Traffic Light [Resenha da série]


Traffic Light (2011) é mais uma daquelas séries que, infelizmente, apesar da boa qualidade, não passou de uma temporada. 

A série gira em torno de três melhores amigos desde a faculdade, Mike (David Denman), Adam (Nelson Franklin) e Ethan (Kris Marshall), cada um se encontra em um estágio diferente da vida. Ethan é o solteirão, enquanto Adam vive com a namorada, e Mike é casado e tem um filho. A história se passa mostrando a rotina dos personagens, as dificuldades em suas relações pessoais e profissionais. 

Traffic Light abordou temas modernos como o controle pelo celular, a masturbação quando se é casado, a necessidade de pais e mães terem seus tempos de folga, igualdade de salários entre homens e mulheres, entre outros assuntos, todos inseridos na vida dos protagonistas, de maneira leve e muito engraçada.


A qualidade dos diálogos é excelente e acompanhar Mike em sua vida de casado e como pai é tão interessante quanto a vida de solteiro de Ethan, bem como a de Adam ao começar a morar com alguém. Destaque para as cenas nos semáforos, referência ao título da série, já que boa parte dos melhores diálogos os três estão em seus carros conversando pelo viva voz. Aliás, esse foi um dos temas da série, já que Mike não quer que sua esposa escute o que ele fala com os amigos, uma questão de privacidade. 

Em relação ao elenco feminino, Liza Lapira está excelente como a doce e paciente Lisa, mulher do Mike e Aya Dinheiro super divertida como Callie.

É uma pena que a série tenha durado apenas 1 temporada, o enredo era de boa qualidade, com piadas bem inteligentes. Pra quem quiser conferir, a série está disponível (até o momento) na Netflix.

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Oie Michele =)

    Nossa nunca tinha ouvido falar dessa série =(
    É uma pena por que tem várias séries boas que nem se torna conhecia e se acabam, enquanto outras que já deram o que tinha que dar são renovadas.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi! Eu não conhecia a série, mas vejo que é mais uma que infelizmente foi cancelada. Eu acompanho muitas séries e infelizmente muitas delas tiveram o mesmo destino.

    Bom domingo!
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi!
    Não conhecia a série, mas adorei a proposta. Que pena que foi cancelada! Também já me apeguei a algumas ótimas que não passaram da primeira temporada. Vou dar uma conferida nessa depois.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mi!
    A série parece ser boa mesmo e que pena que foi cancelada. Pior que isso é o que mais acontece por aí --'
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Dois Anos de Família Hallinson

    ResponderExcluir
  5. Que pena que a série teve uma temporada só! Realmente parece tratar de assuntos importantes e cotidianos da atualidade. Assim que der, acho que vou dar uma chance pra série! Mesmo com uma temporada, acho que vale a pena ver né haha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Michele!
    Boa dica! Eu nem conhecia a série. Realmente uma pena quando uma série promissora e com um texto de qualidade é esnobada. Você conhece Bloodline (da Netflix)? É brilhante e simplesmente ninguém conhece.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Nunca tinha ouvido falar da série. Me interessou tanto que já vou procurar no TVST.
    Boa semana!
    Até mais,
    Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir