Dois a Dois [Resenha Literária]


Dois a Dois é um dos livros mais emocionante e realista que já li do Nicholas Sparks. Antes de falar sobre o enredo, gostaria de compartilhar com vocês o meu sentimento ao recebê-lo. Quando a Arqueiro mandou para o blog o catálogo com os lançamentos, não pensei duas vezes, escolhi Dois a Dois. Tenho quase todos os livros do Nicholas e ele é um dos meus autores favoritos. Assim que o pacote da Arqueiro chegou, fiquei encantada, pois era o meu primeiro livro recebido de parceria da editora e pude ver o carinho e a dedicação deles ao montar o kit. Isso mostra que a Arqueiro valoriza o trabalho dos blogs parceiros e acima de tudo mostra respeito com o nosso trabalho.

Agora vamos falar sobre o livro, prometo, na verdade, eu juro solenemente que tentarei fazer uma resenha justa, sem que o meu amor pelo trabalho do autor atrapalhe na minha visão sobre a história. Dois a Dois conta a vida de Russell Green que tem uma carreira bem-sucedida, uma esposa e uma linda filha e acima de tudo tem todo o apoio de sua família. Russell acredita de todo coração que a vida dele é perfeita e que continuará assim para sempre. 


Logo nas primeiras páginas, Russell nos conta como foi sua experiência de se tornar pai e como sua esposa, Vivian, deixou o seu emprego para se dedicar a filha e a casa. Ele também nos mostra como é o seu trabalho dentro do Grupo Peters, uma das agências de publicidade mais importante da Carolina do Norte. Ao passar dos anos, ele só vai crescendo no serviço e assiste a sua filha bebê se tornar uma linda menininha de 6 anos. Até então ele pensa que sua vida está uma maravilha. Só que nenhuma vida é perfeita, e ao decorrer das páginas, Russ nos narra como ele saiu do emprego e resolveu abrir uma empresa. E como foi ter os papéis invertidos, já que sua esposa teve que voltar a trabalhar para ajudar no orçamento de casa, uma vez que sua empresa ainda não conseguia obter lucros. 

Russ embarca com London, sua filha, numa jornada ao mesmo tempo assustadora e gratificante, que irá ajudá-lo a descobrir qualidades que ele nem sabia que tinha e no decorrer dessa jornada ele verá a sua vida com outros olhos. 

Comentando um pouco sobre os personagens, confesso que logo nas duas primeiras páginas imaginei que o autor iria matar a Vivian, a esposa do Russell, já que o personagem fala sobre suas perdas e seu aprendizado com elas e como estou familiarizada com o estilo do Nicholas, esperava algo do tipo. No entanto, o autor me surpreendeu por não matar a esposa, mas descreve uma das personagens mais cretinas que já li. É incrível como Sparks consegue encontrar o pior do ser humano! Ao longo da história, Vivian apronta cada uma que me deixou abismada e irritada, e como o livro é totalmente narrado pelo Russell, percebemos o seu choque ao descobrir o verdadeiro eu de Vivian.


Além da esposa de Russ, temos outros personagens que felizmente são maravilhosos. Marge a irmã mais velha de Russell é super hilária e é a melhor amiga dele. Lógico que a personagem mais fofa e central da história é London, uma menina encantadora e muito fofa. O tio Nicholas sabe como ninguém construir personagens marcantes e únicos e o mais interessante é que o autor não focou no típico amor entre um homem e uma mulher. Dessa vez, ele nos mostrou um amor maior, um amor entre um pai e filha. Em várias passagens fiquei emocionada, pois fui criada totalmente pelo meu pai. Meu pai foi é o meu herói e assim como Russell, ele teve suas dúvidas, mas não abriu mão de mim.

Assim como London, tenho lembranças maravilhosas do meu dia a dia com meu pai e concordo plenamente com uma frase dita pela Marge:

“ Porque eu vou dizer uma coisa: as meninas precisam do pai. ”
Na minha opinião, Marge tem toda razão, apesar das mães serem essenciais, muitas meninas se apegam aos seus pais, como foi meu caso. Nicholas Sparks criou um personagem que representa muito bem os pais que não desistiram de criar seus filhos, passando facilmente a tarefa para as mães. E vale destacar que Dois a Dois foi narrado completamente pelo ponto de vista de Russ, ou seja, pelo ponto de vista de um personagem masculino que nos passa muitas questões sobre a paternidade.


Enfim, por ter um protagonista incrível, personagens marcantes e uma história bem realista, Dois a Dois se tornou um dos meus livros favoritos.

FICHA TÉCNICA

Título: Dois a Dois
Autor Nicholas Sparks
Onde Comprar: Amazon
Ariane de Freitas
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

18 comentários:

  1. Oi Ariane!

    Não me lembro de ter lido algo relacionado a esse tema, uma relação entre pai e filho de uma maneira mais visível pata leitor, na verdade me lembrei do menino feito do blocos que o pai ter uma participação importante também na história, nunca li nada do autor e na maioria das vezes não sinto vontade por que eu não sou fã de clichê e drama quando se trata do mesmo autor, mas eu gostei da abordagem desse livro, fico imaginando o quanto deve ser maravilhoso o relacionamento do pai com a família, para mim isso e raro, ainda mais que cresci com minha mãe, mas existe mais muitos ruins por ai, enfim fiquei com vontade de conferir.

    Beijinhos

    Resenha Atual

    ResponderExcluir
  2. Oi Ariane, tudo bem?
    Não sou uma grande fã do Nicholas Sparks justamente pelos clichês, mas achei interessante que nesse caso ele não tenha matado ninguém hahaha! Pena que pais dedicados sejam uma raridade.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  3. Oi Ariane,

    Adoro as histórias do Nicholas e com certeza é um livro que pretendo conferir.
    Fico feliz que tenha gostado tanto.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Ariane, faz tempo que eu não leio um livro do tio Nick, eu perdi o tesão pelos romances dele, mas tá aí um livro que me deu vontade de ler, acho que pelo fato da história ser tocante (como sempre são) mas não focar no amor romântico entre um homem e uma mulher. Acho que darei uma nova chance para o Nicholas.

    Bjs
    Amanda Nery
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ari!
    Não sou fã do Sparks, mas esse livro me chamou muita atenção por causa do assunto abordado.
    Em casa, eu sou mais apegada com meu pai. Então, creio que vou adorar a história.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Oi Ariane, sua linda, tudo bem?
    Estou com esse livro para ler na fila e a primeira cosa que chamou minha atenção foi justamente se tratar do relacionamento dele com a filha. Adoro crianças, então, quando os autores colocam elas em seus enredos já me ganham fácil, tenho certeza de que irei me apaixonar poe essa garotinha. E nossa, não vou suportar essa mãe depois do que voc~e comentou sobre ela. Estou louca para ler. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu geralmente não gosto muito das histórias desse autor, eu sempre acho que tem drama demais. Hahahhaa (Por favor não brigue comigo). Mas dessa vez, eu achei o enredo tão lindo e comovente, que fiquei com muita vontade de ler esse livro. Deve ser muito bonito que aborda a relação de amor e cumplicidade que deveria existir entre pai e filha. Amei sua resenha.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/05/hailee-steinfeld.html

    ResponderExcluir
  8. Oi Ariane! Confesso que até hoje nenhum livro do autor me conquistou e acabei criando um preconceito com os livros dele, vejo todo mundo elogiando horrores e pra mim parece sempre a mesma história.

    aboutbooksandmore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Estou lendo esse livro e estou adorando... Eu sempre adoro as obras do Nicholas Sparks, é o meu autor preferido!!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Ahhh, eu estou muito ansiosa para ler esse livro! Adorei sua resenha e fiquei feliz em saber que você gostou do livro...

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ariane. Desde que vi a capa do livro também achei que o autor fosse matar a esposa do cara, mas pelo visto, ela é tão chata que merecia morrer, no mínimo. Acho lindo livros que falam sobre esse amor, são poucas vezes que vejo algo sendo retratado nos livros e fico louca para ler. Gosto muito do Nicholas e constantemente ele me faz chorar, mas sei que vale muito a pena.
    Beijo!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  12. Olá Ariane,

    Adoro Nicholas mas, não li nenhum de seus livros. Apenas assisti aos filmes, que por sinal são lindos.

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá Ariane!
    Li faz pouquíssimo tempo esse livro, sou super fã do Nicholas e tenho todos os livros também *-*
    Eu concordo com você que foi um livro bem mais realista dele e foi um choque ver como a personagem Vivian se transformou ao longo da história, realmente o pior das pessoas.
    Os outros personagens são sensacionais, e é cada lição que eles passam para a gente né?
    Amei, com sempre ♥
    Parabéns pela resenha, beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também foi um choque pra mim ver o comportamento de Vivian. Eu odiei ela.

      Excluir
  14. Olá, Ariane.
    A Arqueiro arrasa mesmo hehe. Eu tenho todos os livros do autor, só esse que não hehe. Amo os livros dele exatamente por ter personagens masculinos incríveis. Eles são reais. E também achei que ele ia matar ela hehe. Assim que der eu vou comprar esse.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Ganhei esse livro de aniversário mas ainda não li, nem sabia muito da história x) Também AMO Nicholas Sparks e quero ter toda a coleção dele, e logo ia imaginar que ou o personagem principal ou a mulher dele iam morrer haha Estou super curiosa, parece ser um pouco diferente dos outros x)

    Beijo!
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Hey, Ari!
    Que resenha linda a sua! Eu ainda não tinha lido uma única resenha desse livro, e agora me sinto feliz por ter lido especialmente a sua.
    Toda vez que leio um livro do Nick bate medinho dele matar algum personagem, mas percebo que ele vem parano com isso em seus livros. Estou tão feliz por isso! haha.
    Não sabia exatamente o que esperar desse livro, e como o foco é a relação pai e filha, estava receosa. Mas agora irei me jogar sem medo!
    Parabéns pela resenha linda!
    Mil beijokas - Entre um Livro e Outro

    ResponderExcluir
  17. Oi Ariane!
    É bem isso mesmo,um dos livros mais realistas do Sparks e fiquei mega feliz por isso.Consegui me conectar demais com todos os personagens.
    London é a melhor personagem e o que dizer da Marge?
    Pode ser que eu esteja exagerando,mas achei um dos melhores livros do tio Nich,pela emoção e por focar no relacionamento pai/filha que quase não vemos nas histórias.
    A resenha ficou linda demais!
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir