Supergirl - Primeira temporada


Não sou muito de acompanhar séries de heróis desde de Smallville - a eterna enrolação, mas é inegável que ultimamente os heróis estão roubando a cena novamente e resolvi conferir Supergil

Kara Danvers (Melissa Benoist) é prima do Superman e chegou na Terra quando ainda criança para proteger o primo, mas por um problema Kal-El já estava adulto quando a prima chega e por aqui ela foi adotada por um casal que já tinha uma filha, Alex (Chyler Leigh). Vivendo anos como uma humana normal, um acontecimento a obriga a usar seus poderes, fazendo que a heroína se torne a Supergirl. A partir de então vemos a vida dupla de Kara como assistente pessoal da Cate Grant (Calista Flockhart) e como uma super heroína que precisa enfrentar muitos problemas. 


O maior diferencial de Kara de muitos heróis é que a protagonista por mais forte que seja não é a mais poderosa de todos os tempos. Kara possui muitas dificuldades e inseguranças, que além de ter que viver nas sombras da chefe megera, também vive as sombras do primo Superman. E neste ponto a série acerta bem, desenvolve Kara como protagonista e dá um foco maior no personagem de Melissa Benoist, que por muitos episódios carrega a série sozinha com seu talento e carisma. Não que a série seja ruim, mas o formato de um vilão por dia é cansativo e previsível. 

Os vilões de Supergirl são rasos e por mais que a história de sua tia traidora, Astra (Laura Benanti), seja um dos grandes destaques da série, ainda assim é um tanto fraco e não convence. O ponto forte mesmo é o desenvolvimento da protagonista e gostei bastante dos roteiristas explorarem a relação dela com a irmã humana, mas cheia dos truques. Gosto de Chyler Leigh desde Grey’s Anatomy e agora em Supergirl não foi diferente. É bonita a amizade das duas e como cada uma enfrenta seus medos. 


Apesar dos vilões serem fracos, temos personagens interessantes na série como J’onn J’onzz (David Harewood), bem como o crossover com o Flash que sem sombra de dúvidas foi um dos melhores episódios da série, já que Supergirl está num universo paralelo de Arrow, The Flash e Legends of Tomorrow. Já no quesito romance, os roteiros também pecaram, Jimmy (Mehcad Brooks) e Kara tinham uma boa química no começo, mas o rapaz enrola demais. Afinal, como é que ele resiste a uma mulher como Kara? Cheguei até torcer pelo Winn (Jeremy Jordan), mas o coitado nunca saiu da friendzone. 

Vale destacar que o elenco feminino é excelente, Cat, por exemplo, é sensacional e adorava ver suas cenas com Kara! Uma das melhores personagens da série com certeza e fiquei o tempo todo torcendo pra ela descobrir a verdadeira identidade de sua assistente! 


De todas as formas, mesmo sem grandes surpresas, Supergirl me agradou bastante, sendo uma série leve, divertida, despretensiosa e quem gosta de acompanhar os quadrinhos da DC vai reconhecer muitos personagens na série.

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

14 comentários:

  1. Oi, Mi! Tudo bem?
    Eu já até assisti um ou dois capítulos dessa série, mas não tenho muito interesse em acompanhar. Prefiro assistir os filmes dos super heróis porque acho que fica menos repetitivo e dá para criar mais ação.
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Quero muito começar essa série mas acompanho tantas que tá dificil conciliar com blog e faculdade haha. Vou separar as férias de 3 semanas pra dar uma chance a Supergirl!!!

    Beijos,
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  3. Oi
    eu gosto da série, apesar dela não ser maravilhosa.
    Adoro o Winn ele é engraçado e pena que a Cat apareceu muito pouco na temporada que acabou, mas adorei o romance que desenvolveram, acho que você vai gostar.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu apenas vejo TODAS as séries de herois! haha sou nerd de carteirinha, apesar de achar que as séries da DC já foram melhores não consigo parar de acompanhar kkk

    http://eisaraah.blogspot.com.br/2017/06/como-reutilizar-o-cabelo-das-box-baids.html

    ResponderExcluir
  5. Olá!!! Quero muito assistir, já ouvi falar muito e estou um tanto curiosa. Estou apenas reorganizando meus horários para começar a maratona.
    Beijocas.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ooi Mi, ainda não assisti a série, pois ela não me chamou muito a atenção, mas pela resenha a série parece ser boa.
    Beijos boa semana
    http://bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá Mi, tudo bem???
    É bem isso mesmo... a série é simples, mas é legal eu curti muito quando assisti... sem dúvida a Cat é uma das melhores personagens e eu me divirto demais com suas loucuras. Eu quero assistir a segunda temporada assim que der. Xero!!!!

    minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Mi!
    Nossa são tantas séries para assistir que não sei por onde começar hahahaha
    Essas da DC estão a todo vapor :)
    Adorei saber mais sobre Supergirl e quero muito conseguir ver ainda esse ano!
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  9. Oi Michele, tudo bom?
    Eu me perdi em Supergirl e por falta de tempo/espaço na grade acabei nunca voltando pra série. Vi vários episódios soltos porque tenho muito carinho pelas personagens e pela protagonista, espero colocar em dia em breve.
    Apesar de ser fraquinha em relação aos vilões e etc, eu gosto exatamente por isso. É bastante nos feels dos quadrinhos e dos desenhos animados; aquela coisa de aparece vilão, derrota vilão, salva o dia - repete tudo no próximo episódio. Amo muito tudo isso.
    A segunda temporada, do pouco que eu vi, melhorou muitos detalhes!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  10. Pois eu odiei ela com o Jimmy. Os dois não tem química nenhuma, em minha opinião.
    A primeira temporada achei e cansativa. Estou no episódio 9 da segunda.

    Até mais,
    Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Nossa Michele!

    Eu nunca dei uma oportunidade para a serie por um dos pontos negativos que falou, e porque "eu ouvi dizer que é ruim" e to me odiando. EU vi alguns episódios por cima, e espero ter tempo para começar a série, mas eu também não gosto de sair da minha "zona de conforto de séries" haha

    Beijos,
    Querida Cretina

    ResponderExcluir
  13. Oiii,
    Amo séries, com certeza vou querer assisti depois.
    Adorei a dica.
    Beijos :*

    Literatura Por Amor

    ResponderExcluir
  14. Essa série até que é divertida eu tinha preconceito achava muito adolescente e é mas é legal

    ResponderExcluir