Simply Complicated [Documentário]


Dessa turma nova de cantoras, Demi Lovato é a minha favorita, por vários motivos, mas o principal motivo é a sua voz. Que voz! A menina arrebenta, além disso, suas músicas costumam ter letras ótimas. Confesso que passei a acompanhar melhor a sua carreira através da minha irmã adolescente. E passei a gostar mais da cantora depois que ela passou por uma repaginada completa tanto na sua vida pessoal e musical.

O documentário Simply Complicated foi lançado nessa terça-feira, 17 de outubro, pela plataforma do YouTube e já tem milhões de visualizações. O documentário é uma parceria da cantora com o canal, nesse vídeo de um pouco mais de uma hora, temos um conteúdo gigantesco onde a cantora fala de várias polêmicas e como foi o dia a dia da produção do seu novo álbum Tell Me You Love Me. 

Nele vi uma Demi mais realista e mostrando para o mundo (principalmente para as garotas) que é preciso amar a si mesmo e se aceitar como você é para ser feliz. Ela fala que precisou mudar, porque do jeito que ela estava vivendo, não era legal. Durante o vídeo podemos ver fotos e pequenos vídeos da cantora na sua infância e adolescência, e ainda temos uma Demi Lovato falando abertamente sobre suas doenças e sobre sua ida na clínica de reabilitação. A atriz/compositora também comenta sobre a época do Disney Channel e sobre seu término de seis anos de namoro com o ator americano Will Valderrama. Portanto, temos um documentário incrível e com participações de vários outros famosos, familiares e amigos.

Separei alguns quotes da cantora falando sobre alguns assuntos polêmicos:

Drogas


“Na primeira vez que usei cocaína eu tinha 17 anos, estava na Disney Channel. Eu estava com alguns amigos e estava assustada, porque minha mãe falava sobre o quanto aquilo poderia ter consequências terríveis, mas fiz mesmo assim. E eu amei. Me senti fora do controle, e não sabia o quanto é péssimo estar fora dele”

“Sofri muito bullying na escola, então me aproximei de uma garota popular. Ela disse que conhecia muita gente por fazer festas e saber festejar. Eu perguntei o que ela queria dizer com isso, então ela me disse que bebia, cheirava... Comecei a usar essas coisas com ela”

“Não era minha culpa, eu tinha uma doença, era bipolar. Fui diagnosticada depois. Eu me drogava nos banheiros, no meio da noite, ninguém sabia. Eram muitos problemas unidos e causando outros”

Tentativas de suicídios


“Eu era depressiva desde muito nova, fascinada pela morte. Ficava me perguntando como seria ter um funeral e não entendia o motivo de ficar pensando tanto nisso”.

Distúrbios Alimentares/ Doença


“A comida foi um problema que veio antes das drogas”

“Uma garota da escola disse que eu precisava me matar. Eu não tinha amigos. Estava sozinha. Perguntava qual o motivo de me tratarem assim. Comecei a engordar muito. Então passei a buscar pessoas para me espelhar, mas não pelos intelectos e sim pelos corpos. Queria ser magra. Começou aí a anorexia e a bulimia”

Só por esses quotes dar para ver que ela não deixou nada por fora. Como eu falei no início, passei a gostar da cantora por causa da minha irmã, a Demi passou a ser um exemplo de superação para ela, pois minha irmã passou pelos os meus problemas da cantora: Bulimia que se tornou Anorexia, várias tentativas de suicídio e má influências de pessoas que se diziam amigos. Para mim, não foi fácil ver uma pessoa que você ama passar por isso. Quando eu digo que a cantora passou a ser um exemplo para ela, é porque assim como a Demi Lovato, minha irmã luta cada dia contra os seus demônios. 

E para finalizar segue o link do documentário, vale muito a pena ver, mesmo se você não é fã da cantora. Infelizmente o documentário não tem legenda em português, mas mesmo assim dá para compreender várias partes e ouvir vários sucessos dela.

Para ver o documentário CLIQUE AQUI

Ariane de Freitas

Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

9 comentários:

  1. Oi Ariane, tudo bem?
    Gosto de algumas músicas, mesmo não sendo fã.
    Mas só de ler as quotes dá pra ver o quanto ela se esforçou pra superar seus demônios. Que bom que ela tá bem agora!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  2. Oiii Ariane

    Dessa nova leva de cantoras teens a Demi também é a minha favorita justamente pela voz e porque demonstra ter mais personalidade e opinião, além de ser discreta em sua vida pessoal. Acho interessante e muito motivador a coragem com que ela assume suas fraquezas. Todo sucesso à essa guria, ela merece

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá! Tudo bem?
    Acho bacana quando um artista abre sua vida assim para os fãs, acaba que nos sentimos mais próximos ainda deles.
    Obrigada pelo comentário lá no blog.
    Volte sempre!

    Bjo,
    miiistoquente~

    ResponderExcluir
  4. Oi Ariane!
    Demi é uma das minhas personalidades favoritas! Amo a voz e o exemplo de vida dela! Esse documentário é muito forte e lindo!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Ariane!
    Já assisti o documentário e adoro a Demi. Nem imaginava por tudo o que ela passou por trás das câmeras. Muito eu já sabia, mas com ele deu pra ver que tinha muito mais coisa que a gente nem imagina =O

    Boa semana!
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Honestamente, não tenho muita paciência pra assistir esses documentários de gente famosa... Praticamente todos eles tiveram problemas com drogas e outros fatores externos, mas é legal ver como eles conseguiram lidar com isso e superar. A Demi realmente é muito talentosa, adoro as músicas dela

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Hey Mi!
    Faz tempo que não ouço Demi, hein? Faz um tempo, na verdade, mas ainda acho que ela tem um baita de um vozeirão, hein...
    zente
    deve ser meio pesado, mas poxa, a sociedade precisa disso, tem que ver que tem que sim dsr a volta por cima! E olha onde está hoje, né??

    Vou dar uma olhadinha depois :)

    Ah! Quando vier no blog, dá uma passadinha na promoção literária, tá ? <3
    Super prêmios e três kits recheados <3
    http://www.interruptedreamer.com/2017/11/promocao-fim-de-ano-literario.html


    beijocas
    PÂm

    ResponderExcluir
  8. Ainda não assisti o documentário da Demi, mas pretendo logo!
    Demi é uma das melhores pessoas. Adorei muito sua postagem.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir