Armas na Mesa [Resenha do Filme]


Jamais pensei que o diretor John Madden abandonaria as heroínas insossas de Shakespeare Apaixonado e A Prova (ambas interpretadas pela também insossa Gwyneth Paltrow) e surpreenderia com uma protagonista furiosa em seu novo e melhor trabalho, Miss Sloane (cujo título nacional, Armas na Mesa, pode até fazer algum sentido na reta final da história). 

Jessica Chastain, em excelente interpretação, é Elizabeth Sloane, uma lobista de Washington que se recusa a trabalhar numa emenda de liberação de armas de fogo e decide contra-atacar com um projeto que tornaria mais rígidas as leis para quem deseja adquiri-las. Pede demissão e leva consigo quase toda a sua equipe. Destemida e sem escrúpulos, Miss Sloane não dorme, não tem amigos, nem marido e nem família, leva uma vida burguesa e ainda conta com os serviços de um garoto de programa quando bem entender. Ou seja, faz tudo pela carreira, e ao invés de se tornar uma personagem detestável, somos induzidos pela narrativa a admirar sua determinação, pois como ela mesma diz “Existem duas vontades, a minha e a sua e é claro que a minha deve prevalecer”. Tanto ela quanto a personagem Michele Leblanc (Isabelle Huppert em Elle) foram definidas como sociopatas por alguns críticos, mas, num mundo misógino, machista e cruel, Princesas de Contos de Fada não sobreviveriam... E não é contraditório uma personagem tão “perversa” querer que a população seja desarmada? 


O filme não dá essa resposta e a polêmica então se instaura. A exemplo da personagem Annalise Keating (Viola Davis na série How to get away with Murder), Sloane manipula todos a sua volta e ao mesmo tempo em que acompanhamos um empolgante jogo de gato e rato, vamos conhecendo um pouco do sistema político norte-americano, o que cai muito bem nesses tempos de ascensão da direita política no mundo. Mesmo com uma verdadeira montanha-russa de reviravoltas, em nenhum momento o espectador tem sua inteligência subestimada, tudo se encaixa de maneira surpreendente e nada é previsível. O roteiro segue de maneira quase vertiginosa, dando mais ênfase aos embates dos personagens do que os detalhes técnicos das leis, o que torna a narrativa menos didática. 


Jessica foi indicada ao Globo de Ouro, mas foi esquecida pelo Oscar, assim como a ótima Gugu Mbatha-Raw, cujo personagem tem grande importância para a trama. A fotografia é linda, os cenários são coerentes com a história, a trilha sonora é de qualidade e até o som e a montagem são bem cuidados. Talvez pelo tema polêmico, a obra passou longe de premiações importantes, porém, merece ser vista e discutida, já que o tema do desarmamento não é algo bem resolvido em lugar nenhum do mundo. Já a construção da personagem principal pode gerar um certo incômodo, afinal, mulheres fortes quando retratadas no cinema devem seguir essa linha? As duas únicas opções seriam Scarlet O´Hara ou Melanie Wilkes? E um equilíbrio entre as duas, seria possível?

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: Armas na Mesa
Título Original: Miss Sloane
Diretor: John Madden
Data do lançamento no Brasil: 02 de fevereiro de 2017

Italo Morelli
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

10 comentários:

  1. Oi, Italo!
    Eu não conhecia o título, mas confesso que o filme não faz muito meu gênero. Até assistiria só para ter uma opinião e até compreender melhor o tema proposto na trama, mas creio que, talvez, não seria um entretenimento total para mim.
    Gostei de saber sua opinião. Eu até gosto de Shakespeare Apaixonado e da Gwyneth. Hehe
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Italo. Amo filmes com personagens femininas que não seguem o estereótipo dado as mulheres. Existem mulheres ambiciosas também e que sabem lidar muito bem com "mundo dos homens".
    Amo a Jessica e sua resenha me fez ficar mais curiosa para assistir ao filme.

    ResponderExcluir
  3. Oii,
    Não conhecia o filme, mas gostei bastante da premissa. Parece ser uma personagem bem interessante.
    Dica anotada.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Amo a Chastain, então, estou super ansiosa para assistir esse filme
    Morrendo de rir com a Gwyneth insossa =x HAHAHA

    tenha uma ótima quarta :D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  5. Oi! Parabéns pela resenha! Fiquei curiosa para conhecer essa mulher que vai contra a todos os esteriótipos. Realmente filmes assim passam longe das premiações. Bjos ♥️

    Click Literário 

    ResponderExcluir
  6. Oi Italo!
    Já tinha ouvido falar desse filme, mas acabei nem dando muita bola por não aparecer no Oscar.
    Curti a review do filme vou tentar assistir ele.

    Bjs!
    www.auniversitaria.com

    ResponderExcluir
  7. Gosto de personagem mulher com a personalidade forte, que possa ter autoridade assim como os homens, vim a procura de uma recomendação pra assistir agora, e decidi que vai ser esse, obrigada por recomendar e fazer uma resenha tão maravilhosa como essa beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  8. Não sou tão apaixonada por filmes, prefiro séries, então tenho que me interessar muito para querer assistir. Gostei da questão de usar Annalise, que é a personagem de uma das minhas séries favoritas! Acho que vou assistir!
    Adorei seu blog, estou seguindo!
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  9. Oi, Italo. Que enredo interessante! Eu não sou muito ligada a filmes políticos e confesso que mal sei o que um lobista faz, mas gostei muito das características da personagem principal. Geralmente mulheres assim, que acabam manipulando para terem tudo o que querem me dão raiva, mas acho que é a determinação dela, como você mesmo disse, que cativa o expectador. Agora estou bem curiosa para assistir!
    Beijo, Leitora Encantada
    Promoção 4 anos de blog Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
  10. Oi, Italo!
    Lendo seu texto, eu tenho a certeza que meu namorado iria adorar esse filme! E eu também.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir