que eu achei o enredo bem interessante, eu poderia dar uma chance sim. Gostei muito da sua resenha!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/2016/09/top-8-novidades-da-semana.html

    ResponderExcluir
  23. Oi Mi, sua linda, tudo bem?
    Jurava que nas mãos de Tim Burton o filme seria mais macabro, risos... Que pena que a atriz não desenvolveu todo o potencial esperado e que o filme não tem muita ação em determinados momentos. Mas é um enredo que me fascina, e acredito que a apresentação dos personagens e desse universo já vale a pena. Estou louca para ler o livro e ver o filme também. Sua crítica ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá, Mi. Eu não li o livro e ainda não assisti o filme, mas é uma grande decepção saber que não há o toque de Tim Burton, amo os filmes dele justamente por serem meio macabros. Mas eu gostaria sim de assistir o filme porque independente desses fatores citado acima, acredito que seja um longa que dá para passar o tempo e se divertir.
    Abraço! Participe do sorteio do livro Twist de Tom Grass

    ResponderExcluir
  25. Oi Mi!

    Ahhh ainda não vi, mas confesso que não esperava fidelidade ao livro, desde que vi o livro. E nem ligo muito, só espero que esteja bom. Um amigo meu viu se de decepcionou muito :( Uma pena. Confesso que estava mais animado pra vê, mas depois que esse meu colega viu, eu meio que perdi um pouco a vontade sabe, confio muito no gosto dele :(

    Vou tentar vê. Terminei de ler o livro essa semana e também não foi tudo isso que o povo tava dizendo, pelo menos não pra mim. Foi bem mediano. Acho que o romance é um ponto que me chateou um bocado.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Sinceramente, amei todos os livros. Me decepcionei muito com o filme, claro que é apenas inspirado no filme porém mesmo assim não gostei, faltou drama e aventura além do filme ser parado demais. Cada um tem sua opinião e a minha é essa ;)

    ResponderExcluir