Sociedade J. M. Barrie [Resenha Literária]


Muito provavelmente pelo nome do livro, Sociedade J. M. Barrie, o leitor possa achar que ele tem tudo a ver como escritor Barrie, mas não, a obra é uma leitura super gostosa e conta na verdade sobre a vida de Joey, uma mulher que precisa supervisionar a restauração de Stanway House, o lugar onde J. M. Barrie teria escrito Peter Pan.

Joey vive sozinha e acaba de sair de um relacionamento que não deu certo, já que o rapaz além de não querer que ninguém soubesse do romance deles no trabalho, também tinha outra mulher com que vai se casar. Focada na carreira, a protagonista se surpreende com a oportunidade de viajar para Inglaterra e cuidar da obra de Stanway House, mas aproveita o momento para visitar sua amiga Sarah e acaba descobrindo uma sociedade com senhoras nadadoras incríveis. Aliás, a cena em que Joey tenta salvar Aggie no lago gelado é ótima, até porque a senhora não precisava ser salva, o que deixa tudo bem cômico.


O livro é narrado pelo ponto de vista da protagonista que depois de tantos anos vivendo sozinha em Nova Iorque tem muita dificuldade em lidar com sua melhor amiga novamente, agora que ela está casada e com filhos. Joey não quer incomodá-la, mas Sarah insiste que ela faz parte da família, bem como seus filhos que a chamam de tia. E como se não bastasse as complicações de retomar a amizade, Joey conhece o zelador de Stanway House, um homem viúvo, pai de uma adolescente que se apega rapidamente a Joey, assim como a protagonista acaba se envolvendo cada vez mais com Ian, apesar de ficar claro que ele não superou a morte da esposa. E não é só Ian que não superou a morte de Catherine, Lilia membro do clube de natação, sogra de Ian, também não consegue superar a morte da filha e é evidente que a senhora sente ciúmes de Joey com a neta. Aliás, a personagem é intragável em alguns momentos.

É bastante divertido ver as senhoras nadando em um lugar extremamente gelado e todas as regras dessa sociedade formada por elas. Cada senhora tem uma característica diferente e a reunião delas sempre faz muito bem a Joey, principalmente por conta de Aggie que acaba se tornando uma boa amiga da protagonista. Destaque também para Lily, já que a adolescente enxerga em Joey uma amiga querida e a amizade das duas é muito bonita.


Sociedade J. M. Barrie é um livro mais linear, sem reviravoltas, despretensioso, daqueles que a gente vai lendo e nem percebe que está acabando. Joey vai precisar lidar com seus sentimentos por Ian, se reconectar com sua melhor amiga e descobrir o que é melhor para a casa que está restaurando. Sua temporada na Inglaterra acaba mudando bastante a vida dela e foi muito bom acompanhar o desenvolvimento da personagem. É uma leitura fácil, prazerosa e no final eu queria um epílogo para saber mais sobre Joey!

FICHA TÉCNICA

Título: Sociedade J. M. Barrie 
Autora: Barbara J. Zitwer
Onde Comprar: Amazon

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

15 comentários:

  1. A estória deles é um pouco diferente do que estou acostumada a ler,e me chamou a atenção,parece divertida e leve,o que eu realmente gosto então vou procurar para ler.
    O que me chamou muito a atenção foi a capa,ela é linda!

    Esperando Para Voar

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi.
    Eu recebi este livro, mas ainda não li. Esta é a primeira resenha que leio sobre ele, e gostei do que li. Fiquei até com vontade de passar ele na frente. De vez em quando uma leitura mais despretensiosa como esta nos faz bem.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro. Em geral eu não ligo quando o livro é linear, mas algo que fiz que a linearidade, nesse livro, seria um ponto negativo pra mim, pois já achei o enredo muito "calmo", entende? Mas vamos ver...

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  4. Caramba! Que proposta diferente a desse livro. Como sou a louca que se aventura em gêneros diferentes, acho que ia gostar de conhecer esse daí! Vou salvar a página pra adicionar no Skoob depois!!

    Beijos,
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  5. Interessante a proposta do livro, pela resenha, parece oferecer uma leitura leve e dinâmica. Gostei e ainda não conhecia a obra.

    Beijos
    http://orangelily.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi
    Gostei da capa do livro e a sinopse desse livro.
    Parece ser uma leitura bem leve


    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi,
    Vou te contar que essa capa não me passa nada do que você descreveu, rs.
    Mas não deixa de ser interessante, talvez não seja algo que eu leria agora, mas não descarto a possibilidade.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi! Pela resenha o único fato que associa ao autor de Peter Pan é o fato de Joey restaurar sua casa. O resto é uma história de descobrimento entre a protagonista e o novo grupo de pessoas que ela esta convivendo. Fiquei curiosa para saber o fim da sua jornada na cidade. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, como vai?
    Gostei bastante da resenha, aina nao conhecia o livro, mas achei bem interessante.
    beijos
    www.garotadelicada.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Acho essa capa muito legal, hehe. Adorei sua resenha e fiquei com vontade de ler a obra, parece interessante...

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  11. Oi Mi!
    Gostei muito da sua resenha e de saber que esse livro é uma leitura leve e descontraída. A história parece ser bem interessante e divertida.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Oi Michele!
    Eu realmente pensava que o livro seria sobre a vida do autor de Peter Pan, obrigada por ter explicado na resenha! Ainda assim, a história me interessou, quero ler.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  13. Olá, Michele.
    Terminei esse livro essa semana e confesso que não estava esperando nada dele e acabei gostando muito do livro. É daqueles livros ideais para ler depois de um livro mais pesado. A leitura passa e a gente nem vê.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  14. Olá, Mi! Tudo bem?

    Ainda não conhecia esse livro e sua resenha me deixou completamente encantada por ele. Já estou colocando na minha meta de leitura.

    Beijão!

    Eduarda | #blogumup
    Universo Paralelo

    ResponderExcluir