Beleza Oculta [Resenha do Filme]

Conferimos a Cabine de Imprensa de Beleza Oculta

Fazer uma resenha de um filme que está sendo absolutamente massacrado pela mídia não é tarefa fácil. Em dias de verdades absolutas, onde opiniões podem causar grandes furores, principalmente quando levianamente interpretadas, conseguir ver/encontrar algum sentido, ou até mesmo beleza no "lixo", pode resultar em desconforto e recuo - se é que me entende.

Talvez o grande desentendimento entre Collateral Beauty (ou Beleza Oculta, no Brasil) e o público seja o número de ideias que parecem desencontradas e que soam como que propositadamente peças de twists, como se em algum momento da história da sétima arte foi alegado que era preciso fazer com que o plot desse uma virada de 360 graus para que ficasse interessante, instigante. Não, não precisa. Às vezes funciona perfeitamente. Muitas vezes vai parecer óbvio, desnecessário e falta de originalidade. E mesmo que você tenha um cast com atores que te fazem perder o fôlego e suspirar pelo simples fato de estarem ali, não vai adiantar muito (Helen Mirren está exalando seu enorme talento como sempre).


Primeiro: que fique esclarecido que a personagem principal na história não é Howard (Will Smith). Ou não a única. Junto a ele, que sofre com a perda da filha, temos Whit (Edward Norton), Simon (Michael Peña) e Claire (mais uma para a galeria de boas personagens da talentosa Kate Winslet). Cada um deles precisa lidar com seus infernos pessoais. Na intenção de ajudar um, acabam por ajudar a si mesmos - o que me parece algo bastante positivo - e até meio bíblico, se me arrisco a dizer. Segundo: falemos de perdas. Como lidar com elas? Como amenizar a dor que ela traz? Como continuar nossa história se perdemos parte dela e nos sentimentos vazios? Questionamento levantado, vá atrás de respostas. E isso é exatamente o que Howard se recusa a fazer. Whit, Simon e Claire até tentam, mas vão precisar de uma mãozinha para que isso aconteça. Quem realmente faz algo é Madeleine (deliciosa atuação de Naomi Harris), que é a portadora da mensagem sobre a tal ‘beleza oculta’ do título do filme (ou colateral, do original, que faz um pouco mais de sentido, já que algo colateral não está, necessariamente, oculto).

E daí vem o maior dos desentendimentos. A premissa de que Howard escreve cartas para a Morte, o Amor e o Tempo e começa a receber respostas cara-a-cara de cada um deles é algo que pode virar piada de um segundo ao outro, ainda mais nos dias inóspitos e individualistas de hoje. Logo entenderemos que não é bem assim. Ou é. E se os fins justificam os meios, se Deus escreve certo por linhas tortas e se aqui se faz, aqui se paga, então que cada um entenda como bem quiser. No final das contas, o maior trunfo dessa história contada pelo mediano David Frankel (diretor de Marley e Eu, O Diabo Veste Prada, entre outros) fica a cargo do que ele quer dizer com o colateral que é dado por uma senhora à personagem de Naomi Harris como, talvez, um acalanto à dor da perda: ‘Be sure not to miss the collateral beauty’.


Por mais contraditório e irracional que possa parecer, é exatamente aí que está o X da questão e que nunca foi muito importante saber ou querer compreender. E esse questionamento mais a presença de Helen Mirren, é o que faz com que esse filme tenha algum valor. E isso tudo é apenas a minha opinião.

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: Beleza Oculta
Título Original: Collateral Beauty
Diretor: David Frankel
Data do lançamento 26 de janeiro de 2017

2.5/5.0 

Cristiano Santos
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

27 comentários:

  1. Oi, Cris!
    Eu nem sabia desse filme, não vou mentir. Pela sua nota, talvez eu assista alguma vez na vida.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Não tinha visto nada sobre esse filme ainda, mas pela sua resenha fiquei com vontade de assistir, e gostei do modo como você falou além do filme.
    Vou procurar assistir.
    Beijos!
    Lost Words

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline!
      Obrigado! Tento sempre falar além do filme e sem spoilers. Às vezes é difícil...
      bjo

      Excluir
  3. Oie
    Ainda não tinha visto este filme, mas só de ver os atores já fiquei louca para assistir, parece ser muito bom e gostei do enredo.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nessa! O elenco está realmente de primeira. Tomara que goste quando assistir ;)
      bjo

      Excluir
  4. Olá, Cristiano.
    Eu não conhecia o filme, mas pelo elenco - composto por excelentes atores - diria que o filme seria ótimo. Gosto dessa temática de reencontrar um caminho após alguma adversidade da vida, só achei uma pena que no filme isso não foi bem trabalhado.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sávio!
      Então, nem sei se no filme isso não foi bem trabalhado, sabe? Só assistindo pra ver como vc vai sentí-lo.
      Abraço

      Excluir
  5. Gosto destes posts pois é aqui que me atualizo sobre cinema. Nem sabia que a critica estava malhando o filme, mas sua nota também não foi boa. Confesso que li toda a resenha com super atenção mas não entendi muito bem porque o filme é ruim, mas vou vê-lo pelos atores, pois como disse eu vou suspirar só por eles estarem lá.
    abraços
    Gisela
    www.lerparadivertir.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gisela!
      Que bom que vem aqui para se atualizar sobre cinema! Seja sempre muito bem-vinda \o/
      Hehehe, o filme me confundiu tbm, pois gosto do assunto e demais de alguns dos atores. Acho que o maior problema mesmo foi querer dar ao filme o tal do 'twist', as tais surpresas na história que, a meus olhos, são desnecessários.
      Volte pra me dizer o que achou!
      Até mais

      Excluir
  6. Oi, Cristiano. Estou meio por fora do que vai ser lançado aqui de filmes, então não sabia que este já estava em cartaz. Tento ao máximo não assistir qualquer filme que seja lançado somente porque quero dar uma opinião, geralmente sempre me prendo a romances, adaptações e comédias, que é bem mais fácil de me agradar. Se antes não sentia vontade de assistir o filme, não sei bem se faria o agora após sua resenha.
    Abraço! Leitora Encantada
    Promoção 4 anos de blog Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miriã!
      Desculpa se a resenha arruinou sua vontade de assistir o filme :(
      Mas ainda acho válido que seja assistido e compreendido da melhor maneira possível.
      Abraço

      Excluir
  7. Olá, Cristiano.
    Aqui sempre tem as novidades dos filmes. Eu sou meio por fora do assunto e nunca sei sobre eles, por isso nem sabia dessa critica ruim. Me interessei pelo elenco, mas o tema do filme não me interessa muito. Talvez eu assista.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      Tá certo. Me avise se assistir, pois ficarei curioso pra saber o que achou.
      Té mais!

      Excluir
  8. Oi Cristiano,

    Como as coisas são engraçadas. Meu colunista viu o filme essa semana e me mandou uma crítica apaixonante. kkkk Particularmente, eu quero ver o filme desde quando fiquei sabendo do elenco e depois vi o trailer. Ainda não vi ninguém comentando sobre esse filme, mas quero ver mesmo assim. É a graça da vida!

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Denise!
      Exatamente, é essa a graça da vida! Minha avó já dizia: o que seria do amarelo se todos gostassem apenas do azul, não é?
      Fico feliz que seu colunista tenha adorado o filme ;)
      bjo

      Excluir
  9. Nossa, não sabia que estava sendo massacrado na mídia rsrs e eu tô mtt louca pra assistir esse filme! Adorei a premissa dele *---* Gostei da resenha, fiquei com pena da nota kkkk
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehehe, não fique com pena não, porque até gostei. O problema foi a confusão causada por alguns rumos que a história toma. Mas tem que ser assistido e cada um terá sua opinião a respeito ;)
      bjo

      Excluir
  10. Acabei de assistir o filme e gostei bastante.

    ResponderExcluir
  11. Por ser fa incondicional de Smith, fiquei louca pra assistir o filme mas nao foi tudo aquilo que eu esperava. Parece faltar algo. A mensagem passada é boa mas a historia é muito fraca para a magnitude dos atores. É como botar uma roupa de gala para tomar um sorvete na esquina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei, Jardi, da comparação que vc fez.
      Mais ou menos como senti também.

      Excluir
  12. Olá Cristiano, acabei de assistir o filme e tive q sair do cinema no momento em q Madeleine explica o q a Senhora disse a ela no hospital. Acho que por isso não entendi o filme, vc pode por favor me ajudar? Os "atores" eram realmente as abstrações? Heeelp kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jocimara!
      Sim, os atores eram sim as abstrações. E foi exatamente isso que me desagradou no filme.
      E espero que não tenha que sair do cinema da próxima vez, ainda mais num momento de esclarecimentos, hehehe.

      Excluir
    2. Mas ai que está Cristiano, cada um dos três amigos possuíam uma conexão maior com cada abstração, por isso o amor fica com o whit(Ajuda ele a reconquistar a filha) , o tempo com a Claire (ajuda a ela entender que há outras formas de ter um filho e a morte com o Simon(ajudando ele a lidar melhor com a morte e avisar aos seus familiares), isso é a jogada de mestre, você fazer os 3 amigos acreditarem que eles são realmente atores, mas na verdade além de ajudar ao howard cada um deles pôde agir com o Whit, Claire e o Simon e no final só o Howard soube que eles realmente eram as três abstrações, eu achei isso brilhante.

      Excluir
    3. Desculpe entrar na conversa , mas achei meio dúbio , podemos interpretar , que Howard teve uma visão apenas no final e que os atores eram atores mesmo,e que o personagem de Helen Mirror estivesse no hospital por coincidência achei que o filme deixou muitas pontas sem explicação, talvez fosse o intuito, esperava muito mais do filme por causa do elenco.

      Excluir
  13. Desculpem os criticos e suas formas tecnicas de julgar filmes,...assisto filmes diariamente, e Beleza Oculta é um daqueles filmes que extraem emoção até de um bloco de gelo ,..muito agradavel

    ResponderExcluir