A química que há entre nós [Resenha Literária]


A química que há entre nós é o livro de estreia da autora australiana Krystal Sutherland. Assim que a GloboAlt divulgou em seu Instagram a capa (linda e maravilhosa) e a sinopse, fiquei louca para adquiri-lo. 

O livro é narrado pelo Henry Page que está no seu último ano do ensino médio e o que ele mais quer é se tornar editor chefe do jornal da escola e assim provar de vez para os professores que ele é uma pessoa totalmente diferente da sua irmã mais velha Sadie. Henry se considera um garoto normal, de aparência comum e inteligência mediana. O rapaz ama escrever, já que é a sua melhor forma de se expressar. 

Quando seu professor de inglês o chama, ele sabe que conseguiu a vaga de editor chefe. O que intriga o protagonista é que junto com ele, a novata Grace Town também foi chamada. Sentado na sala do seu professor Hink, Henry recebe a notícia que ele será o editor chefe e que juntamente com ele Grace será editora chefe do jornal. Henry não gosta nada da notícia, não pelo fato de ter que dividir o cargo e sim porque a novata recusa logo de cara e saí apressada da sala. Porém, depois de conversar com a garota, o rapaz começa a vê-la de uma maneira diferente, mesmo porque desde que Grace Town chegou no colégio ela é um mistério. A personagem veste roupas de meninos, largas demais para ela, usa uma bengala e vive desleixada com a aparência. Henry até a acha bonita, mas esquisita.


Quanto mais próximos que eles ficam, mas ele percebe que ela tem segredos obscuros e apesar disso, Henry insiste num relacionamento entre eles e a qualquer custo quer viver um romance com um grande amor. 
O amor não precisa durar uma vida inteira pra ser real. Você não pode medir a qualidade de um amor pela quantidade de tempo que dura.  

Confesso que A química que há entre nós me surpreendeu muito, pois esperava um YA típico que me fizesse suspirar da primeira página até a última e que além disso me fizesse chorar. E isso não aconteceu! Não gostei das atitudes da Grace com Henry e muitas vezes cheguei a ficar com raiva da autora por criar uma personagem tão chata e insensível. 

No entanto, foram os últimos capítulos que me fizeram adorar o livro, já que na reta final do enredo pude enfim compreender o propósito de Krystal Sutherland. E de uma maneira extraordinária ela proporcionou um final magnifico. Apesar de Grace ter entrado para a minha lista negra, gostei muito do Henry, um garoto fofo (e muito pateta) e juntamente com sua família e seus amigos me fizeram dar altas gargalhadas. Além disso, a GloboAlt teve um bom cuidado com a diagramação que está linda, com uma variedade de fontes no texto, além da capa lindíssima que a editora manteve.


Enfim, a autora de maneira leve, mas realista aborda questões sociais importantes e me conquistou com sua escrita, com a trama e também com seus personagens secundários. Super indico.

FICHA TÉCNICA


Título: A química que há entre nós
Autora: Krystal Sutherland
Onde Comprar: Amazon

Ariane de Freitas
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

11 comentários:

  1. Oi, Ariane!
    Eu acho essa capa linda, mas eu dei uma saturada em sick-lit por agora. Mas que bom que a leitura foi boa pra você.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra ao livro Depois do Fim autografado

    ResponderExcluir
  2. Oiie!

    Essa capa é linda demais! Não tinha lido resenha sobre, e desde que vi seu lançamento queria ter hahaha Acabei gostando da sinopse e da resenha. Vou ver se compro ele!!! Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  3. Adoro livros em que o personagem é escritor e/ou se interessa por jornalismo.
    Eu não consegui solicitar esse livro com a editora, mas leria sim! Com certeza!

    beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Ariane! tudo bem?
    Não tinha visto esse livro ainda.. e achei a capa um amorzinho ^^ Fiquei muito interessada em saber o desfecho dessa história que você falou que o final foi surpreendente!!
    beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Ariane. Como vai?
    Eu também me vi fisgada por esta capa e pela sinopse. Como você também achei que era um YA, mas pela sua resenha e alguns comentários de amigas, acho que ele se encaixa mais em um Sick lit. Espero não ficar tão chateada com a mocinha e poder curtir a história.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ariane!
    Esse livro está na minha estante há um tempo e não sei o motivo de não ter lido ainda.
    Depois da sua resenha, vai ser minha próxima leitura, com certeza! haha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  7. Oi
    eu estava curiosa para conferir uma resenha desse livro e parece ser uma boa história para se ler, pena que achou a personagem chata, pelo menos o protagonista era fofo.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Você me deixou mega curiosa agora com o livro!!! Adoro YAs do tipo, e gostei mais ainda de saber que esse em especial é surpreendente. Quero muito saber quais são os segredos que Grace esconde! Lá vou eu adicionar nos desejados

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Eu adorei a resenha do livro, ainda não conhecia e fiquei curiosa sobre a Grace... acho que vou adorar ler!

    Beijinhos
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Ariane!
    Estou ansiosa para ler esse livro, a capa ficou maravilhosa :)
    Li várias resenhas e praticamente todas tem as mesmas impressões dos personagens. Mas achei interessante os temas que a autora aborda, acredito que eu vá gostar do livro.
    Adorei a resenha, beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  11. Oi Ariane!

    Não conhecia o título antes, mas devo confessar que a capa e a premissa ganharam meu sz! rsrsrs

    A autora da obra não me é estranha, mas sei que nunca a vi antes.

    Adorei a resenha, como sempre, bem objetiva e curta!

    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir