Terra Selvagem [Resenha do Filme]

Conferimos a Cabine de Imprensa de Terra Selvagem

Terra Selvagem é escrito e dirigido por Taylor Sheridan, o mesmo de Terra de ninguém e A qualquer custo, com temáticas semelhantes.

Cory (Jeremy Renner) é um homem marcado por uma tragédia familiar, caçador, contratado pelo ex-sogro para matar leões, acaba se deparando com um corpo no meio da neve, Natalie (Kelsey Asbille), filha de um grande amigo da remota Área de Preservação Indígena Americana. Com o assassinato o FBI manda Jane (Elizabeth Olsen) para o local, uma agente inexperiente e com a ajuda de Cory ela vai tentar resolver o caso.

Jane parece bem perdida no caso, sem ter o menor conhecimento da área acaba sendo ajudada pelo oficial local, mas logo percebe que Cory é de longe a pessoa mais indicada para a solução. Esperto, o caçador sabe como encontrar pistas e se comunicar com as pessoas da região. Pai de dois filhos, Cory é mostrado no filme o tempo todo como um homem inteligente e carismático, o que às vezes até fica um tanto forçado. Já Jane, apesar de tentar seguir tudo dentro da lei, se depara com questões técnicas que podem impossibilitá-la de resolver o caso e apesar da falta de experiência, a agente é bastante focada em sua profissão.


O filme é baseado em fatos reais o que deixa toda a trama bem mais realista e ao longo desse thriller psicológico vamos conhecendo melhor o passado do protagonista e o motivo de estar tão envolvido no caso e o próprio assassinato de Natalie vai se mostrando uma trama bem interessante. E ainda que a questão do assassinato em si não seja um grande mistério a ser resolvido, as cenas finais são bem surpreendentes.

Particularmente não gosto muito do artifício dos flashbacks, principalmente num longa que tem muitos momentos um ritmo mais lento, mas devo admitir que neste caso, a narração do que acontece no passado faz com que tudo se encaixe perfeitamente. Assistir o que Natalie passa é bem angustiante e nos coloca no sofrimento da personagem e nos faz entender melhor o que acontece no crime. 

O filme tem um bom elenco (ao estilo Vingadores) e uma fotografia muito boa, o ambiente hostil é praticamente mais um vilão na história, já que dificulta bastante as investigações. A construção dos personagens é boa, embora Cory pareça forçado demais, mas é na dificuldade de Jane que boa parte da trama se desenvolve e achei interessante uma agente do FBI estar longe da perfeição. 


Terra Selvagem alterna momentos de agilidade e lentidão no roteiro, mas ganha o espectador por desenvolver uma trama de investigação, principalmente nos momentos finais do filme em que tudo fica bastante impactante.

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: Terra Selvagem
Título Original: Wind River
Diretor:  Taylor Sheridan
Data de Lançamento: 02 de novembro de 2017


Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Oi, Mi. Não fiquei sabendo do filme, mas adoro esse ator e depois que li Gelo Negro, histórias de assassinatos me chamam muito atenção. Agora que estou indo mais ao cinema espero poder assistir outros filmes em breve, então colocarei este na lista.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Michele, tudo bem?

    Nossa, Gavião Arqueiro e Feiticeira Escarlate desvendando um mistério em ambiente inóspito? Quero muito ver esse filme!!!

    Pior que aqui na minha cidade acho que nem vai entrar em cartaz, vou ter que assistir por outros meios...

    Valeu a dica!

    Marcelo Brinker
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir