Jumanji: Bem-vindo à Selva [Resenha do Filme]

Conferimos a cabine de imprensa de Jumanji: Bem-vindo à Selva.

Nostalgia é uma coisa boa, mas quando se trata de remake o sentimento pode nos fazer torcer o nariz para filmes que ainda nem assistimos e foi assim com Jumanji: Bem-vindo à Selva e foi assim também que paguei minha língua! Isso porque apesar da imensa falta que Robin Williams faz ao filme e ao cinema de modo geral, o novo longa conseguiu se modernizar sem perder a essência.

A história começa em 1996 onde Jumanji é achado e faz novamente uma vítima, mas dessa vez ao perceber que ninguém mais dá atenção aos jogos de tabuleiros, ele se moderniza e vira um jogo vídeo-game. 20 anos depois quatro adolescentes vão para detenção e precisam limpar um lugar onde está justamente o jogo. Tentando dar uma pausa nos serviços, os quatro começam a jogar até que são sugados para dentro de Jumanji e, usando os avatares escolhidos, precisam finalizar o game ou ficarão por lá até morrerem quando as vidas acabarem.


Cada adolescente tem uma personalidade diferente. Spencer (Alex Wolff) é o garoto nerd tímido, bem como Martha (Morgan Turner), Fridge (Ser'Darius Blain) é o jogador de futebol que usa da inocência do amigo para fazer seus trabalhos e Bethany (Madison Iseman) é a garota popular extremamente fútil. No entanto, os avatares são completamente diferentes deles. Spencer vira Dr. Smolder Bravestone (Dwayne Johnson), um homem forte, rápido, inteligente, protagonista do jogo. Martha é Ruby Roundhouse (Karen Gillan), uma mulher com roupas curtas e excelente em lutas, Fridge para sua decepção é Moose Finbar (Kevin Hart), um mero ajudante de Bravestone e por fim, a melhor transformação de todas fica por conta de Bethany, que se torna o zoólogo Professor Shelly Oberon (Jack Black), um homem de meia idade gordinho para o desespero da garota.

É bem engraçado ver cada adolescente se adaptando ao novo corpo, com novas habilidades e também fraquezas. A personalidade deles se mescla bem com as dos avatares, mas Bethany é sem dúvida a mais engraçada, afinal, é uma mulher no corpo de um homem. O momento em que ela olha pela primeira o seu próprio órgão sexual é hilário. Jack Black simplesmente rouba a cena diversas vezes.

O longa faz uma boa adaptação aos jogos de vídeo-games, temos as debilidades dos personagens, a quantidade limitada de vidas, as fases e o grande vilão. Por um lado, é bem clichê, por outros é bem desenvolvido e divertido, com boas cenas de ação. Os avatares possuem uma boa química e Spencer como Bravestone é o líder do grupo, mas no fundo tem medo de falhar, Martha se descobre no corpo de uma mulher girl power que sabe dançar e lutar e Fridge é bem insuportável e prepotente, mas no jogo tem muitas limitações. Além da jornada perigosa que todos passam, que também está relacionada ao autoconhecimento, temos uma boa pitada de romance entre Spencer e Martha e uma excelente ambientação.


O que mais agrada em Jumanji, além da modernidade apresentada, é o visível respeito pelo longa anterior, há momentos de pura nostalgia que os fãs do antigo filme vão poder apreciar, ao mesmo tempo que consegue ser um filme de aventura bem atual.

Apesar dos clichês, Jumanji - Bem-vindo a selva é um filme bem divertido, gostei das cenas de ação, bem coreografadas e cumpre exatamente aquilo que se propõe, sem se estender além do necessário, sem exagerar no humor, está na medida certa, talvez, em breve, um novo queridinho da Sessão da Tarde.

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Filme: Jumanji: Bem-vindo à Selva
Título Original: Jumanji: Welcome to the Jungle
Direção: Jake Kasdan
Data de Lançamento no Brasil: 04 de janeiro de 2018

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

12 comentários:

  1. Olá Michele, eu assistia muito Jumanji, aquele com Robin Williams quando eu tinha uns 9 anos, eu amava demais, faz tempo que não vejo, acho que darei uma oportunidade a esse aí para ver se amarei tanto quanto o outro!
    Parabéns pela resenha!
    https://estanteclassica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. I'm really looking forward to seeing this movie. It looks so funny and I love the actors who play in it.

    www.fashionradi.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Michele,
    Pelas cenas do trailer parece ser um bom passatempo e acho The Rock bem carismático, mesmo nas coisas ruins que faz kkkkk. E a Karen sempre amorzinho.
    Eu adoro a versão do Robin, sempre trás bons momentos da infância ao rever.

    tenha uma ótima quinta =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  4. Eu não assisti ao filme o original (acho que sou a única) e nem a este, mas, vi o trailer e realmente fiquei curiosa, até por parecer bem engraçado. Pretendo assisti-lo mesmo.
    Suas resenhas de filmes são as melhores que li até hoje, sempre me deixam com vontade de assistir o filme.
    Adorei o post, mas eu sempre adoro suas resenhas mesmo.
    Beijos.
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  5. Deve ser do tipo bem pastelão, não assistiria no cinema, mas em casa com a família poderia até rolar.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mi.
    Eu assisti o filme umas trocentas vezes mas eu não sou fã de filmes antigos, então os efeitos que eram tão perfeitos na época, não me passam a menor graça quando vejo o filme haha o que pode mudar completamente com essa adaptação. Eu amo o Jack Black, ele é muito divertido e fazia tempo que não assistia um filme com ele.
    Um beijo
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Mi!
    De início eu não queria assistir esse filme, mas já vi tantas vezes o trailer que acho que é o destino mandando eu ver. Fora que tem meu amor Nick Jonas <3
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Oi, Mi!
    Quando vi que o Nick Jonas estava no filme, me obriguei a criar uma vontade de assistir hahaha
    Eu gosto muito do filme original e não curti muito esse remake quando vi os primeiros trailers.
    Lendo sua resenha, até me deu vontade de tentar, já que amo um filme sessão da tarde haha Acho que vou tentar!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  9. Eu assisti o Jumanji original, mas faz tanto tempo.. Que antes de assistir a este, vou rever o outro, ahaha.
    Gostei da crítica, muito bem feita.
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Eu quero muito ver esse filme. Quando eu era criança, um dos meus maiores medos era achar o tabuleiro de Jumandi kkkkk

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Fui ver este filme ontem no cinema e morri de rir, me diverti bastante com a história. Infelizmente não me lembro do filme anterior, por isso me bateu aquela vontade de vê-lo novamente para recordar e até comparar os dois. Mas para quem quer diversão, o filme é uma ótima pedida. E Jack Black está maravilhoso como sempre.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  12. Eu senti exatamente a mesma coisa que você quando vi sobre o lançamento do filme. Aquela torcida de nariz de quem nem viu, mas já tá achando ruim, hahaha. Espero que também seja uma surpresa positiva pra mim!

    ResponderExcluir