E viveram felizes para sempre [Resenha Literária]


*Por ser um livro de epílogos, a resenha abaixo pode conter spoiler

A primeira frase da Julia Quinn, antes de entrar nos contos, foi um agradecimento aos fãs que sempre perguntaram a ela sobre o “depois”. Eu sou dessas também, eu sempre quero saber o depois e fiquei super feliz em saber que a autora faria um epílogo para cada livro e ainda um conto com a Violet, minha mãe da ficção preferida de todos os tempos!

No epílogo de O duque e eu, Julia diz que nunca teve curiosidade em saber o que tinha nas cartas do pai de Simon, carta que o personagem nunca quis ler. Eu confesso que também não tinha, afinal, Simon decidiu finalmente viver sua vida, sem se importar com a opinião do pai. Porém, concordo com a autora quando ela diz que o motivo que move Simon a finalmente ler as cartas é mais interessante. 

Já em O Visconde que me amava, meu livro favorito de toda a série, vamos reviver a clássica cena em que a família joga Pall Mall. Há 15 anos Anthony se apaixona por Kate durante a partida em que ela o vence! É um epílogo que não acrescenta nada na vida do casal, mas com certeza é o mais divertido de todos. Kate e Anthony juntos brilham, são hilários, divertidos, numa competição pelo taco da morte que nos faz rir o tempo todo! E olha, é tanto suborno aos empregados da casa, que eu adoraria ser uma durante a época do jogo. Com certeza ficaria rica!


Em Um Perfeito Cavalheiro temos Sophie preocupada em arrumar um marido para Posy. Ambas sofreram horrores nas mãos da madrasta de Sophie, que sempre desprezou a própria filha e a humilhava sempre que podia. No entanto, os Bridgertons aparecem na vida delas e mudam o rumo da história triste que viviam! É engraçado ver Posy se apaixonando perdidamente e quase de maneira instantânea!

No final de Os Segredos de Colin Bridgerton, Penelope faz uma grande revelação, mas Eloise foge bem no dia do baile em que Penelope conta para nobreza sua identidade secreta, e assim, não sabe do grande segredo. O conto se passa dias antes e durante o casamento de Eloise, em que Penelope está se torturando para contar a amiga o que escondeu dela por muitos anos, mas eis que Hyacinth é mais esperta de todos e ainda ganha 10 libras enganando os irmãos.

Em Para Sir Phillip, Com Amor, temos o epílogo narrado por Amanda, enteada de Eloise e pelos olhos dela sabemos como o casal Crane vive feliz. Aliás, é pelos olhos dela também que descobrimos que Eloise se parece agora bastante com sua mãe Violet, no caso, em arrumar armadilhas para casar os filhos.


Francesca sempre foi a mais distante dos Bridgertons, até mesmo sua mãe Violet sabe disso. No final feliz entre a protagonista e Michael a gente ficou sem saber se eles teriam filhos, mas a Julia Quinn nos faz o favor de contar o que aconteceu com o casal! Aliás, vale destacar que encontramos uma Francesca mais leve, mais solta e bem mais hot no epílogo de O conde Enfeitiçado.

Se no epílogo de Para Sir Phillip, Com Amor, percebemos a semelhança de Eloise com Violet, no epílogo de Um Beijo Inesquecível a gente tem certeza de que Hyacinth, aquela jovem de língua afiada, se tornou uma nova Violet! Está bem parecida com a mãe em relação aos seus próprios filhos e está pagando bastante tudo que aprontou com toda a personalidade da filha Isabella. Neste conto a gente descobre que Hyacinth procurou as joias da família de Gareth por anos, mas quem consegue encontra-las é a sua filha.

A caminho do altar de todos os livros sempre me pareceu o mais angustiante por todo o final dramático! Mantendo o mesmo clima, o epílogo continua com um bom drama! Foi bem interessante ver Gregory se saindo como pai e homenageando todos os irmãos com os nomes dos seus filhos. E o mais engraçado continua sendo sua relação com a irmã Hyacinth.


Por fim temos O Florescer de Violet, o tão aguardado conto da mãe dos Bridgertons. Confesso que esperava uma história focada no romance entre Violet e Edmund, mas o que temos são várias etapas da vida dessa mulher incrível. Desde a infância, quando ela tenta roubar uma torta até a cena final dela observando os netos com Daphne. Um cisco caiu no meu olho nessa hora e outro caiu também quando ela descobre que o marido morreu. Nem gosto de imaginar uma mulher grávida perdendo o marido e tendo que cuidar de oito filhos sem seu companheiro amado. Violet realente é uma personagem que cresce em toda a série e a cada livro ela tem um papel fundamental na história de seus filhos. 

Julia Quinn nos conta um pouco mais sobre o final de cada personagem que nos conquistou, mas o que vale aqui é que apesar de serem tantos, a autora consegue manter a personalidade de todos, mesmo depois de envelhecidos, amadurecidos. E quando você termina a leitura, fica aquela sensação de ter lido uma série com personagens cativantes, que tiveram suas histórias contadas e desenvolvidas sem negligências. Não é qualquer autor que consegue desenvolver tantos personagens sem cair na mesmice ao longa de suas séries.


Sempre acho triste despedidas, principalmente no caso de Os Bridgertons, responsáveis por me fazer entrar nessa onda de romances de época escritos por autoras contemporâneas. Meu carinho pela série é imenso e mesmo agora com os epílogos eu continuo me perguntando sobre o “depois”. E os filhos? Os netos e os bisnetos? Oh céus, acho que na verdade nunca vou me cansar dos Bridgertons....

FICHA TÉCNICA

Título: E viveram felizes para sempre 
Autora: Julia Quinn
Onde Comprar: Amazon

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

19 comentários:

  1. Ahh Mi,você só aumentou minha vontade ler essa série!
    Acredita que nunca li nada dá Júlia Quinn?Preciso mudar isso urgentemente!
    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAH

    Beijos

    Livros em Contexto

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi, sua linda, tudo bem?
    Esse parece ser o final que todos ansiavam: a história da patriarca da família. Deve ter sido emocionante a cena em que ela se vê sozinha com os filhos para criar depois de ter perdido o amor de sua vida. Também quero me apaixonar por essa família. Não vejo a hora de ler. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Só li até o livro da Francesca, porque só li até ele ainda, hahahahahaha.
    Não queria spoilers!
    Eu quero muito terminar a série logo para eu chegar no E Viveram Felizes Para Sempre, que eu até já tenho.
    Eu também amo a Violet! Amooooooo!

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mi.
    Não sabia que tinha esse epílogo e curti que a autora conseguiu manter a personalidade dos personagens mesmo com o passar do tempo.
    Beijo


    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela resenha Mi! Já li O Duque e Eu, O Visconde que me Amava, Um Perfeito Cavalheiro, O Segredos de Colin Bridgerton, Para Sir Phillip com Amor e O Conde Enfeitiçado e amei! Estou ansiosa para ler Um Beijo Inesquecível, A Caminho do Altar e Viveram Felizes para Sempre! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi!

    Cada vez que leio uma resenha incrível como essa sobre os livros da Julia, aumenta minha vontade de ler algum de seus livros.
    Acredita que nunca li nada da autora?
    Sem falar nessa capa que é tão delicada e linda que é um arraso!

    Um super beijo

    Livros em Contexto

    ResponderExcluir
  7. Oi Michele, tudo bom?
    Só porque eu falei que pretendia ler Julia Quinn em breve só vejo resenhas e os livros dela em tudo que é propaganda ASUHUHSUHASUHASUHAS
    Tenho bastante curiosidade com essa série e sempre vejo elogios ao desenvolvimento dela. Adoro históricos com personagens bem escritos <3
    Ótima resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Mi!!
    Eu amei tanto esse livro, eu dei tanta risada e me emocionei também, o epilogo que mais gostei foi de "Um Perfeito Cavalheiro" e logico "O Florescer de Violet"... Deu até uma saudades agora!

    Beijinhos!
    Amanhecer Literário

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mi!
    Menina, só li até onde você falou do livro da Eloise.
    Já quero ver mais sobre Pall Mall, maior jogo que você respeita. Nunca vi uma família tão competitiva hahahahha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
  10. Oi! Achei muito bacana esse livro para matarmos a saudade, mas só vai servir para querermos saber mais detalhes kkkkkk Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  11. Oie Michele, tudo bom?
    Eu adoro a narrativa da Julia, mas ainda não consegui ler todos hahaha Achei legal demais a ideia deste livro para quem é fã. É sempre bom matar a saudade hahaha

    Beijos,
    Paixão Literária

    ResponderExcluir
  12. Sempre quando vejo resenhas, falam muito bem dessa coleção/série de livros. Não sou muito de ler histórias de época, mas posso dizer que as capas são lindas :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oláá! Tudo bem?
    Confesso que fiquei com medo de ler por você dizer que poderia ter spoilers, por ser um epílogo dos outros livros.. e eu não li nenhum ainda!! :O mas já tenho os volumes 1 e 2 em casa para começar!
    beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oioi

    Eu quero muito começar a ler as obras da Julia Quinn parecem ser maravilhosas, perante todas as resenhas positivas que li. Meu forte não é romances de época, mas esses livros me chamaram muito a atenção.

    Beijão,
    www.cretinaliteraria.com

    ResponderExcluir
  15. Ooi Mi eu quero muito ler os escritos da Julia, sempre que leio suas resenhas fico mais encantada e animada para ler!
    beijinhos bom final de semana
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Mi! Eu gostei bastante dos epílogos, mas foi mesmo a historia da Violet que mais de empolgou. Eu já admirava a mulher, agora nem se fala. Bjos!!!

    ResponderExcluir
  17. Oi Mi,
    Eu gostei muito de alguns capítulos específicos desse livro, mas a grande decepção foi o do Colin, porque eu amei tanto o livro dele e não gostei muito do foco ser a Eloise.
    Mas fora isso, amei amei!
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Acho que não me dou muito bem com romance de época. Rs.
    Eu comprei os 3 primeiros, li o um, ok, comecei a ler o 2 e larguei.
    Acabei trocando os livros por outros. Mas vejo taaaaaaanta gente falando bem
    que me deu vontade de tentar de novo! Rs

    Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir