Capitão Feio: Identidade [HQ]


Mauricio de Sousa criou Capitão Feio em 1972, tio do cascão, o homem que ao mexer com gibis antigos é transformado por uma poeira e se torna um dos grandes vilões da Turma da Mônica. Perdendo suas memórias, Capitão Feio aparece várias vezes nos quadrinhos, sendo um grande poluidor, aparecendo no teatro, animações, jogos, Turma da Mônica Jovem e agora ganha sua versão Graphic MSP com texto e arte dos irmãos Magno Costa e Marcelo Costa.


Em Identidade acompanhamos a história do Capitão Feio, não sabemos de onde surgem seus poderes e nem os motivos de tê-los, mas entendemos o surgimento do personagem, indo mais a fundo em sua personalidade. Um homem solitário, morador de rua, que assim como muitos, sofre do preconceito da sociedade que o vê como parte de lixo da grande cidade. Feio não é essencialmente ruim, é uma pessoa que não se socializa bem e que se encontra preso em uma onda de mal entendidos que o leva a atitudes questionáveis, impulsivas e descontroladas. 


Os poderes de Feio vem do lixo e ele é capaz de criar criaturas e controlá-las, de tudo aquilo que a sociedade descarta, o personagem transforma em poder. Recuado, julgado e tentando se defender, ele se transforma em Capitão Feio com direito a criar criaturas que atacam a cidade, mas existe beleza naquilo que é feio, e entendemos que o protagonista pode ser sujo, usar o chorume a seu favor, ser destrutivo, mas também é um homem abandonado que só quer viver sua vida em paz. Ninguém questiona os motivos de Feio, ninguém questiona seus sentimentos, ninguém questiona nada e a população indo na onda da mídia, impulsionado por um governo preocupado com as aparências, julga o protagonista sem conhecê-lo. Capitão Feio reage aos ataques e as consequências são desastrosas.

A Graphic tem várias referência a aparição do personagem ao longo dos anos desde a criação de O monstro do lixo até a pequenos detalhes como as luvas de boxe. A ambientação é perfeita, cores escuras, dando um ar mais sombrio e sujo para a cidade de São Paulo, com cenários bem realistas. E por ser um enredo sobre a identidade do Capitão Feio, cabe ainda mais histórias a respeito do personagem, principalmente sobre o laço familiar com Cascão.


Enfim, é uma obra para todos os fãs das histórias de Maurício de Sousa e também para quem não conhece nada do personagem, já que é uma história de origem. Os autores vão conduzindo bem a narrativa que numa crescente nos deixa ansiosos para o desfecho final, uma leitura rápida que me agradou bastante.

FICHA TÉCNICA

Título: Capitão Feio: Identidade
Autores: Magno Costa e Marcelo Costa
Onde Comprar: Amazon

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Oi
    eu quando vi o nome sabia que tinha lido em algum lugar e você falando percebi que era da turma da mônica, as ilustrações parecem ser lindas e com um ar sombrio, não lembro de ter lido que ele era tio do cascão, acho que nunca me toquei nisso, que bom que gostou dele.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu sou apaixonada por Maurício de Souza, fiquei super interessada nesse HQ!

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?
    Amei essa HQ! Que traço lindo.
    Gibis da Turma fizeram parte da minha infância. <3
    Mas não sabia que ele era tio do Cascão. =O
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi,
    Lembro que quando era mais nova, eu não curtia muito quando ele aparecia nas histórias não, acho que era medo kkkk
    Gostei muito de focarem nele nessa edição, to doida pra começar a comprar as minhas.

    tenha uma ótima semana.
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. Michele, que bacana essa hq dele! Não conhecia e já fiquei mega a fim de ler!
    Afinal, sou super fã do autor!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  6. Oi Michele!
    Ah, eu adoro Turma da Mônica!!!
    Essas graphic novels são ótimas. Ainda não li essa do Capitão Feio mas quero!

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir