Atrizes e atores injustiçados no Oscar


No nosso aquecimento Oscar 2017 vamos nos lembrar de 5 atores e 5 atrizes que já foram injustiçados pela Academia e não levaram a tão sonha estatueta!

Atrizes mais injustiçadas na história do Oscar


Felicity Huffman - Transamérica: Numa interpretação nada caricata e emocionante, Felicity vive aqui uma transexual que descobre ser pai de um jovem. Perdeu para Reese Witherspoon que fez o papel da cantora June Carter e cantou com a própria voz, mas dramaticamente, nem se compara com com Felicity. 


Glenn Close – Ligações Perigosas: Ninguém encarnou melhor a pérfida e maquiavélica Marquesa de Merteuil do que Glenn Close no melhor estilo “um olhar vale mais que mil palavras”. Perdeu para Jodie Foster em Acusados. Não foi uma derrota tão ruim, afinal Jodie é uma grande atriz e está ótima. Três anos depois ela ganharia outro Oscar por Silêncio dos Inocentes enquanto Glenn acumula 6 indicações e nenhum prêmio. 


Amy Adams – A Trapaça: Fazer carão desfilando figurinos decotados e ao mesmo tempo demonstrar talento dramático não é pra qualquer atriz. Cate Blanchett ganhou o Oscar mas tinha um papel que exigia muito menos, então seu desafio foi menor. Amy já soma 5 indicações na carreira e em 2017 entrou pra lista dos seriamente injustiçados: Não foi indicada nem por A Chegada e nem por Animais Noturnos, duas atuações memoráveis. 


Bette Davis – A Malvada: Em seu melhor e mais antológico personagem e cheia de diálogos inesquecíveis, Bette, como disse à época, perdeu pra uma novata, no caso a chatinha Judy Holiday pelo filme cômico Nascida Ontem. Sua atuação é tão pouco marcante que até Melanie Griffith (aquela que sempre dizia “My husband, Antonio”) se saiu melhor numa refilmagem. 


Fernanda Montenegro – Central do Brasil: Gwyneth quem? Não engolimos essa derrota até hoje e jamais iremos superar o fato de que, Fernandona, nossa maior Dama dos palcos brasileiros, perdeu o Oscar para...Gwyneth Paltrow. Bom, Fernanda continua sendo Fernanda e...cadê a Gwyneth?

Atores mais injustiçadas na história do Oscar


Peter O´Toole – Vênus: Era a sua oitava indicação e merecia ter ganho. Faleceu sem nunca ter levado nada e o pior, perdeu para Forest Whitaker num papel de coadjuvante. Sou fã do Forest, mas esse descaso com o grande Peter O´Toole foi uma das maiores mancadas da Academia. 


Ian McKellen – Deuses e Monstros: Ian brilha tanto no papel do diretor de cinema James Whale que sua vitória nem seria considerada uma homenagem disfarçada ao diretor de Frankesntein e sim um reconhecimento justo do seu grande talento. Perdeu para Robeto Benigni em A Vida é Bela. Simplesmente vergonhoso. 


Morgan Freeman – Um Sonho de Liberdade: Quem não se emocionou com esse excelente filme e com a atuação magistral de Morgan roubando a cena do protagonista Tim Robbins? Muito além da atuação apenas correta de Tom Hanks em Forrest Gump, que venceu naquele ano pela segunda vez consecutiva. Ainda não superei. 


Michael Keaton – Birdman: Com o perdão do trocadilho, Birdman foi o verdadeiro Canto do Cisne de um ator que sempre foi irregular em sua também irregular carreira. Merecia ter ganho por ter topado o desafio de fazer um filme que satiriza sua própria vida profissional, suas escolhas e seus fracassos. Keaton mergulhou no personagem e surpreendeu à todos, menos a cegueta da Academia que resolveu premiar pela enésima vez, um ator que interpretou um personagem com alguma doença, o discutível Eddie Redmayne no papel do Stephen Hawking


Samuel L. Jackson – Pulp Fiction: Preciso explicar? Jackson quase rouba o filme todo pra si, com seu olhar perturbador e seus diálogos de efeito. Quem não o conhecia, ficou fã e quem o conhecia, aplaudiu. Perdeu pra outro grande ator, Martin Landau, que interpretou o ator Bela Lugosi em Ed Wood de Tim Burton. Não foi uma derrota revoltante, mas...vinte anos depois, Pulp Fiction já é considerado um clássico.

Agora vamos descobrir quem será a injustiçada ou o injustiçado em 2017!

Italo Morelli
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

8 comentários:

  1. Olá, Italo.
    Até hoje não em conformo com a Fernanda Montenegro não ter ganhado o Oscar. Foi muito injusto. O Morgan Freeman também foi perfeito e não ganhou.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Maravilha! Adorei rever essas injustiças. Se bem que tem um ou outro que até mereceu o Oscar.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Italo!
    Eu assisti Birdman e não achei lá essas coisas. Mas é muita injustiça com alguns, tipo Fernanda.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval

    ResponderExcluir
  4. Eu não entendo essa acadêmia, acho sempre muito injusto rs. Adorei o post!

    Beijo*
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/
    http://oracullo.com/

    ResponderExcluir
  5. Também tenho uma vasta lista de atores injustiçados. Concordo com quase todos, principalmente a nossa Fernanda Montenegro, né? Super injusto!

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Italo!
    Uma injustiça absurda Glenn Close nunca ter levado um Oscar! É uma dessas atrizes impecáveis em qualquer papel que faça.
    Amy Addams é mesmo sempre competente, mas tem um carreira longa pela frente e com certeza eventualmente será reconhecida (ao estilo Leonardo Di Caprio aparentemente hehe)
    A Malvada é um grande filme (nem conheço "Nascida Ontem") e sem duvida não teria metade da força que tem se não fosse Bette Davies.
    Acho, no geral, Um sonho de liberdade um filme muito melhor do que Forrest Gump, mas a premiação dos atores em si não é uma que me revolta.
    Ótima lista.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Italo!
    Não sou muito ligada em Oscar nem atores e atrizes, mas acho que esses caras foram bem injustiçados. Acho o Ian McKellen um ator incrível.
    Estou doida para ver quem serão os próximos injustiçados haha
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. O Samuel e o Morgan não terem levado as estatuetas realmente foi uma tremenda injustiça. Vamos ver quem vai ser o injustiçado ou injustiçada desse ano.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir