Animais Noturnos [Resenha do Filme]

Conferimos a Cabine de Imprensa de Animais Noturnos.

Susan (Amy Adams) é uma artista de sucesso, casada, tem uma filha e um dia recebe misteriosamente um livro escrito pelo ex-marido. A premissa parece simples, mas nada no longa Animais Noturnos é simples. 

O filme já começa com uma cena de introdução que serve visivelmente para chamar atenção: mulheres muito acima do peso nuas e dançando. Não são modelos plus size, são mulheres com muito excesso de pele e peso, usadas na exposição da galeria de Susan, mostrando seu sucesso, algo que não tinha quando estava com seu primeiro marido, o escritor Edward (Jake Gyllenhaal). À medida em que Susan vai lendo o livro do ex-marido, vamos tendo cenas de flashbacks com o casal, mostrando os motivos da separação e o quanto a protagonista o considerava fraco. Toda a expectativa é construída para uma possível mesclas das histórias: a do livro e da vida de Susan, mas as histórias não se intercalam como esperamos. 

No livro, Tony (Jake Gyllenhaal) é um homem que estava viajando à noite com sua mulher e filha, numa estrada deserta e são encurralados por três homens. Todo o suspense e angustia que a família vive são passados com brilhantismo e a sensação de desespero e sufoco é evidente. O que ocorre na estrada marca para sempre a vida de Tony, que depois de muito tempo ainda conta com a ajuda do Xerife local para buscar pelos homens daquela noite. Paralelo a isso, vamos entendendo a vida vazia de Susan, que talvez influenciada pela mãe que detesta, ou simplesmente por ser mesmo uma mulher supérflua, nunca conseguiu enxergar nenhum talento no marido e acaba magoando-o profundamente. 


É interessante notar que Susan é rodeada por poucas cores, numa estética que dialoga com o vazio de sua vida, sem emoção. As poucas cores que aparecem são escuras e também combinam com a personagem. E conforme Susan vai lendo a história de Tony, começa a entender que fez escolhas erradas na vida. 

Há uma similaridade entre a protagonista do filme e o protagonista do longa e não à toa o livro em que o filme foi baseado se chame justamente Tony & Susan. Porém, também existem semelhanças entre o criador e sua obra, já que Edward e Tony são personagens aparentemente fracos, covardes, mas o livro de Edward talvez seja sua vingança em relação a Susan, bem como Tony também tem sua própria vingança. Provavelmente para mostrar que o tema realmente permeia o livro, em um determinado momento aparece um quadro escrito revenge. Infelizmente, a cena parece que só existe para assustar o espectador, sem muita ligação com a história. Aliás, muitas cenas poderiam ter sido cortadas facilmente do longa, mas nem por isso deixa de mostrar a qualidade da direção de Tom Ford. Os ângulos da câmera na face de Susan, mostrando a personagem jovem e depois mais velha, sua amargura e infelicidade sob uma camada de beleza aparente, tudo perfeito.


Amy Adams está excelente no seu papel e Jake Gyllenhaal conseguiu interpretar dois papéis que apesar de semelhantes em alguns momentos também são diferentes. Tony não é culpado pelo o que acontece com sua família, mas o xerife funciona quase como um a voz da consciência, seus questionamentos são precisos: eles não estavam armados? Por que você não foi com eles? Será que Tony defendeu sua família com afinco? Será que ele não foi covarde? O que o resta para Tony e Susan no final das contas? O que resta para uma pessoa em que a família está ausente, em diversos tipos de ausência? Tony é a metáfora da vida de Edward ou de Susan? 


Em suma, Animais noturnos é um suspense, um thriller psicológico criado de uma forma que nos prende do início ao fim. Os personagens possuem várias camadas de profundidade, todas devidamente exploradas na medida certa. Não temos tudo mastigado e assim vamos chegando a nossas próprias conclusões ao longo do filme. É um tipo de longa que rever vale a pena porque com toda certeza vamos encontrar mais pistas do que aquelas que são claramente mostradas. 

Trailer:

FICHA TÉCNICA

Título: Animais Noturnos
Título Original: Nocturnal Animals
Diretor: Tom Ford
Data do Lançamento no Brasil: 29 de dezembro de 2016

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

25 comentários:

  1. Oi, Mi!
    Espero que o filme seja melhor que o livro hahahah Vi algumas resenhas dizendo que o livro era muuuuito parado e ruim mesmo hahahhaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário
    Participe da promoção de três anos de Um Oceano de Histórias
    Participe do Sorteio de Final de Ano

    ResponderExcluir
  2. Caramba.. surpreendente este livro,.. acho que o filme sera muito bom.tambem
    Gostei muito da sua resenha
    Ameii
    Bjinhos
    Só os Loucos Sentem
    Instagram
    Fan Page
    Google +

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi, sua linda, tudo bem?
    Estava curiosa sobre o filme, pois eu tenho o livro na minha estante. E nossa, adorei o seu texto. A forma como você enxergou as nuances dos personagens foi perfeita!!! Eu sempre procuro pelos filmes da Amy Adams, gosto muito da atuação dela. Não vejo a hora de ver.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi
    Eu não havia lido nada sobre o filme e sua resenha me deixou desejando mt assistir!
    Vou anotar aqui ppoder conferir!!!

    Bjooooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não vi o filme porque não tinha me chamado atenção. Agora com essa resenha eu já mudei minha opinião e fiquei com vontade de ver!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi flor, não conhecia esse livro, mas parece muito bom, sua resenha me atraiu!!!
    Beijos Michele, e que em 2017 seu blog continue nos inspirando e criando sempre o desejo e o hábito pela leitura!
    😘 Feliz 2017
    Minhas Inspirações

    ResponderExcluir
  7. Eu não conhecia nem o livro e nem o filme. Mas eu achei o enredo muito interessante e eu adoro os atores que protagonizam o filme e por causa deles, eu gostaria de assistir sim. Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Parece ser um filme muito bom, ein?! Não sabia dele ainda... Um feliz ano novo para você, viu?!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não vi esse filme mas estou morrendo de vontade. Esse ar de mistério chamou muito a minha atenção e parece ser aquele tipo de filme que realmente prende quem está assistindo. Quero ver logo.
    Beijinhos ♥

    Contadora de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Ainda não conhecia o filme! Nossa, fiquei encantada após sua resenha!
    Beijos,
    https://teattimee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Mi, eu só tinha visto o trailer do filme mas não uma resenha dele.
    Achei bem legal, e acho que vale a pena assistir.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  12. O filme nao me chamou muito atenção, mas gostei muito do seu ponto de vista :D
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Como eu tenho uma lista enorme de filmes pra ver eu vi o poster desse filme, achei que era de terror e ignorei ele heuheuhehueuh Mas agora que descobri que é suspense/thriller já quero e quero ver como são trabalhadas as cores na vida da protagonista!

    https://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Mi, tudo bem?

    O filme chamou muito minha atenção, é o tipo que gosto e parece ter uma bela reflexão. Parece ser bem forte, com uma mensagem clara. Talvez os personagens me irritassem um pouco, mas quero muito assistir esse filme.

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  15. Oi, Michele!
    Eu nunca havia parado para ler a sinopse do livro e achava que se tratava de um romance. Claramente iria quebrar a cara se tivesse lido.
    Não sabia que havia sido adaptado para o cinema. Gostei do elenco e creio que o filme seja muito bom. Adoro Thrillers psicológicos. Espero poder ler o livro e ver o filme muito em breve.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi querida,
    Achei a resenha do livro interessante, mas nunca tinha ouvido falar.
    Desejo a você um feliz ano novo!
    beijos
    Blog Entre Garotas

    ResponderExcluir
  17. Eu já quis ler esse livro, mas andei vendo algumas resenhas que não me agradaram... Mas mesmo assim estou super curiosa com ele, e agora quero ver o filme também..rsrs Beijos!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  18. Oi Mi! Eu nunca tinha dado atenção para o livro até ver que teria o filme, aí sim percebi o quanto a história é complexa. Eu já estava animada, depois destes comentários quero ver logo.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  19. Ooi Mi ainda não conhecia o livro, mas achei bem interessante , vou colocar na lista de 2017 ^^
    beeijos boas festas
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi, Mi! Apesar de ter lido alguns comentários não tão positivos sobre o livro, faz tempo que quero lê-lo. Estou tão por fora das coisas que nem sabia que tinha virado filme! Hahahahah! Adoro thriller psicológico, vou acabar assistindo ao filme mesmo sem ter lido o livro.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  21. OIII, MI!
    Acredita que eu não conhecia nem o livro? kkkk Parece ser uma obra interessante, mas não li muito sobre thrillers psicológicos, então acho que vou procurar o livro primeiro! Adorei a resenha!
    Boas festas e feliz ano novo! Beijos!
    Borboletas de Papel | fanpage - twitter - instagram

    ResponderExcluir
  22. Oi Michele!
    Não li o livro e também não sabia do filme, mas veria só pelo casal de atores, adoro esses dois. A Amy particularmente arrasa!

    Feliz ano novo :)
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  23. O filme, assisti ontem, é bom, não ótimo, mas realmente prende e a forma como se desenvolve o tema central, que é o termino de um relacionamento de maneira conturbada e abrupta, onde um é renegado pelo outro, porem os dois se amam, cada um de um jeito, é bastante criativa.
    Em alguns momentos, se arrasta um pouco, mas no todo é um drama que te prende a atenção.
    Vale muito assistir.

    ResponderExcluir
  24. A maioria dos filmes Jake Gyllenhaal sempre gostei. Isso não faz de “Animais Noturnos” um filme enfadonho ou desinteressante. O fato é que as duas tramas chamam a atenção, embora a história do livro seja muito mais intensa – e valeria um filme apenas sobre ela! Além disso, os cortes que intercalam as tramas são muito bem orquestrados, e aqui vale dar destaque aos match cuts que aumentam ainda mais a fluidez da narrativa e as lembranças da protagonista.

    ResponderExcluir