Bienal do Livro de São Paulo 2016


Eu saí da Bienal do Livro de SP em 2014 com a plena consciência de que foi uma das bienais mais desorganizadas da história! Filas imensas, um calor infernal, sem lugar para cadeirantes, preços absurdos, a coisa foi tão feia que eu pensei várias vezes se iria nesta. Porém, ganhando credencial, vivendo em SP e podendo ir em um dia de semana, seria um absurdo uma viciada em livros não conferir a feira.

Posso dizer que em 2016 parece que os organizadores aprenderam um pouco desde a última Bienal. Os ônibus que levavam o público do metrô até o evento eram bastante cômodos, modernos, confortáveis e saiam com muita frequência. Tinha fila, claro, mas seria impossível não ter. Já na Bienal, o calor de dois anos atrás não era o mesmo, talvez pelo tempo ou não, só sei que não me senti sufocada. Consegui entrar nos estandes e não peguei fila. Sorte talvez de ter ido em dia de semana, ainda que em um dia de Kéfera e Larissa Manoela, que aliás, fez a garotada surtar com a presença dela! Adolescentes histéricos se aglomeram para ver a menina!


Consegui entrar em todos os estandes que eu queria, ao contrário de 2014 quando peguei fila de quase 2 horas só pra entrar e mais um hora pra pagar! 

Os preços continuam não sendo tão bons quanto eu acho que deveriam, achei alguns descontos, mas nada que uma boa promoção da Amazon não resolva. No entanto, saí de casa pra comprar 1 livro apenas e voltei com 7. E houve uma época em que eu pegava livro na biblioteca e não comprava nada, velhos tempos de uma pessoa não consumista!



Alguns estandes estavam bem simples, mas o da Rocco estava sensacional! Além de poder tirar foto como se estivéssemos na Estação de King's Cross, partindo para Hogwarts, a editora teve todo um cuidado em decorar o estande com objetos da saga do Harry Potter, o resultado ficou lindíssimo!


A Editora Arqueiro e o Grupo Editorial Record capricharam nos preços de alguns livros, consegui Doce Perdão por 15 reais! Dei pulinhos de alegria! E vi alguns romances de época da Arqueiro com bons preços.

Já o estande da Saraiva estava enorme, gigante para dizer a verdade. E gostei bastante de ver o Skoob com o Submarino, com uns brindes bem legais pra quem assistisse qualquer bate-papo que rolasse por lá.


Enfim, a Bienal de 2016 me pareceu bem melhor que a de 2014, com espaço para andar, com uma ampla praça de alimentação (ainda que os preços estejam salgados), muitos banheiros, fácil acesso para retirar a credencial e dessa vez não tenho muito o que reclamar. Pena que não consegui nenhuma senha para ver algum autor, quem sabe na próxima. 


Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

27 comentários:

  1. Sabe Mi, dessa vez eu até que tive vontade de da um pulo na Bienal!!!

    ResponderExcluir
  2. eu fui há uns anos e tive a mesma sensação. sem falar no calor infernal. aí não voltei mais. ah, isso era outra questão. os preços não são tão interessantes. eles até colocam 50%, mas o preço cheio está inchado, então de fato o desconto fica entre 20% e 10%. aí eu fico em casa. consigo descontos bem melhores na internet. ah, vc q gosta de bons preços, a fnac costuma surpreender. não sei se em todos os livros, talvez nos "encalhados". mas comprei livros baratíssimos. agora estou por fora. na crise desde janeiro, acho que o último livro que comprei foi no ano passado. nem iria a bienal pelo mesmo motivo. e ainda pagar transporte, entrada, alimentação. fica muito cara a brincadeira. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Oláá! Nunca fui para nenhuma bienal, mas pretendo ir para do RJ em breve. Aqui em Fortaleza tem, mas nada como a de SP, com estandes de editoras conhecidas e autores e preço bem salgados. Não me agrada em nada e para melhorar adiaram para o próximo ano, espero que seja para melhorar muita coisa!!

    Visite o BD > http://brilliantdiamond-bg.blogspot.com.br/
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mi!
    Pelos comentários, percebi que não valia tanto a pena comprar livros na Bienal.
    Eu tenho vontade de ir pela experiência mesmo.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do Balaio de Babados e Postando Trechos
    Participe da promoção 1 Ano de Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  5. Oi Mi, tudo bem?
    Eu gostaria de visitar alguma Bienal mais pelos autores convidados e pelas palestras, porque em termos de preço eu acho que não compraria muitos livros. Promoções da Submarino e da Amazon tão sempre rolando, então acho que não toparia pegar fila pra comprar.
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  6. Olá, Michele.
    Eu vi sua foto indo para Hogwarts lá no face e morri de inveja hehe. Li algumas postagens falando sobre a bienal e concordaram com você que esse ano estava mais organizado mesmo. É uma pena que não consegui ir, mas a próxima eu vou com certeza.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi! O estande da Rocco estava maravilhoso, realmente para quem curte HP foi uma festa. Adorei ter encontrado você.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Olá Michele,
    O estande da Rocco estava lindo. Acho que era o mais bonito de todos. Os melhores preços que vi foram na Arqueiro e no Grupo Editorial Record mesmo. Os outros estandes estavam caro.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Que coisa né, não sei como pode um evento ser tão desorganizado, todo o ano vejo o povo reclamando mesmo. Eu nunca fui (moro no RS) e nem sei se um dia irei... Iria só pela oportunidade de conhecer os autores, porque comprar mesmo eu nem cogito, já que sei que os preços não são convidativos...

    Bj, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Helloo, Mi! Tudo numa nice?!
    Eu moro super longe de todas essas coisas legais, em outro estado na verdade, então não deu para ir. Eu queria, no entanto, até estava juntando grana para isso, mas vida de universitário é muito puxada e não deu de qualquer jeito. Eu ouvi muita gente reclamando sobre 2014 ter sido ruim, mas as experiências de 2016 parecem ter sido melhores. Eu vi as fotos do estande da Rocco e achei uma lindeza só. Tenho certeza que não ia voltar para casa com poucos livros ahahah. Sempre que vou numa livraria meus olhos se enchem e eu fico com vontade de morar lá ahaha.
    Enfim, obrigada por compartilhar sua experiência. A oportunidade de conhecer outros autores que tanto admiramos.
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderExcluir
  11. eu nunca pude ir a bienal, mesmo morando no interior de SP... em 2014 eu estava terminando a faculdade e estava atolada, na do Rio 2015 eu novamente estava com problemas pessoais, agora estou com problemas pessoais, e não consegui me organizar... acho que eu tenho essa curiosidade, essa ilusão boa em torno do evento, conhecer pessoas, estantes, editoras e seus funcionários
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Que vontade de ir =(! Não foi dessa vez, quem sabe na próxima! Sobre o fato de que comprarmos mais do que deveríamos, concordo plenamente! Me acontece muito! Mas são livros, então dá para relevar um pouquinho! Suas fotos ficaram lindas!
    livrosemcena.blogspot.com

    obrigada pela visita =)

    ResponderExcluir
  13. A Bienal deve ser muito bacana né? Tenho muita vontade de ir :)
    Adorei os livros que comprou!

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente esse ano eu não pude ir por vários problemas e falta de tempo, mas irei com certeza ano que vem e deve ser uma experiência maravilhosa.♥
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  15. Oi Michele,
    Essa Bienal fez história na minha vida.
    Conheci minha autora preferida e ainda está difícil de acreditar, rs.
    Quanto coisa linda teve, né?
    Parabéns pela credencial, dá orgulho!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Nunca fui em uma Bienal. Quem sabe na proxima?
    Abraços
    www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Adorei essa comparação que você fez!! Ainda não tive oportunidade de ir em nenhuma Bienal, mas fico feliz em saber que muitos pontos deram uma melhorada.
    Estou apaixonada nessa edição de Melancia! Não deve nem dar vontade de tirar do saquinho, hahah.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  18. Olá, Mi.
    Que bom que houve uma melhora da última edição para essa. Contudo, dois problemas continuam me incomodando na Bienal: alguns preços altíssimos dos livros (já que promoções na internet, muitas vezes costumam oferecer preços bem menores) e uma praça de alimentação onde você vende um rim para comprar um lanche que nem é muito gostoso.
    Mas enfim, com o tempo vamos melhorando. Quem sabe a próxima não esteja ainda melhor.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Marcos, os preços ainda precisam melhorar e ninguém merece perder um rim pra comer rsrsrsrs

      Excluir
  19. Hey!!
    Eu também gostei beeeeeem mais desse ano que em 2014. Os corredores estavam maiores, não tinha fila para entrar nos estantes e se tinha não era absurdamente grande. Os ônibus também foram algo bem legal da parte deles.
    A única coisa que não curti foi a quantidade de youtubers em detrimento de grandes autores como Colleen Hoover, Colleen Houck, Marina Carvallho (que foi lá mas não teve um espaço de destaque) e muitos outros autores que eu gostaria de ver lá..
    Enfim, mas de modo geral gostei bastante!

    Beeijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi Mi!!! Ahhh eu adorei seu post, fiquei toda arrepiada aqui. Nunca fui ao evento, assim como a maioria dos leitores, fico morrendo de vontade ir. Ainda bem que os blogueiros que foram, vem compartilhar conosco sua visão do evento. Ótimo ter noção de como foi.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Mi,
    Concordo com você que melhorou em relação à Bienal de 2014, mas eles ainda tem muito mais para melhorar. A questão do calor continuou me incomodando, nos dias que estava mais quente, me senti sufocada; os preços tanto dos livros, quanto de alimentação também poderiam ser bem melhores. O que me salvou foi a Americanas, me alimentei de porcarias, mas pelo menos não deixei um rim lá. rs
    Mas com relação ao transporte e ao credenciamento, não tenho do reclamar, melhoraram bastante.
    Já estou ansiosa pela próxima. Quem sabe não nos conhecemos? :)
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Olá, Mi.
    Eu não fui na Bienal de 2014 então não tenho muito como comparar, mas posso dizer que tive uma experiência bem bacana com a desse ano. Conheci muitos autores e blogueiros, tirei muitas fotos.
    O estande da Rocco estava incrível e eu dei sorte de ter ido no primeiro dia, que estava mais vazio e consegui tirar foto na plataforma 3/4 do HP. O estande da Saraiva era o maior! Impressionante mesmo. Também não achei os preços muito bons, mas o Submarino caprichou nos descontos, como sempre.
    Abraços.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. Concordo com vc, a Bienal de 2014 foi umas das piores experiencias de eventos literarios desorganizados.

    Esse ano eu também fui e amei, só não consegui tirar foto no stand da Rocco, no qual a fila estava sempre gigantesca. rs

    Fiquei louca com a sua ecobag do skoob. Tentei tanto conseguir tanto ela quando de HP, mas foi impossivel, infelizmente.

    Beijinhos, adorei o layout e o conteúdo do seu blog e já estou seguindo.

    Débora | www.emcadapagina.com

    ResponderExcluir