Ao cair da noite [Resenha do Filme]

Conferimos a Cabine de Imprensa de Ao cair da noite

Alguns filmes são tão impactantes que a gente sai do cinema sem saber muito bem o que dizer! Este foi o caso de Ao cair da noite!

Paul (Joel Edgerton) vive numa casa no meio da mata com sua esposa Sarah (Carmen Ejogo) e o filho Travis (Kelvin Harrison Jr.) num mundo que está tomado por uma doença misteriosa e altamente contagiante. Isolados, os três vivem sob pressão e numa imensa paranoia até que Will (Christopher Abbott) aparece pedindo ajuda. A princípio Paul tem sérias desconfianças sobre o homem, mas resolve ajudá-lo, abrigando o rapaz, sua esposa Kim (Riley Keough) e seu filho pequeno.

A cena inicial do longa é bem interessante, já que começa com a morte do pai de Sarah e todo seu enterro que envolve queimar seu corpo. Travis está visivelmente perturbado com a morte do avô e por diversas vezes temos a narrativa sob a perspectiva desse personagem. Travis se sente solitário e também atraído por Kim e talvez seja o único que perceba que a nova família na sua casa acaba deixando o ambiente mais feliz e alegre. No entanto, Paul é o mais paranoico de todos e com a suspeita da doença ter entrado em sua casa, coloca o bem-estar do filho e da esposa acima de qualquer coisa. 


Toda a construção narrativa do longa é bem lenta, sem muitas ações e o diretor Trey Edward Shults vai construindo um clima de suspense de modo muito devagar. A cada cena o espectador espera que algo de muito ruim aconteça, uma tragédia, uma cena horrível ou algum susto. E os sustos acontecem, principalmente por conta dos sonhos/alucinações de Travis, mas bem menos do que eu esperava. Por outro lado, a ambientação sombria da casa em que durante a noite só temos lanternas ou lampiões para iluminar as cenas, acaba dando um toque de terror a mais na trama, já que não conseguimos ver o cenário amplamente, sempre aguardando algo ruim sair das sombras. 

Travis é um personagem intrigante, um adolescente cheio de hormônios num ambiente isolado com pouca interação humana e apesar da paranoia do pai, o personagem tenta enxergar os acontecimentos de maneira mais racional. 


O longa termina e o espectador com certeza ficará se questionando quem tinha razão em toda a história e se fomos ou não contagiados pela paranoia de Paul. 

Ao cair da noite é um thriller psicológico que talvez não agrade os mais apressados que não goste de narrativas lentas, mas é um longa cheio de detalhes, metáforas e boas reflexão. Tudo é muito questionável na história, inclusive a sanidade dos personagens. Será que alguém é sonâmbulo? Que doença é essa que deixa o mundo apocalítico? Quem está mentindo? Quem está certo? No final, quando tudo acaba, a única certeza é que as pessoas são capazes de qualquer coisa pela própria sobrevivência, inclusive esquecer os valores e a moral.

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: Ao cair da noite
Título Original: 
It Comes At Night
Diretor: Trey Edward Shults 
Lançamento no Brasil: 22 de junho de 2017
Michele Lima

Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

14 comentários:

  1. Oi
    achei interessante o enredo, pois parece que mexe tanto com quem assisti que deixa paranoico como falou, faz tempo que não assisto nada desse gênero.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Michele,
    Achei o seu texto muito bem escrito, você conseguiu me transmitir um pouco dessa tensão do filme e me deixou curiosa para descobrir se era só paranoia ou se ele estava com a razão. Vou dar uma chance a filme.
    bjs.
    Pri.
    http://nastuaspaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi, sua linda, tudo bem?
    OMG!!!! To morrendo de medo aqui!!! Já pensou, ter medo de todos os que se aproximam, pelo perigo de que alguém possa estar contaminado? Eu não sei se teria deixado essa família entrar, risos... Gostei de saber que será abordado no filme essa questão de até onde você iria para sobreviver e salvar sua família. E estou mega curiosa para descobrir se eles estavam contaminados ou não. talvez, o filme ter essas partes paradas tenha sido proposital, para aumentar nossa aflição e mexer com nosso psicológico, risos... Adorei sua crítica e quando puder irei ver.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mi!
    Thrillers com metáforas e reflexões não são muito a minha praia. Acho que vou passar essa dica por agora.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Três Anos do blog A Colecionadora de Histórias

    ResponderExcluir
  5. Olá! Não conhecia esse filme ainda, mas sou daqueles que não curtem cenas lentas, muitas metáforas e tal, gosto de ação mesmo, terror clássico e tal, aqueles que prendem haha, ainda assim adorei suas impressões sobre o filme!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu não tenho emocional pra assistir esse tipo de filme. Hahahaha Mas o enredo é bem interessante mesmo.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/06/top-7-little-mix.html

    ResponderExcluir
  7. Gosto desses filmes misteriosos e que nos fazem refletir.
    Bom restante de semana!

    Até mais,
    Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  8. Olá, Mi!
    Eu adoro esses filmes que me fazem ficar pensando por dias! Ainda não conhecia esse filme, mas quando vier para minha cidade com certeza irei ver :D

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  9. Não sabia desse filme.. mas me pareceu interessante a história. Não gosto de ler thriller, mas assistir eu ate assisto

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  10. Mas, gente, que tenso.
    Amei a proposta do filme!
    No começo achei que era No cair da noite, já assisti um com esse nome e amei.
    Valeu a dica ;)

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  11. Olá, Michele.
    Não sabia desse filme ainda e achei muito interessante. Eu amo esse tipo de filme que a gente fica na ansiedade de acontecer alguma coisa e leva sustos o tempo todo. A Olivia então vai amar hehe.
    Obs: Te indiquei em uma tag lá no blog.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Oi, Michele! Tudo bem?
    Olha, eu estava gostando até você dizer que é lento o clima de suspense. Gosto de filme que tenha ação e me dê sustos inesperados, e isso tem acontecido tão pouco se tratando de terror que tenho me decepcionado.

    Achei interessante a sinopse do filme, vou assistir, mas sem muitas expectativas.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso achei bom avisar Diego, nem todo mundo gosta mesmo rsrsrrss

      Excluir
  13. Olá, tudo bem? Caramba, me pareceu ser um filme beeem interessante... Fiquei curiosíssima, valeu mesmo pela dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras / Sorteio de 11 kits

    ResponderExcluir