As duas candeias e as pérolas do céu [Resenha Literária]


Em As duas candeias e as pérolas do céu o escritor João Bosco de Sousa e a ilustradora Vivian Saad realizaram o feito de juntar de maneira muito gostosa coisas apaixonantes como uma boa lenda, a cultura árabe e o complicado tecido das relações familiares, entregando ao público um livro com tudo para encantar o jovem leitor.

Nele nós vamos conhecer a história de uma família formada por um viúvo idoso e sua filha Alnitak, que vivem isolados em uma ilha remota até o dia no qual um homem misterioso aparece vindo do mar. Khidr rapidamente se revela uma pessoa adorável e da união dele com Alnitak nascem duas meninas, Mintaka e Alnilan,  moças preciosas e dotadas de belas vozes.


Esse poderia ser um caso de família feliz, mas os contos árabes nos quais João Bosco de Sousa buscou inspiração são narrativas em que o drama e a perda são constantes. Finais felizes não são conquistados tão facilmente, separações e conflitos dão tônica a essas narrativas feitas para adultos e não para crianças.

O autor poderia ter amenizado esse tom dramático da trama, mas ele escolheu um caminho melhor, confiando na capacidade das crianças de compreender dor, separação e traição. Assim temos uma história na qual o velho pai de Alnitak se revela um homem ciumento e mesquinho em sua velhice, capaz de tramar contra a vida do seu genro e impor a sua filha e netas sofrimentos.


Alnitak, Mintaka e Alnilan formam um trio de mulheres testadas pelos reveses da vida que conseguem, pela música e fé no sentimento que possuem umas pelas outras, vencer a amargura do velho homem e manter seu vinculo afetivo, passando por cima e superando as adversidades caídas sobre elas, tornando-se, por fim, pérolas no céu noturno.

A narrativa fluida e simples de João Sousa, combinada com as ilustrações em cores vividas e alegres da Vivian Saad, fazem As duas candeias e as pérolas do céu um livro lindo, de fácil compreensão e respeitoso para com a inteligência dos pequenos leitores. O conjunto texto e ilustrações faz da obra uma coisa poética, lúdica e ideal para se viver um momento feliz como aquele em que um adulto lê para uma ou várias crianças ou trabalha com os pequenos temas, como conflitos familiares e situações nas quais as crianças precisam se separar de entes queridos ou amigos.


FICHA TÉCNICA

Título: As duas candeias e as pérolas do céu
Autor: João Bosco de Sousa
Ilustração: Vivian Saad

Jaci Clemente
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

10 comentários:

  1. Oi Jaci, tudo bem?

    Eu adorei a resenha, o livro parece maravilhoso. Gostei de saber que as personagens são fortes que superam todas as adversidades que recaem sobre si. Parece ser uma leitura gostosa e rápida, irei anotar a dica!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caso tenha interesse pode pedir pelo site da editora ou diretamente para mim. www.nhambiquara.com.br

      Excluir
  2. Oi,
    Achei esse livro uma fofura! Amei as ilustrações!!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  3. Nossa Jaci que interessante esse livro, não me lembro de ter lido nenhum livro que tinha como tema a cultura árabe. Deve ser bem legal conhecer mais sobre essa cultura, mas acho que pra mim seria um pouco difícil ler uma história com tanto nome estranho HAHAHAHAHA mas eu tenho que ressaltar que as ilustrações são maravilhosas <3 amei todas as que vocês colocaram no post.

    Beijos

    www.entrelinhaseparagrafos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Pandora!
    Muito linda a história que narra este livro somadas as ilustrações que com certeza devem dar vida aos fatos. Gostei por abordar a cultura árabe e os conflitos familiares de forma a ser de compreensão dos pequeninos.
    Excelente sua resenha como sempre!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Jaci, tudo bem?
    Acho tão lindo livros ilustrados! Isso sempre causa maior interesse nas crianças e os faz ter mais vontade de ler as histórias. A premissa parece interessante e espero que os baixinhos possam aprecia a leitura.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oiiii! Livros ilustrados são um amor, uma época eu queria fazer isso, mas meus traço não é do tipo que gostam :p Por ser um livro infantil achei bastante madura a ideia e bom, crianças são mais perceptivas, logo acredito que com todos elogios, com certeza é uma leitura que consegue alcançar seu objetivo emocional :)

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  7. OOi <3 Adorei as ilustrações hahah elas me lembraram os vitrais de capelas góticas (do movimento artistico). Não curto muito esse tipo de leitura porque sou apaixonada por ficção, mas achei muito legal o fato de você ter parcerias com autores u.u

    beijos

    http://umagarotanadaencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Adorei, é um livro lindo.
    As ilustrações são maravilhosas, além disso, a história parece ser muito boa.
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  9. Oi Jaci.

    Adorei as ilustrações do livro, porém fico na dúvida se todos pequenos leitores interpretarão bem esses temas como traição, abandono e egoismo. Talvez depois de uma certa idade sim, mas para os mais pequenos ainda prefiro narrativas mais leves. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir