Um Pequeno Favor [Resenha Literária]


Geralmente quando se lê um livro ou nos apaixonamos por algum personagem, ou por todos ou no mínimo nos simpatizamos com eles, temos empatia, nos identificamos de alguma forma, em alguma situação. Este não é o caso no livro Um Pequeno Favor de Darcey Bell.

Nas primeiras páginas eu ainda nutria uma pequena simpatia por Sthephanie, viúva e blogueira, profissional especializada em ser mãe de Milles, um gentil garotinho de 5 anos. Apesar de Sthephanie estar emocionalmente frágil pela perda do marido e do irmão em circunstâncias trágicas, ela usa seu blog para alcançar mães na troca de experiência sobre administração domiciliar e da criação de filhos, mas além de escrever para mães, ela sabe muito bem como manipular as palavras ocultando a verdade em seus posts. Ela é amiga de Emilly, uma bem sucedida executiva da indústria da moda, casada com Sean e também com um filho, Nicky, de 5 anos de idade que é amigo de Milles e por isso mesmo Emilly se tornou amiga íntima de Sthephanie; elas se relacionavam enquanto os meninos brincavam. No entanto, esta vidinha de amigas acaba quando um dia Emilly pede para que Stephanie cuide de Nicky até que ela o busque e desaparece. O marido de Emilly que é inglês, está na Inglaterra e é frio com Stephanie no telefone, nem pergunta sobre Nicky quando ela informa que Emilly não apareceu para buscá-lo e como mãe dedicada, Emilly jamais deixaria o filho sem antes ligar e avisar.

Stephanie usa o blog para pedir ajuda, para que alguém que tenha visto Emilly entre em contato. Ela cuida de Nicky com carinho até que Sean volte e juntos eles começam a procurar por Emilly e cuidar das crianças. Quando o corpo de Emilly aparece, Sean e Stephanie se unem mais ainda, para cuidar dos filhos e para cuidar um do outro.


Embora o desaparecimento de Emilly tenha mexido na vida de todos, além de Nicky que ficou realmente transtornado, não foi um trauma muito grande para Sean e Stephanie, mesmo que ela diga em seu blog o quanto está frágil com os acontecimentos e ele pareça abalado, nenhum deles é realmente o que aparentam ser, seus pensamentos vagam por mundos completamente diferentes e não há nada que eles não façam para ficar bem. Foi uma grande surpresa ser apresentada a estes personagens porque eles vão se tornando outros à medida que conhecemos suas histórias. E que histórias! Não quero parecer puritana, mas bom caráter não é uma qualidade dos envolvidos nesta trama. Eles até tentam ser bons pais, mas eles podem usar este fato como desculpa para não serem éticos.

Quando as coisas se ajeitam o suficiente para que eles acreditem estar no caminho para aceitar a morte de Emilly, surge uma dúvida, Emilly morreu mesmo? 

Façam-me um favor, leiam o livro! É um desenho de como a mente das pessoas pode ser doente e egoísta e como para alguns os fins justificam os meios, mesmo que seja o fim de quem eles dizem amar muito. 


É uma leitura interessante porque na verdade nós nos iludimos muito com as pessoas, somos capazes de criar um mundo que na verdade não existe, mas pessoas ruins existem sim, em qualquer lugar, em todo lugar e muitas pessoas são em um blog algo totalmente diferente do que são na realidade. Nem sempre os formadores de opiniões que usam a internet e suas redes sociais como caminho para alcançar um público, são exatamente o que escrevem. 

Atrás de um computador pode existir alguém cujas letras não são apenas letras, pode ser um recado para alguém que pode estar morto, ou não.

FICHA TÉCNICA

Título: Um pequeno favor
Autora: Darcey Bell
Onde Comprar: Amazon

 

Marise Ferreira
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Oi Marise!
    Ainda não conhecia esse livro, mas você me deixou curiosa!

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Oi Marise, tudo bem!
    Sua resenha me deixou bem curiosa e se surgir uma oportunidade vou querer conhecer os mistérios de “Um Pequeno Favor”. Dica anotada!!!

    *bye*
    Marla Almeida
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. É muito interessante essa ideia de mostrar o quanto o computador nos engana com as pessoas. Parece ser um suspense bem interessante. Gostei da ideia de ter um blog também :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi! Fiquei bem curiosa para ler, é de arrepiar essa história. Realmente nos enganamos com as pessoas. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  5. parece ser uma boa leitura, interessante mesmo! vou colocar na lista!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  6. Oiiiii Marise
    Pode deixar, irei ler esse livro.
    Beijos
    Ari

    ResponderExcluir
  7. Oi, Marise!
    Eu comecei a ler esse livro ontem, mas ele ainda não me prendeu o suficiente.
    Quando vi que tinha saído a resenha dele aqui, vim correndo para ver se iria melhorar e se eu deveria ou não insistir na leitura haha por isso fiquei bem feliz em saber que você gostou e que os personagens estão me enganando nesse instante haha espero que eu goste também!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir