Salva por um cavalheiro [Resenha Literária]


Salva por um cavalheiro é o segundo livro da trilogia Irmãs Cynster e se no primeiro a gente teve menos romance e mais aventura, nesse volume o romance está de fato no segundo plano. E isso não é ruim, mas é uma questão de alinhar expectativas. Digo isso porque com a onda de romances de época escrito por escritoras contemporâneos, o público tende a achar que são todos iguais e a Stephanie Laurens realmente se diferencia das demais, se assemelhando realmente com Georgette Heyer, que embora seja uma autora do início do século XX, tinha característica de autores do século XIX, com bastante descrição, numa narrativa de costumes. Por tanto, é sempre bom saber exatamente o que você compra para ler, acho que evita uma enorme frustração.

Salva por um cavalheiro não é um livro em que vemos completamente os costumes da época, mas é visível que a autora tem um bom conhecimento. O romance é bem diluído, o que dá espaço para outros personagens como o aristocrata conhecido como McKinsey, um sequestrador que parece boicotar a si mesmo o tempo todo. Neste segundo volume temos elementos idênticos ao primeiro: Eliza é sequestrada e tem um salvador, neste caso é o erudito Jeremy que arma um bom plano para salvar a mocinha da história. Dessa vez, a pessoa contratada pelo aristocrata é mais esperta que no primeiro livro. Scrope gosta de ter o trabalho terminado, para dar continuidade a sua fama de bandido, mas Eliza escapa debaixo de seu nariz num plano muito bem articulado por Jeremy e seus amigos, o que deixa o bandido furioso e com isso passa a perseguir o casal.


E se a premissa é igual ao do primeiro volume, não se pode dizer o mesmo de seus protagonistas. Eliza não é como Heather, é uma Cynster mais calma, com uma personalidade quase que apática e Jeremy como um intelectual não tem o mesmo charme galanteador que o Visconde Breckenridge, embora seja um personagem bem simpático. E todo o desenvolvimento da trama, rica em descrição, é bem parecido também com Conquistada por um visconde, já que temos um casal fugindo de bandidos. No entanto, neste volume a autora deu mais espaço para o sequestrador e fiquei bem curiosa para saber como seus planos vão funcionar e como vai se livrar da chantagem da mãe.

McKinsey é um sequestrador com escrúpulos, tanto que quando percebe que Scrope quer fazer mal a Eliza e Jeremy, ele tenta protegê-los. Isso mesmo, o mandante do sequestro tenta proteger suas vítimas! O que demonstra que o aristocrata não faz o que faz por vontade própria, o que já tinha ficado claro no primeiro livro.


O romance existe, menos que o primeiro livro, mas as cenas eróticas continuam bem escritas, com bastante detalhes sem ser vulgar. E mesmo sendo um romance de época sem tanto romance assim, é possível se simpatizar com os protagonistas e toda a trama de fuga que eles vivenciam. Fuga, aliás, com bons momentos de tensão!

E agora eu preciso urgentemente ler Raptada por um conde, com a terceira Irmã Cynster e ver como ela e o sequestrador vão se sair como um casal!

FICHA TÉCNICA

Título: Salva por um cavalheiro - As Irmãs Cynster # 2
Autora: Stephanie Laurens
Onde Comprar: Amazon
Para ler a resenha por um Visconde CLIQUE AQUI
Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Oi!!! Realmente pegamos um romance de época achando ver um romance bem explícito. Achei interessante a autora colocar mais aventura na trama. Irei conferir sem colocar expectativas. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia mas não sei se iria gostar muito...

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  3. Olá!!! Eu amo ler trilogias, sequencias de livros são maravilhosas de ler e eu sou viciada em livros assim.
    Quero ler e a dica está anotada aqui, quem sabe não os acho na Bienal.
    Beijocas.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi,
    Quero comprar essa trilogia para minha mãe.
    Ela sempre namora as capas, rs. Aliás, romance de época é o gênero favorito dela, então nem tem como decepcionar.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiiiii Mi!
    Estou acompanhando suas resenhas dessa trilogia e já estou amando essa trilogia. Pretendo comprar os livros da série longo.
    Beijos.
    Ari

    ResponderExcluir
  6. Olá, Michele.
    O terceiro livro dessa série chegou aqui em casa ontem. Agora posso começar a ler hehe. Comprei os livros pela capa e gostei de saber que tem mais aventura do que romance. Mesmo sendo um romance do gênero a história não necessita de girar só em torno disso hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi,
    Nossa não conhecia essa série e minha primeira impressão foi que "capas mais lindas", sei que parece um pouco artificil, mas não adianta elas chamam atenção não é? Sobre a história fiquei interessada ao saber que ela foge um pouco do padrão de romance de época não tendo tanto romance assim, e também fiquei muito feliz ao saber que não temos cenas vulgares com altos palavrões não gosto disso. Enfim, me interessei bastante e vou adicionar a minha lista de desejados. Obrigado pela dica.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir